1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

quinta-feira, 9 de julho de 2015

INCRÍVEL - Misteriosa Espada Viking Feita com Tecnologia do Futuro

Espada de Ulfberht exibida no Museu Nacional Germânico, em Nuremberg, Alemanha 
(Martin Kraft)

A espada viking de Ulfberht é feita de um metal tão puro que confundiu os arqueólogos. Pensava-se que a tecnologia usada para forjar tais metais só havia sido inventada 800 anos mais tarde, durante a revolução industrial.

Cerca de 170 Ulfberhts foram encontradas, datando entre 800 e 1000 d.C. Um documentário da National Geographic intitulado “Os Segredos da Espada Viking” mostra um estudo que foi feito sobre a composição metalúrgica da espada.

No processo de forjamento do ferro, o minério tem de ser aquecido a 1650° Celsius para liquefazer, permitindo que o serralheiro remova as impurezas (conhecidas como “escória”). O carbono também é misturado para deixar o ferro mais forte. A tecnologia medieval não possibilitava aquecer o ferro a tão elevada temperatura, assim a escória tinha que ser removida por esmagamento, um método muito menos eficaz.

A Ulfberht, no entanto, quase não tem escória, e tem um teor de carbono três vezes maior do que qualquer outro metal da época. Ela era feita de um metal chamado “Aço de cadinho”.

Pensava-se que os fornos inventados durante a revolução industrial foram as primeiras ferramentas para aquecimento de ferro nessa extensão.
A diferença de pureza é vista pela consistência do aço Ulfberht, quase livre de escória 
(Tela / NOVA / National Geographic)

O moderno ferreiro Richard Furrer de Wisconsin falou para o National Geographic sobre as dificuldades de se fazer tal espada. Furrer é descrito no documentário como uma das poucas pessoas capazes de reproduzir a Ulfberht. “É a coisa mais complicada que eu sei fazer”, ele disse.

Ele comentou sobre como o fabricante de Ulfberht poderia ter sido considerado como possuidor de poderes mágicos. “Ser capaz de fazer sujeira virar uma arma é algo realmente poderoso”, disse ele. Mas, para fazer uma arma que pode dobrar sem quebrar, se manter afiada, e pesar tão pouco é considerado algo sobrenatural.

Furrer passou dias trabalhando contínua e meticulosamente para forjar uma espada semelhante. Ele usou a tecnologia medieval, embora ele a tenha usado de forma nunca antes suspeitada. A menor falha ou erro poderia ter transformado a espada em um pedaço de sucata. Ele pareceu declarar seu sucesso com mais alívio do que alegria.

É possível que o material e o conhecimento tenham vindo do Oriente Médio. A rota de comércio de Volga, entre os assentamentos Vikings e o Oriente Médio, abriu na mesma época em que as primeiras Ulfberhts apareceram, e fecharam quando as últimas Ulfberhts foram produzidas.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário