1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

China: Ex Oficial do Governo diz que Aliens Vivem Entre Nos…


CHINA: Ex-oficial do Ministério das Relações Exteriores da CHINA diz que extraterrestres vivem entre nós.

Um encontro de Sun Shili com extraterrestes ocorreu pela primeira vez em 1971, quando foi enviado para os campos do interior durante a “revolução cultural chinesa” promovida pelo ditador Mao Tsé Tung (1966-76) para executar a penosa tarefa de plantação de arroz. Um dia, enquanto ele labutava no campo, sua atenção foi desviada para um objeto brilhante no céu, que subiu e desceu várias vezes …

Por Paul Chen: O Izvestia relata que na China existe um número recorde de pesquisa e desenvolvimento científico em organizações baseadas na comunidade ufológica. Há muitos que estão até mesmo tentando estabelecer algum tipo de contato com os extraterrestes. 

No Ocidente industrializado, surgiu o dogma prevalecente e pseudo-religioso de que os seres humanos são o centro da “criação de Deus no universo”. Esse dogma é a motivação ideológica por trás do contínuo descrédito do contato verificável que as pessoas tiveram com extraterrestres (ETs). Este dogma aparente tornou-se o equivalente moderno do dogma correspondente, de que “o mundo é plano” e não redondo, que a Igreja em outros séculos passados declarava ser a verdade. 

Em contraste, livre dos dogmas pseudo-religiosos com base ocidental , o meio Budista da China, liberou sua comunidade científica, com o apoio do governo, e a participação da comunidade para tentar explorar as incidências e aparições de OVNIs e as provas do contato humano com extraterrestres.

Sun Shili mostra seus desenhos de extraterrestres em forma humana.


 O que é um dogma?  ‘Dogma’ é um sistema de mistificações, propaganda e ideologia similar, o qual as elites apresentam como “verdade”, com o objetivo de manter o controle social, e para expandir seu domínio próprio de poder e controle e que NÃO PODER SER CONTESTADO OU CONFRONTADO. (n.t. dogma é o que manteve a igreja católica romana existindo até os nossos dias, mas por ser incapaz de mudar e de não se conduzir pela verdade,  toda a sua estrutura vai desabar, porque a verdade esta vindo à tona). 

Outros exemplos de dogma operacionais atuais incluem sistemas de socialização que visam convencer as pessoas de que “o capitalismo promove a liberdade e a democracia”, que “a privatização é uma coisa boa” e que “o protecionismo econômico é uma coisa ruim”. Um exemplo notável de dogma, no contexto da chamada “guerra ao terrorismo”, é que “os EUA e seus parceiros de coalizão estão guerreando no Iraque e no Afeganistão não por causa do petróleo, mas para promover os direitos humanos“, entretanto, uma destruição geral e bem documentada dos direitos humanos naquela região causam grandes sofrimentos e a opressão piorou.

A pesquisa ufológica é uma Ciência apreciada e devidamente reconhecida na China O Izvestia relata que na China existe um número recorde de pesquisa e desenvolvimento científico em organizações baseadas na comunidade ufológica. Há muitos que estão até mesmo tentando estabelecer algum tipo de contato com extraterrestes. Suas ações são protegidos pela Sociedade Nacional de Estudos Extraterrestres, que foi fundada há 25 anos. Esta Sociedade Nacional é financiada pelo governo. 

Apenas cientistas profissionais e engenheiros são permitidos como membros da Sociedade. A pessoa também deve ter doutorado em ciência e ter várias obras publicadas sobre os OVNIs. Cerca de um terço de todos os membros da sociedade são também membros do Governo da China. A valorização cívica e estudo de vida extraterrestre na China  NÃO são sistematicamente marginalizados como no caso do Ocidente industrializado, que tenta usar seus dogmas ridículos para ridicularizar às iniciativas acadêmicas da comunidade de pesquisa UFO, e também o trabalho de Grupos de estudos sobre Exopolitics.  Centenas de cientistas e engenheiros na China realizam estudos aprofundados do fenômeno extraterrestre.

Nanjing, China – Em 17 de agosto de 2006, um objeto em forma de disco foi gravado por cima de um prédio e o OVNI moveu-se lentamente ao longo do topo do prédio. Referência Nationalufocenter.com   


Os extraterrestres vivem entre os humanos?

Um encontro de Sun Shili com extraterrestes ocorreu pela primeira vez em 1971, quando foi enviado para os campos do interior durante a “revolução cultural chinesa” promovida pelo ditador Mao Tsé Tung (1966-76) para executar a penosa tarefa de plantação de arroz. 

Um dia, enquanto ele labutava no campo, sua atenção foi desviada para um objeto brilhante no céu, que subiu e desceu várias vezes. Os cientistas chineses dizem também que alienígenas vivem entre os humanos. Entre os defensores dessa idéia se inclui Sun Shili, um oficial aposentado do Ministério das Relações Exteriores da China, que agora é presidente da Sociedade de Pesquisa OVNI de Pequim, que também conclui que os Waixingren  (extraterrestres) estão vivendo entre nós.

No início, Sun assumiu que o espetáculo fosse uma espécie de dispositivo de monitoramento de inteligência da GUERRA FRIA entre oriente e ocidente – uma dedução razoável considerando aqueles tempos – no entanto, anos mais tarde, depois de ler matérias estranhas sobre avistamentos de UFOs, ele soube que tinha experimentado um encontro com um UFO. E Sun Shili não é o único especialista no país, tendo estes  avistamentos de UFOs. De acordo com o cientista altamente credenciado Shituan Shen, um cientista de foguetes, presidente da Universidade Aeroespacial de Pequim e diretor honorário da China UFO Research Association, organização de pesquisa apoiada pelo governo comunista da China, cada relatório de um encontro alienígena vale a pena investigar.

”Alguns destes avistamentos são reais, alguns são falsos e  outros que não são muito claros”, disse Shen Shituan, um cientista para desenvolvimento de foguetes, presidente da Universidade Aeroespacial de Pequim e diretor honorário da Associação de Pesquisa OVNI da China. ”Todos esses fenômenos são dignos de pesquisa.” Pesquisa [com base ética] em OVNIs poderiam ajudar a estimular novas formas de viagens em alta velocidade, fontes ilimitadas de combustíveis de energia não-poluente e combustíveis com base em não-fósseis e o crescimento rápido de culturas e plantas para alimento, afirma Sun Shili, presidente de uma Associação de Pesquisa sobre OVNIs-aprovada pelo governo Chinês (associação com 50.000 participantes).

À medida que a nave alienígena atingiu o ponto mais alto do edifício, de repente revelou sete luzes brancas uniformemente deslocadas ao redor da borda exterior da nave e sumiu. Ref. Nationalufocent.


Shen Shituan não descarta prontamente relatos de OVNI / ET, como seus homólogos ocidentais da comunidade científica, incluindo os créditos para um trabalhador de que os alienígenas entraram em sua casa de Pequim, enquanto a mulher e o seu filho estavam presentes, e raptaram-no e o levaram há um lugar distante 265 quilômetros a leste e de volta para sua casa em poucos horas.

A história de abdução alienígena mais conhecida na China é o caso de Guo Z. Meng, um jovem agricultor florestal, de Wuchang, perto de Harbin, na província de Heilongjiang. Em Junho de 1994 Guo Zhao Meng e dois trabalhadores rurais, trabalhando no acampamento da Madeireira Red Flag viram algo incomum no Monte Phoenix, próximo do acampamento.

O encontro complexo e bizarro que se seguiu envolveu Meng sendo atingido por um feixe de luz, assim como supostamente enfrentando um seqüestro e um encontro sexual com uma alienígena do sexo feminino. Guo Zhao Meng, um simples trabalhador rural do nordeste da cidade de Wuchang, explica que ele tinha 29 anos quando ele quebrou seus votos matrimoniais pela primeira e única vez – com uma mulher extraterrestre de compleixão excepcionalmente robusta.

“Ela tinha cerca de 10 pés [3 metros] de altura e tinha seis dedos em cada mão, mas fora este detalhe, ela se parecia completamente como um ser humano da Terra”, diz ele.” Disse à minha mulher sobre tudo isso depois. Ela não ficou muito zangada.”  Durante o mês de setembro de 2003, Zhang Jingping, uma ufóloga com residência em Pequim, com psicólogos e técnicos da polícia sujeitaram Guo Zhao Meng à hipnose em um detector de mentiras em Pequim. Zhang indicou que os resultados do teste mostraram que o abduzido estava dizendo a verdade.

Ela também indicou que os médicos tinham perceberam que as cicatrizes no corpo de  Guo Zhao Meng” não poderiam ter sido causadas por lesões comuns ou cirurgia.” Guo Zhao Meng, um humilde camponês, com a escolaridade de apenas 5 anos, também disse que ele nunca tinha ouvido falar de OVNIs ou ufólogos até antes que sua experiência tivesse acontecido. Bill Chalker, um cientista de UFOs, da Austrália, foi capaz de ter longas discussões com o professor Chen Gongfu, na China, o principal pesquisador do caso Guo Zhao Meng. Ele me pediu para ajudar na obtenção da tradução de suas pesquisas para  torná-las disponíveis para o público ocidental. Estamos bem encaminhados para alcançar esse objetivo. 

Estas luzes se apagaram rapidamente e uma grande luz iluminou-se e cercaram a embarcação antes que ela desaparecesse abruptamente. Referência: Nationalufocenter.com.


O Contato de GUO ZHAO MENG COM ETs foi Investigado Em dezembro de 1999 Cao Gong, um homem de meia-idade a partir de Pequim, indicou a Bill Chalker, que tinha sido abduzido por alienígenas e levado para Qinhuangdao em seu OVNI. ”Eles pareciam seres humanos, mas tinha as mãos grandes e estavam muito pálidas”, disse Cao. Ele disse que também conheceu uma garota chinesa dentro do disco voador. Zhang Jingping, um pesquisador, começou um inquérito de investigação em abril de 2000. O primeiro passo foi a hipnose. 

Zhang convidou um famoso psicólogo de Suzhou e pediu-lhe para conduzir a hipnose em Cao visando a ajudá-lo a lembrar de todo o incidente. Ele também levou Cao ao Escritório de Segurança Pública de Pequim para que fosse feito um teste no Detector de Mentiras. ”Ele passou no teste”, diz Zhang. Segundo Cao, que é o diretor de uma escola particular de Fangshan District, ele conheceu uma garota chinesa quando ainda estava dentro do disco voador, que parecia ter em torno de 13 anos de idade. ”Os extraterrestres curaram a menina de uma doença no disco voador”, afirmou.

A fim de encontrar a menina, Zhang Cao foi à Secretaria de Segurança Pública de Tangshan, em Julho de 2000. ”Os policiais fizeram uma imagem do rosto da menina no computador, segundo a descrição de Cao”, diz Zhang.  Em novembro de 2002, Zhang levou um grupo de estudantes da Universidade Beihang e partiu em uma viagem para Qinhuangdao, em busca da misteriosa garota. “Havia apenas um vislumbre estreito de esperança de encontrar a menina com apenas uma imagem do seu rosto feita por um computador”, diz Zhang. Eles chegaram em Qinglong County, ao norte de Qinhuangdao, e começaram sua busca  entre a população do conselho regional de 400.000 habitantes.

 ”Por incrível que pareça, encontramos uma pista no segundo dia de nossa busca. Um velho no município reconheceu a menina em nossa imagem computadorizada”, diz Zhang. Eles encontraram a menina logo depois. Ela tinha 15 anos então. Zhang a levou consigo de volta a Pequim para se reunir com Cao Gong. Ela foi identificada por Cao como a garota que ele havia visto no UFO. Zhang já passou os últimos três anos investigando este caso. “Este caso é fascinante e eu tive a sorte de, enquanto na China, eu era capaz de discutir o caso com detalhes com  Zhang Jingping e outros pesquisadores, e também falar com o próprio Cao Gong. Felizmente, em Pequim, Bill Chalker garantiu os serviços de Irene, uma excelente tradutora, guia e intérprete.

 Chalker e Irene estão trabalhando em uma tradução detalhada dos documentos do caso. Mais de 400 membros da Sociedade Dalian de Pesquisa de UFOs têm diploma universitário Na Dalian UFO’s Society, 90 por cento dos 400 membros têm diploma universitário.”É emocionante para nós usar a ciência para decifrar avistamentos de OVNIs”, disse Zhou Xiaoqiang, secretário-geral da Pequim’s UFO Society. Embora poucos chineses afirmam ter conseguido chegar tão próximos e ter intimidade com um extraterrestre como Guo Zhao Meng, um número crescente de pessoas na China acreditam em objetos voadores não identificados, ou OVNIs.

Na verdade, oficialmente existem cerca de 50 mil membros registrados em associações de estudos dos OVNIs na China , mas  o número real de chineses interessados no assunto UFOs é, provavelmente estimado na casa das dezenas de milhões. A China tem uma revista bimestral – circulação média de 400.000 cópias – dedicada à pesquisa ufológica. A mídia conservadora estatal também relata e publica avistamentos de OVNIs em uma base regular, em contraste com a organização dos governos ocidentais que, como política, nega o contato humano com extraterrestres verificáveis. Os Ufólogos na China apoiam a reivindicação de eminentes cientistas e os contatos secretos com os militares, dando ao seu trabalho respeitabilidade científica completa.

