1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

terça-feira, 25 de junho de 2013

Pesquisadores Russos se Preparam para Desembarcar na Lua !!!

        © Flickr.com/AZRainman/cc-by

Projetistas russos estão elaborando uma nova espaçonave. Ela deverá, já dentro de 5 anos, levar o  homem à Lua.
A nave pilotada que irá a Lua será apresentada pelos projetistas da corporação Energia em setembro, no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2013. O engenho de descida, em maquete de tamanho natural, já pode ser visto.
A nave vaivém de nova geração distingue-se das atuais naves espaciais Soyus em tudo – desde a exatidão do pouso até à capacidade de carga. Ela poderá levar a bordo até sete cosmonautas, se voar para a Estação Espacial internacional e até quatro se levar cosmonautas para a Lua.
O módulo, por enquanto sem nome, pode ser usado para diferentes objetivos – desde voos a órbitas baixas da Terra e coleta de lixo cósmico até viagens turísticas e voos à Lua. Fala o projetista-chefe da corporação Energia, Vitali Lopota.
"Ela pode voar e voltar para a Terra com a segunda velocidade cósmica, ou seja, por exemplo, voar à Lua e regressar. Não conseguíamos fazer isto no passado".
Agora os construtores preparam-se para os testes técnicos, que realizarão em junho. Enquanto isso, os cientistas do Instituto de Pesquisas Cósmicas da Academia de Ciências da Rússia elaboram um equipamento de grandes dimensões, que será o primeiro a pousar na região da Lua onde a nave deverá ficar – diz o chefe do Laboratório de Pesquisas Cósmicas da Academia de Ciências da Rússia, Igor Mitrofanov.
"Nós procuraremos ser os primeiros a chegar aos arredores do Polo Sul da Lua e estudar lá o meio natural, elaborar as técnicas e tecnologias. O objetivo é fazer pousar nesta região em 2017 um equipamento bastante pesado, no qual haverá muito mais aparelhos científicos".
 O próximo passo – diz o especialista do Instituto, Igor Mitrofanov, – será trazer solo lunar para a Terra. Nos laboratórios terrestres, os cientistas poderão pesquisá-lo com o máximo de pormenores. Já depois será criada uma estação orbital na Lua. O satélite natural da Terra será um polígono – estão convictos os cientistas. É justamente de lá, possivelmente, o homem irá pela primeira vez a Marte.
Stanislav Kalyakin
Fonte: Stanislav Kalyakin

     Rússia de Olhos na Missão Lunar 52 anos Após Primeiro 
                                   Homem no Espaço


                                            Fonte:RussiaToday

Um comentário: