1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

NASA pronta para Monitorar a última Passagem do Cometa ISON, ou Oque Sobrou Dele !!!


Uma equipe de astrônomos está pronto para fazer um monitoramento final Cometa ISON ou o que sobrou dele, quando o mesmo  vai  estar passando perto da Terra em 16 de janeiro, depois de ter sido quase totalmente destruído por sua passagem perto do Sol,  assim em 16 de janeiro de 2014 será o dia em que o resíduo do cometa ISON, deve atravessar o plano orbital da Terra e ser facilmente observado com telescópios.


Apesar deste otimismo, a Nasa informou que desde 11 de dezembro, o cometa, oficialmente depois de 28 de novembro ele teve seu encontro com o Sol, a partir dos dados recolhidos pelas sondas espaciais detectada uma perda de massa da rocha antes atingir o periélio (ponto mais próximo da órbita de um corpo espaço para o Sol), e isso sugere que ele não deixa.
  "O tamanho do núcleo de ISON poderia ser de cerca de cinco ou seis campos de futebol.
 Este tamanho pequeno estava perto do limite do que tinha que ser assumido e que depois de sobreviver a mesma ISON durante sua viagem ao redor do Sol ", disse um dos peritos da NASA Alfred McEwen.
 Além disso, estudou-se a cauda de poeira do cometa para entender melhor o que aconteceu. A este respeito, as observações feitas pelo Observatório Solar Terrestrial STEREO (NASA) e o Observatório Solar e Heliosférico (SOHO da NASA / ESA), mostrou que havia muito pouca poeira após o cometa ter passado periélio, sugerindo que a núcleo de Ison já foi quebrado naquele momento.


Cometa ISON foi visto pela primeira vez em setembro de 2012 e era para ser um cometa relativamente brilhante que estava a uma grande distância da nossa estrela. Portanto, o ISON tornou-se um dos eventos do ano e tinha grandes esperanças que iria fornecer um belo espetáculo de luz visível no céu noturno. 
Alguns o chamavam de "o cometa do século.


Aconteça o que acontecer, temos que esperar para 16 de janeiro de 2014, quando a NASA e os seus peritos iram comunicar oficialmente se ISON está completamente destruído, ou que os resíduos ou a nuvem de cometas permaneceu após o encontro com o Sol, vai continuar por anos a sua viagem para o espaço. Na verdade, a agência espacial dos EUA, disse que este cometa é um daqueles "mais freqüentemente ocorrendo" na história desde o seu caminho foi seguido e monitorado por diversas agências espaciais, através de satélites, telescópios e astrônomos amadores.
                                         
                                            Veja os Vídeos Abaixo:


                                                    Fonte:BPEarthWatch


                                                 Fonte:opatijabajna


                                                Fonte:TheTruthIsFromGod6

Um comentário:

  1. Onde esta os simbolos parece que mostra de onde veio o cometa, e ao lado parece ser a constelação de Cancer. Tentart decifrar esse misterio que se cerca sobre Ison.; Ainda!!!!!!

    ResponderExcluir