Guo Zhao Meng “Se algo sobrevoa [uma espaçonave ET] a China, há uma boa razão para tentar entender por que eles estão aqui, porque eles vêm até nós, qual é sua relação entre nós e eles”, diz ele.  Wong é o presidente de um próspero clube de pesquisa do assunto UFO em Hong Kong – explorando “objetos voadores não identificados”, ou, para os não iniciados, “discos voadores”.  O clube se reúne uma vez por mês para explorar temas sobrenaturais, como “Civilização ETs” e filosofias estranhas.


“A fim de compreender o fenômeno UFO, precisamos ter uma compreensão ampla das diferentes disciplinas”, diz Albert Soh, professor universitário e membro do clube UFO de Hong Kong”, incluindo matemática, física, história, filosofia, até mesmo algum tipo de atividades paranormais e tudo isso. ” A ciência ocidental e as pseudo-religiões compartilham sistemas de dogma correspondentes, que procuram negar o contato humano com extraterrestres A fim de apreciar a negação sistematizada de contato com extraterrestres e suas influências na civilização humana, que prevalece no Ocidente, é preciso reconhecer que a “ciência oficial” e a “religião institucionalizada” do Ocidente são duas “cabeças” do mesmo (Monstro) corpo político.

 Sim, a “ciência oficial” no ocidente fala em “evolução”, e as religiões ocidentais institucionalizadas fala da “Criação”. No entanto, os dois grupos chegaram a um consenso aparente para prescindir de uma prova clara de contato verificável e influências por extraterrestres na civilização humana. Essa negação conjunta é baseada em uma ideologia opressora compartilhada, que visa reprimir do conhecimento humano um olhar crítico das possíveis associações cósmicas e as interações com mundos fora da Terra e suas outras civilizações de ETs.

Este sistema dogmatico compartilhado entre a Europa Ocidental  e os Estabelecimentos pseudo-religiosos Institucionalizado, também são responsáveis pela opressão, o genocídio, as guerras, o racismo e a destruição ambiental que “tecnocratas pseudocientíficos” e auto-proclamados missionários “cristãos” pseudo-religiosos e apologistas promoveram e apoiaram. Jesus, que supostamente inspirou a religião do Ocidente “cristão”, que é baseado em confirmações na Bíblia, procurou apoiar a necessidade de conhecimento e sabedoria, acompanhada de paz e misericórdia. 

No entanto, a prática histórica do cristianismo (ou melhor seria dizer catolicismo romano) institucionalizado, ao contrário, tem sido a manipulação das massas para aceitar pontos de vista preconceituosos que são projetados para complementar os objetivos materialistas centrados no controle das massas por uma “força organizada” da elite.



                                              Fonte:qxynodoubt

Veja o filme do UFO sobre a cidade de Nanjing, China – Em 17 de agosto de 2006, um objeto em forma de disco foi gravado por cima de um prédio e o UFO moveu-se lentamente ao longo do topo do prédio. Referência: Nationalufocenter.com.

Dizer que “a Terra era redonda .. e que girava em torno do Sol”, costumava ser um crime imputável com perspectiva da pena capital de morte (n.t.imposta pela “Santa”Igreja Católica de Roma) no ocidente “cristão”. Essa foi a sociedade que considerava tal conversa como sendo murmúrios de lunáticos sediciosos. “A Ciência OFICIAL” e “A Religião institucionalizada” no Ocidente não é substancialmente inspirada pelo espírito-livre pela busca do conhecimento e da sabedoria. Muito pelo contrário, estes seculares estabelecimentos no Ocidente são guiados por “ideólogos da elite”, que em contraste com a China e com os seus próprios dogmas e agendas, procuram iludir o público sobre consciência extraterrestre, assim como em outras áreas.

“O Brasil, a Índia e China estão tomando a liderança no despertar da humanidade para o assunto extraterrestre”, relatou Mihir Sen, do India Daily. “Eles querem ter certeza de que em um novo mundo emergente se entenda que temos que conviver com os nossos vizinhos extraterrestres mais avançados, se assim for.”  O Índia Daily informa que a comunidade extraterrestre será forçada a se revelar ao público, a fim de tentar evitar uma catástrofe planetária que é projetada para ocorrer em torno do ano de 2012.

Como a civilização humana está sendo conduzida diligentemente para a destruição comandada pela hipocrisia que orienta o estabelecimento científico ocidental e pseudo-religioso, a iluminação necessária e oportuna das populações humanas sobre a presença extraterrestre e sua influência em nosso planeta, poderia muito bem ser liderado pela CHINA. O governo da China não obstante as contas de abusos dos direitos humanos, por ser um regime comunista, parece ter se preparado construtivamente com os membros da sua sociedade, sobre o assunto UFO e ETs, sobre o tipo de contexto e consciência potencialmente vital, que os governos ocidentais continuam a negar aos membros de sua própria sociedade.
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário