1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sexta-feira, 10 de julho de 2015

A Beira de um Cataclisma: Meteorologista Prevê Mudança Planetária em Setembro de 2015

Previsão de mudança planetária para setembro de 2015 | Qual o significado espiritual da inversão dos polos magnéticos?

por Gregg Prescott do In5D (Tradução e adaptação: Carlos Harmitte)

Uma nova previsão alarmante está circulando na internet desde o final de junho, e desta vez não se trata de nenhum vidente ou profeta famoso, mas sim, de um cientista atmosférico, Dr. Simon Atkins. Ele é CEO da AFC – Advanced Forecasting Corporation – uma empresa de consultoria e gerenciamento de riscos climáticos. Anteriormente, Dr. Atkins trabalhou no NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) – a poderosa agência climática dos EUA.

Numa entrevista concedida no dia 07 de maio ao programa Phoenix Rising Radio, Dr. Atkins fez algumas previsões surpreendentes, indicando que na segunda metade de setembro ocorrerão eventos cósmicos e climáticos extraordinários e que farão com que o final de 2015 seja um período extremamente significativo na história do planeta Terra. Uma grande mudança planetária está por vir!
Rapidamente, as previsões do Dr. Atkins foram analisadas pelo projeto CHANI (Channelled Holographic Acess Network Interface) e webbot de Clif High. Com isso, uma série de fontes independentes contribuíram com dados que parecem corroborar que em setembro de 2015 ocorrerá uma mudança planetária sem precedentes.

Segundo o Dr. Atkins, ocorrerá uma aceleração e intensificação da energia eletromagnética do Sol especialmente entre o final de agosto e o final de setembro. O processo culminará nos dias 23 e 24 de setembro, quando, de acordo com o cientista atmosférico, a Terra sofrerá uma mudança de frequência, a conhecida Ressonância de Schumann.
A Ressonância de Schumann (RS) é a frequência de vibração do campo eletromagnético da Terra, aquele que cerca o planeta partindo de um polo magnético ao outro. Historicamente essa frequência sempre foi constante, da ordem de 7,83 hz (pulsações por segundo). Essas 7,83 batidas por segundo funcionam como um marca-passo e o clima e toda a vida do planeta se ajusta a essa frequência. Sabe-se que  todos os vertebrados e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83 hz. A questão é que, desde a década de 1980, a frequência do campo eletromagnético do planeta vem aumentando. Passou de 7,83 para 11 e agora está em 13 hz. Simplificando, o coração da Terra disparou! Acredita-se que a frequência da Terra sofre alterações toda vez que se aproxima uma alteração dos polos magnéticos do planeta, o que causaria uma profundas mudança planetária.
A inversão dos polos magnéticos é um fenômeno que ocorreu de tempos em tempos ao longo da história geológica da Terra, mas sempre se acreditou que esse processo de inversão demorasse milhares de anos para acontecer. No entanto, uma pesquisa realizada na Itália descobriu algo muito diferente: algo que já aconteceu no passado e poderia acontecer novamente no futuro. Ao estudar e datar os sedimentos de um antigo lago que agora aflora nas imediações da localidade de Popoli, na província de Abruzos, os geólogos conseguiram determinar que a inversão conhecida em geologia pelo nome de Transição Matuyama-Brunhes aconteceu em tempo brevíssimo: menos de um século!
Embora as predições do Dr. Atkins apontem para uma iminente inversão dos polos agora em setembro e com consequências terríveis, o estudo da antiga geologia mostra que aparentemente não aconteceram catástrofes nas últimas ocasiões que os polos se inverteram. No entanto, a situação hoje mudou muito.Hoje existe tecnologia! Uma das primeiras grandes preocupações relativas a uma eventual inversão dos polos magnéticos diz respeito aos satélites e ao mundo das comunicações.

O possível rearranjo do campo magnético do planeta, que precede a inversão dos polos, poderia ter consequências sérias sobre os sistemas de satélites e a distribuição da energia elétrica. Isso porque, com um campo magnético mais enfraquecido, o vento solar poderia chegar até a superfície da terra e influenciar todos os sistemas baseados na eletricidade.

O que poderá acontecer em setembro de 2015?

Caso as previsões do Dr. Atkins se confirmem, e nos próximos meses ocorra uma inversão dos polos eletromagnéticos, as consequências para o clima, geologia e biosfera seriam dramáticas.

Artigo relacionado: A profecia de Parravicini e a catástrofe durante a viagem do Papa

A seguir citamos algumas possibilidades levantadas pelas diferentes fontes que reuniram material indicando que os próximos três meses serão um período de tempo muito significativo culminando em uma “mudança de frequência” no final de setembro.
– tempestades geomagnéticas
– aumento na atividade sísmica com terremotos e tsunamis atingindo áreas como Irã, Califórnia e Japão
– erupções vulcânicas que causarão resfriamento do Hemisfério Norte, tornando o próximo inverno extremamente rigoroso.
– aumento de inundações nos EUA e América Central, bem como seca mais intensas na China (as atuais enchentes do Texas, crise hídrica no Brasil e a onda de calor na Índia são já um reflexo desse processo que culminará em setembro)
– influência na frequência do cérebro, alterando o psiquismo das pessoas e intensificando comportamentos agressivos, o que resultará em eventos sociais turbulentos (rebeliões, crimes, levantes, protestos violentos).

Artigo relacionado: As profecias de Edgar Cayce

Qual o simbolismo espiritual dessa possível mudança de frequência da Terra?

Como sabemos, viver na 3ª dimensão é viver num plano de polaridades. A principal característica que define nossa experiência no plano físico é a vivência dos contrastes para aprender a balancear as polaridades. Vivemos a guerra para valorizarmos a paz; adoecemos para buscarmos a sanidade.

Nos últimos meses, temos vivido uma intensificação da polarização entre as pessoas. A intolerância e o radicalismo de posições tem produzido episódios de conflitos, agressão, violência, discriminação e terrorismo.
Essa mudança de frequência prevista para culminar em setembro de 2015 só reflete esse estado de antagonismo social que vivemos hoje. Os polos da sociedade estão se enfrentando e a sociedade, como o campo eletromagnético, está com taquicardia. É possível que a mudança de frequência promova um aumento do caos social nos últimos meses do ano, com protestos, rebeliões, episódios de violência racial, agressões homofóbicas e xenofóbicas. Tudo no sentido de deixar bem contrastadas as polaridades sociais. Por outro lado, em setembro, as pessoas que conseguiram balancear as polaridades e não se envolver nos conflitos e radicalismos, poderão experimentar uma expansão de consciência, promovendo autocura ou vivenciando estados alterados de consciência que possam colocá-las num nível vibratório superior. Para estes, a mudança planetária seria um salto dimensional para um nível superior de consciência.

Para as pessoas que superarem a polaridade, será um bom momento para se dedicar à técnicas de meditação, ativação e canalização de energia a fim de criar mais prosperidade e harmonia.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                    Veja o Vídeo Abaixo:


                                           Fonte:Renee M

8 comentários:

  1. SINCERAMENTE eu não acredito em mais nada , depois de tanta coisa sobre o fim do mundo em 2012!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo(a), dia 21/12/12 realmente não acabou o mundo, mas sabe porque ? Porque os humanos da atualidade não compreenderam o que o povo Maia realmente quiz dizer sobre esta data, eles disseram que uma nova era iria acabar e não o mundo! Nessa data começou a era de peixe, um novo ciclo, mas como a maioria das pessoas entendem errado, veio essa conspiração do fim do mundo em 2012

      Excluir
  2. Essa pesquisa , reportagem passou no discovery Chanel em 2013. Foi um especial em 2 dias. Nenhuma novidade deste Dr. Atkins. Mas pela ciência , não há uma previsão. O negócio é preparar as velas e tampar os ouvidos e esperar passar esta turbulência . ( ‾ʖ̫‾)

    ResponderExcluir
  3. Na verdade este tipo de ocorrencia ,teve inicio depois do terremoto do japao,apartir deste dia varios acontecimentos ocorreram .A melhor rxplicaçao e que tem um planeta gigante interferindo no campo magnetico da terra e dos outros planetas de nosso sostema solar ,como um efeito cascata ,os planetas mais proximo da terra estao sendo esprimidos em seus prpprios campos magneticos. Ate o proprio sol esta sofrendo liberando tempestades eletromagneticas .Todos estes fatos vao desencadear mudanças climaticas signativas a covilizaçao da terra que nao iremos esquecer, o cientista. Esta certo os calculos estao corretos ,podem se prepararem para sequencia climaticas catastroficas .

    ResponderExcluir
  4. Seria um tipo de terrorismo científico?

    ResponderExcluir
  5. Este ano de 2015 terá a temporada de furacões no Atlântico, que começa oficialmente em cinco dias, será muito ativa que o normal com a formação de entre seis e 11 tempestades tropicais, das quais entre três e seis se tornariam furacões, segundo segundo os caculos da quarta-feira (27).Em setembro tera uma onda de terremotos e vulcões entrando em erupção,muitos desmoronamento de terras nos litorais de muitos paises.Possivel aparecimento de tsuname no pacifico.É so aguardarem teremos um final de ano ano triste em muitos paises.

    ResponderExcluir
  6. Asteróides atingirão a Lua, Marte, Sol, e essa "sinuca" terá esfeitos na Terra, ou seja, nem precisa atingir a Terra, mas a pergunta é: quem tem interêsse em destruir o sistema mundial e a humanidade? extraterrestres querem morar aqui, alguém sabe disso?

    ResponderExcluir
  7. Inclusive haverá alterações importantes na "prega mestra", que sofrerá influências que virão da "tripa gaiteira", não é por acaso o aumento de seres humanos que usam o aparelho excretor com outras finalidades...

    ResponderExcluir