1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sábado, 25 de julho de 2015

Exilados de Capela: Uma Civilização Muito Desenvolvida, Moral e Intelectualmente

No livro Os Exilados da Capela Edgard Armon pressupõe a existência de uma civilização muito desenvolvida, moral e intelectualmente, que habita o quarto planeta em órbita de Capella, estrela da constelação do Cocheiro.
Um grupo de capelinos não teria correspondido à evolução moral dessa civilização e seus espíritos teriam sido transferidos para o planeta Terra distante há cerca de 5.000 anos luz, dando início à jornada civilizacional humana por meio de sucessivas encarnações.
Devido ao alto grau de conhecimentos que possuíam esses espíritos, se destacaram na matemática, astronomia, arquitetura, agricultura e navegação, deixando obras como as pirâmides do Egito, os jardins suspensos da Babilônia e as edificações maias e astecas, entre outras. 

Livros: 
"Os Exilados da Capela" de Edgard Armon e 
"A Caminho da Luz" (Chico Xavier / Emmanuel)


SOBRE "A CAMINHO DA LUZ" - (CHICO XAVIER / EMMANUEL) - RESUMO
A obra A Caminho da Luz: história da civilização à luz do Espiritismo merece ser lida e estudada por quem busca compreender a assistência constante de Jesus á humanidade.

Objetivando orientar o homem de acordo com os desígnios da Misericórdia divina, apresentando reflexões sobre as situações cotidianas à guisa dos ensinamentos e bondade celestes, A caminho da luz é obra merecedora de leitura e estudo para os que buscam compreender nosso mundo.

Nesta inestimável obra, o Espírito Emmanuel narra a história da humanidade sob a luz do Espiritismo, apresentando-nos acontecimentos e experiências que vão desde a gênese planetária até as perspectivas para o futuro da Humanidade, elucidando-nos a posição e a importância do Evangelho do Cristo diante da ciência, das religiões e das filosofias terrenas.

Apresentação da obra:
Título: A caminho da luz: história da civilização à luz do Espiristimo.
Autoria: Ditado pelo espírito Emmanuel e psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier.
Editoração: 1ª edição publicada pela Federação Espírita Brasileira (FEB) em 1938.
Estrutura da obra:
• Antelóquio (17-08-1938);
• Introdução;
• 25 capítulos;
• Conclusão (21-09-1938).
No Antelóquio Emmanuel esclarece:
“(...) Não deverá ser este um trabalho histórico. A história do mundo está compilada e feita. Nossa contribuição será à tese religiosa, elucidando a influência sagrada da fé e o ascendente espiritual, no curso de todas as civilizações terrestres. (...)”
É um livro religioso, tendo a religiosidade o significado da conexão entre o ser humano e Deus, e que se assenta em informações e conhecimentos histórico científicos.
Na Introdução, pondera Emmanuel:
“(...) Esse esforço de síntese será o da fé reclamando a sua posição em face da ciência dos homens, e ante as religiões da separatividade, como a bússola da verdadeira sabedoria (...)”
Os 25 capítulos que se seguem ao longo do livro consistem na abordagem que Emmanuel faz da História terrestre. Um dos destaques dados por Emmanuel se refere aos missionários divinos, espíritos eminentes no plano dos valores espirituais que visitam outras pátrias siderais e regressam ao orbe no esforço abençoado de missões regeneradoras dentro das igrejas e das academias terrestres.
Igrejas: lugares de avanço moral e religioso.
Academias: lugares de avanço intelectual e de melhora através da aplicação da razão.
Na conclusão, afirma: “(...) Em nosso modesto estudo da História, um único objetivo orientou as nossas atividades – o da demonstração da influência sagrada do Cristo na organização de todos os surtos da civilização do planeta, a partir da sua escultura geológica. (...)”
As datas do Antelóquio e da Conclusão chamam a atenção, por indicar que o livro foi psicografo por Chico no período de 36 dias e, principalmente, pelo momento histórico vivido na época: a obra foi psicografada na iminência da II Guerra Mundial (1939 - 1945).
Apreendendo a coerência entre o conteúdo da obra e a época da psicografia feita por Chico, é possível o seguinte entendimento acerca do livro:
• Mensagem esclarecedora da Espiritualidade Superior à humanidade terrestre da total compreensão do andamento dos fatos no orbe terrestre;
• Recorda o ascendente místico (elevação religiosa e a melhora espiritual) de todas as civilizações que surgiram e desapareceram;
• Ressalta o interesse na devida compreensão da História, buscando os grandes períodos evolutivos da Humanidade, com as suas misérias e seus esplendores, para afirmar as realidades espirituais acima de todos os fenômenos transitórios da matéria.
Leiam também o capítulo XVIII do livro A GENESE - Alan Kardec "São Chegados os Tempos", principalmente o ítem 27 - A GERAÇÂO NOVA.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                          Veja o Vídeo Abaixo:


                                            Fonte:Jurandir Moraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário