1b

1

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Vídeo espetacular mostra dois OVNIs parados no céu no município de Lázaro Cárdenas no México!

O vídeo que estamos testemunhando hoje é registrado nos primeiros dias de janeiro de 2018 na área central da Cidade do México, exatamente no Eixo Central "Lázaro Cárdenas". No filme capturado com um Smartphone por um cidadão mexicano, ele mostra dois discos voadores de cor escura parados no céu na área central da Cidade do México.


O vídeo mostra por alguns segundos as duas aeronaves desconhecidas que ficam paradas no céu a poucas centenas de metros das casas. Então, na parte final do vídeo, os dois OVNIs parecem desaparecer no ar.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo:




Mais um homem afirma ser um "Viajante do Tempo" de 2028 e dá um aviso sobre o futuro

Esse homem afirma ser um viajante do tempo de 2028 e dá um aviso sobre o futuro.
Mais e mais pessoas aparecem e falam aos meios de comunicação sobre a sua suposta capacidade de viajar no tempo. E é difícil saber ou provar se é verdade ou se é simplesmente o produto de sua imaginação. Muitos fãs de ficção científica e amantes de teorias da conspiração apontam para a física quântica como a chave para experimentar isso. No entanto, até o momento, nenhuma tecnologia (conhecida) tornou essas teorias possíveis.
No início deste ano, um homem afirmou ser de 2030, revelando que no ano que vem haveria uma invasão alienígena. Da mesma forma, o protagonista de nossa história afirma vir de 2028 e contou ao mundo uma série de profecias que podem ser consideradas caso os aliens realmente venham nos visitar. Não se sabe quem esse homem é e o rosto dele foi mantido em segredo. No entanto, vamos dar-lhe voz para que cada um possa julgar por si mesmo.
O homem, que se cahama Noah, comentou que ele arriscou sua vida voltando para 2017 para alertar a humanidade sobre o futuro. O auto-proclamado viajante do tempo falou sobre o que aconteceria nos próximos anos em um vídeo publicado no YouTube. Começando com suas previsões para 2020, ele afirma que o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será surpreendentemente reeleito, para a felicidade de alguns e tristeza de outros.
A inteligência artificial ganhará maior importância e desempenhará um papel importante no controle das massas. Ele assegurou que está 100% seguro de que tudo isso acontecerá e que ele não está apenas dando uma opinião. Por que ele esconde sua identidade e modula sua voz? Sem dúvida, pode ser uma ferramenta para escapar da perseguição de seus inimigos, mas também uma desculpa para manter o anonimato contra uma possível montagem.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

Revelado a Lua uma Gigantesca Nave "ALIENÍGENA" Evidência Irrefutável

A Lua é oca e possivelmente uma Grande Nave Espacial Extraterrestre antiga.

Nós sempre pensamos na Lua como um satélite natural que orbita a Terra, óbviamente, como vemos todas as noites.

Más existem inúmeras indicações de que a Lua seja oca, entre algumas das anomalias, sabe-se que o seu núcleo é muito menos denso do que as camadas exteriores.

Alguns cientistas dizem que ele não pode mesmo ter um núcleo. Dr. Gordon MacDonald, cientista da NASA disse início dos anos sessenta que "parecia mais provável que a Lua fosse uma esfera oca, em vez de homogênea". Ele supôs que os dados devem estar incorreto, mas não foi. MacDonald estava certo desde o início.

Dr. Sean C. Solomon, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts disse que os experimentos Lunares de sua orbitar tinha fornecido um amplo conhecimento do seu campo de gravidade e indicou a "assustadora possibilidade de que a Lua seja oca." O cosmólogo Carl Sagan disse que "um satélite natural não pode ser um objeto oco."

A Lua tem apenas 60 100 da densidade da Terra, e uma quantidade equivalente do material terrestre e pesaria quase o dobro o da Lua. Isso levou alguns cientistas acreditarem que a Lua não tenha só ferro ou seja parcialmente oco. Uma equipe da Universidade do Arizona, disse que acreditava que a Lua tinha um núcleo, mas era pequeno. Lon Hood, chefe da equipe, disse: "Sabíamos que o núcleo da Lua era pequeno, mas não tão pequeno ...

Realmente acrescenta peso à ideia de que a origem da Lua é única, diferente de qualquer outro corpo terreno como a Terra, Vênus, Marte ou Mercúrio. A missão lunar Apollo 12 em novembro de 1969, sismógrafos foram colocados, em seguida, feito explosões propositadamente para explorar o módulo lunar, causando o equivalente a uma tonelada de impato dinamite. A onda de choque durou oito minutos e os cientistas da NASA disseram que a Lua "soou como um sino."

Maurice Ewing, co-diretor do experimento sísmico, disse a uma conferência o que tinha acontecido á imprensa: "Por enquanto eu prefiro não dar qualquer interpretação do seu significado, mas é como se alguém tivesse derrubado um sino no campanário de uma igreja e este retumbou por trinta minutos. "

Dr. Frank Pressione do Instituto de Tecnologia de Massachusetts disse que o fato de um "pequeno impacto" provocar um efeito que excederam 30 minutos é "tudo o que imaginei."

A missão lunar Apollo 13 em 1970 foi abortada devido a problemas técnicos potencialmente catastróficas, e descartável do foguete Saturn V, que pesa quinze toneladas, colidiu com a Lua cerca de cem quilômetros de onde a missão anterior havia deixado o sismógrafo. Quando o foguete descartável atingiu o solo gerou um impacto equivalente a onze toneladas de dinamite, os cientistas da NASA dissera que a Lua ", reagiu como um gongo" e continuou a vibrar durante três horas e vinte minutos á uma profundidades de 40 km.

Ken Johnson era supervisor do Departamento de Controle de Dados e imagens durante as missões Apollo, trabalhou para uma empresa contratada pela NASA. E disse á Alan Butler, autor de “quem construiu a Lua?”; não só a lua soou como um sino, mas tremia com tal precisão que era "como se houvesse amortecedores gigantes dentro dela." Tudo isso explica porque a Lua vibra exatamente da mesma maneira cada vez que se aproxima da Terra. Equivalente a duzentas toneladas de dinamite meteorito impactaram na lua em 1972, que produziu enormes ondas de choque para dentro de si.

De acordo com os cientistas russos Mijail Vasin e Alexander Sherbakov, a Lua é um satélite artificial colocado em órbita por seres inteligentes milhares de anos atrás. Tentando determinar exatamente quando foi essa grande obra, e quem foram os autores e qual era o seu objetivo, isso vai além da teoria destes cientistas ortodoxos, e é lógico, que tinha que ser um civilização altamente mais desenvolvida que a nossa.

Se você fosse lançar um satélite artificial seria aconselhável fazê-lo ser oco.

A Lua é uma nave espacial

Vasin e Sherbakov os cientistas russos escreveram um artigo em 1970 na revista soviética Sputnik. Aqui está parte do artigo:

"É provável que seja uma nave espacial muito antiga cujo interior estava cheio de motores a gasolina, materiais e equipamentos de reparação, instrumentos de navegação, equipamentos de observação e todos os tipos de máquinarias em ... outras palavras, tudo que você precisa para ativar essa "caravela do universo" para fazer as funções de um inteligente arca Noé, talvez até a casa de uma civilização inteira por longos (milhares de milhões de anos de existência) e viajens longas através do espaço (bilhões de quilômetros).

Naturalmente, o casco de uma nave espacial deste tipo deve ser difícil de resistir a golpes de meteoritos e as grandes flutuações entre as temperaturas extremas. Provavelmente, o casco é de dupla camada, a base é uma armadura preta cerca de trinta quilômetros de espessura e no exterior é um tipo de cobertura (uma camada fina, cerca de cinco quilômetros). Em certas regiões, onde seria "mar" são "crateras" na camada superiores é bastante fina e, em alguns casos, não existe ".

- De acordo com David Icke a lua é uma nave espacial gigantesca que foram colocados em um local que está relacionado com a Terra e o Sol para criar o Matrix Lunar.

O conhecido canalizadora Barbara Marciniak escreve em seu livro canalizado á Terra: "A Lua é um satélite que foi construído e ancorado apenas fora da atmosfera da Terra, como um dispositivo de mediação e de acompanhamento, um super computador ou" Eye in the Sky " .

Dr. DL Anderson, professor de geofísica e diretor do Laboratório Sismológico do Instituto de Tecnologia da Califórnia, disse que "a lua está de cabeça para baixo" e que as composições de seu interior e seu exterior devem ser revertida. De acordo com a análise realizada após o impacto de um meteorito ocorreu em 13 de maio de 1972 na superfície lunar, determinou-se que a espessura de sua massa seria de cerca de 60 km, o dobro da espessura média da crosta ou dos continentes da Terra. Seria impossível para a Lua ter produzido tal quantidade de lava sem desintegrar completamente.

Vasin e Sherbakov disseram que o material no interior da Lua veio à superfície para formar a camada externa. Destacaram rochas da superfície lunar que contêm titânio, crómio, zircónio metais que possuem propriedades "refratária, resistente à corrosão. E, os metais refratários são extremamente resistentes ao calor e ao desgaste, em outras palavras; os cientistas disseram que a combinação encontrada na superfície lunar tinha uma "resistência ao calor privilegiada e a capacidade de suportar vários tipos de agressões."

Vasin e Sherbakov continuam:

"Se fosse para desenvolver um material para proteger um satétile artificial gigantesco dos efeitos adversos da temperatura, radiação cósmica e impactos de meteoritos, experimentos provavelmente teria insinuado esses mesmos metais. Neste caso, não é atoa que a rocha lunar seja um mau condutor de calor. Um fator que deixaram os astronautas extremamente surpreso. Não é isso que os projetistas do Sputnik tinham pressentido na Terra?

Do ponto de vista de um engenheiro ", esta antiga nave espacial que chamamos de Lua foi soberbamente construída".

Os filmes "Star Wars", dirigido por George Lucas, um membro experiente no assunto, parece que se baseou em muitos mais fatos do que se acredita por ter caracterizado "The Death Star" (Luna) no espaço, a fim de conquistar o universo cósmico.

As idades diferentes de rochas e poeira lunares podem ser explicada pela viagem cósmica da espaçonave lunar, o que teria reunido o material de muitos lugares e tempos diferentes. De acordo com Alex Collier , a lua foi deixada em sua orbita atual á 11.213 anos atrás e veio para cá como uma base, um navio em que viajavam estrangeiros extraterrenos. Eles vieram aqui para colonizar.

A descoberta de que a Lua é uma nave espacial gigantesca em relação á outras, não só no que diz respeito às suas anomalias, mas também com a vida na Terra e a conspiração para escravizar a humanidade. Em todo o mundo existem inúmeras lendas que descrevem a lua como uma "carruagem" de deuses e deusas.

O escritor de mistérios Immanuel Velikovsky e arqueólogo Colin Rivas dizem-nos que, nos textos mais antigos houve referências à Lua. Hans Schindler Bellamy em suas luas, Mitos e homens caracteriza uma tribo nativa da Colômbia chamado Mozces afirmando que "lembrar de uma época anterior, antes da lua ser companheira terra foi feita".

Aristóteles falando da Constituição de Tages que o povo dos Pelasgians habitaram a Terra "antes que a lua apareceu nos céus." Textos tibetanos falam da falta para do continente de Gondwana (que pertencia a Lemuria) e que não havia a lua. Aristóteles se refere à Terra, quando "não havia lua."
Xamãs africanos dizem que dois irmãos, chamados Wowane e Mpanku (Enlil e Enki como Suméria e Mesopotâmia) líderes répteis" trouxe  a Lua para cá há centenas de gerações." Lendas zulus afirmam que os reptilianos manipulam a Terra da Lua, onde "a serpente vive."

O xamã Credo Mutwa diz que a "nave-mãe gigante" dos répteis que se falam das lendas Zulu era realmente a lua, e foi lá, de onde eles se foram durante os levantes da "Grande Dilúvio" levando à manipulação da lua e instigação de outros eventos cósmicos.

Que a nossa lua privada não é um satélite natural, e, isso é fato; portanto, é algo muito mais complexo, um maciço e rochoso cabendo uma função de "posto avançado" por alienígenas para controlar a humanidade, é um dos maiores segredos guardados pela elite.

A lua é uma base alienígena, e provavelmente a terra. Temos visto e assistido desde tempos imemoriais e é o segredo mais bem guardado pela NASA. Sem dúvida, uma ideia aparentemente arriscado, mas a evidência de ambos os lados não deixam dúvidas, e o que pensa você ?
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                       Veja o Vídeo Abaixo:

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

NASA encontra "Naves Alienígenas" entre os Anéis de Saturno

Um vídeo publicado no início do ano passado, que está na web esta semana, fala sobre as recentes anomalias que foram observadas nos Anéis de Saturno. Seja qual for o caso, o entrevistado é Norman Bergrun, cientista e engenheiro que trabalhou na NASA, isto é na indústria aeroespacial e autor do livro "The Ringmakers of Saturn", onde ele afirma que existem enormes naves espaciais estacionadas nos Anéis de Saturno que podem se tornar perigosos para a Terra e o resto do sistema solar.

De acordo com relatórios biográficos, o Dr. Norman Bergrun, que trabalhou durante 12 anos como pesquisador do Comitê Consultivo Nacional de Aeronáutica (NACA), o antecessor do Centro de Pesquisa Ames da NASA, passou quase 13 anos ao serviço da Mísseis e Empresa Espacial Lockheed. Autor de dois livros e numerosos artigos, Bergrun escreveu The Ringmakers of Saturn em 1986.
Nesse livro, Bergrun analisa as fotografias dos anéis de Saturno tomadas pelas naves espaciais Voyager 1 e Voyager 2 em 1980 e 1981. Ele explica em detalhes sua teoria de que os anéis foram formados por veículos eletromagnéticos gigantes (EMVs) que poderiam ser controlados por seres inteligentes. Ele afirma que as naves elípticas de 7000 milhas estão em órbita de Saturno dentro dos anéis, mas não são visíveis porque possuem a tecnologia de invisibilidade como UFOs na Terra. Análises subsequentes de Bergrun e outros pesquisadores sugerem que as mesmas naves ou similares estão em órbita ao redor do Sol, Jupiter e Urano.
Então, em junho de 2015, a sonda Cassini antes de chegar em Júpiter, enviou algumas imagens mostrando um misterioso objeto "curvo" nos anéis A e F de Saturno. Este objeto curvo era uma ilusão óptica causada pela absorção de luz na atmosfera do planeta e por uma lente distorcida devido à presença de um objeto alienígena em um modo de camuflagem.
Sendo um cientista espacial respeitado e bem educado, Bergrun tem vários seguidores desta e outras teorias de The Ringmakers of Saturn. O vídeo e os escritos de Bergrun são interessantes e estimulantes para aqueles que estão abertos à ideia de enormes naves alienígenas e auto-replicantes que vêm aos anéis e ao redor do planeta e absorve sua energia.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                   Veja os Vídeos Abaixo:



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

UFO Triangular Silencioso capturado no céu a noite por um morador de Beausset na França

As seguintes imagens de uma embarcação triangular foram registradas por um residente em Le Beausset na França em 19 de janeiro de 2018.

O cinegrafista afirma: eu estava no meu jardim, observando o céu como costumo fazer. Eu vi duas luzes se movendo muito perto umas das outras como costumava observar satélites lá.

Eu pensei que não está piscando, então não é um avião ou um helicóptero. Não havia barulho que eu pudesse ouvir. Não era um satélite porque as 2 luzes estavam muito baixas em altitude e minha intuição me disse para eu pegar rapidamente meu telefone e filmar.

Eu não consegui filmar muito tempo porque meu portão é um pouco alto e estava trancado.

Ao assistir o vídeo, percebi que o objeto que estava filmando era estranho. Fiquei muito animado e intrigado com o que eu consegui ver no vídeo. Fonte: www.mufon. com
Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                              Veja o Vídeo A baixo:


domingo, 28 de janeiro de 2018

Matemática simples prova que os extraterrestres podem estar por aí ... muito mais do que você Imagina!

Há décadas, a maioria das pessoas temia admitir que eles acreditavam em alienígenas, mas hoje as coisas mudaram. O universo está repleto de 2 trilhões de galáxias, e qualquer pessoa que acredite que os humanos estão sozinhos seria presunçoso. Recentemente, uma pesquisa sugeriu que 54% dos residentes dos Estados Unidos têm confiança de que existem seres inteligentes por aí.

Algumas pessoas podem dizer que o otimismo daqueles que acreditam é baseado em ficção científica. Isso é porque ninguém tem nenhuma evidência concreta de alienígenas. No entanto, muitos cientistas concordam que o cosmos é polvilhado com vida extraterrestre e que pode ser genericamente polvilhado. Mas é possível adivinhar o quão perto os seres alienígenas estão dos humanos?

Drake Equation nos diz que existe vida estraterrestre lá fora
Em 1961, um astrônomo com o nome de Frank Drake veio com uma equação simples para estimar o número de sociedades na galáxia que são tecnicamente ativas. Isso é conhecido como a equação de Drake, e foi dito ser o segundo famoso, após o E = mc2 de Einstein. Qualquer um pode procurar esta fórmula on-line, e eles verão que leva em conta as chances de que existem planetas que são habitáveis ​​em torno de outras estrelas, juntamente com as chances de a vida surgir e a probabilidade de que a biologia evolua para produzir seres que são inteligentes.
Sem sequer aprofundar a equação de Drake, é possível usar o raciocínio que é semelhante para determinar quantas sociedades extraterrestres podem existir e quão perto da Terra elas estão. Pesquisas recentes revelaram que uma em cada seis estrelas tem um planeta hospitaleiro para a vida. Este não é um em um milhão, mas um em seis e este é o número inicial que podemos levar e seguir. Em seguida, alguns pressupostos podem ser feitos e um em particular é se houvesse um milhão de mundos de tamanho da Terra, qual a quantidade que já teria habitantes tecnicamente sofisticados?

Metade de todos os planetas adequados para a vida poderiam ter produzido a vida
A vida na Terra começou rapidamente, uma atividade química que foi aleatória em 350 milhões trilhões de galões de água do oceano gerou algumas moléculas que poderiam se reproduzir em alguns milhões de anos. Com isso em mente, a biologia não precisa ser estimulada demais para começar. Portanto, não é razoável descobrir que cerca de metade de todos os planetas adequados para a vida podem avançar e produzir.

Claro, a inteligência é muito menos certa. Pense em um em cada 100 planetas incrustados de biologia que tenham seres que possam pensar. Agora, de acordo com Frank Drake, assumem que qualquer vida alienígena continuou a andar em torno de cerca de 10 mil anos antes de encontrar um fim. Se você fizer a matemática, funciona que cerca de um em 100 milhões de sistemas de estrelas poderia ter habitantes que são tecnicamente adeptos. Isso pode ser comparado à fração de bilhetes de loteria da Powerball.
Então, quão perto são as formas de vida alienígenas mais próximas? A distância média entre as estrelas em nossa galáxia é de 4,2 anos-luz, que é a distância de Proxima Centauri. Isso significa que para cada cubo de espaço com 4,2 anos-luz no lado em média, há uma estrela. Agora considere uma caixa maior que tem 2.000 anos-luz ao lado, e isso terá 100 milhões de caixas de estrelas e talvez uma civilização sofisticada.

A vida extraterrestres mais próxima pode ser uma ou duas mil e meia anos de idade
Este cálculo é muito áspero e pronto, mas as formas de vida alienígenas mais próximas estão a um ou dois mil anos-luz de distância. Isso significa que eles não estão mais perto do que o Orion's Belt, três estrelas brilhantes. Claro, isso não significa que não há alienígenas que vivam mais perto. A ordem de magnitude indica que eles não estão ao lado da Terra. Mais do que provável, eles não têm nenhum incentivo para fazer uma visita à Terra, e eles nem sequer sabem que a Terra existe.
Não é possível que os terráqueos visitem alienígenas em outros planetas, já que até o mais rápido dos foguetes teria que viajar 20 milhões de anos apenas para alcançar outros planetas. Mais do que provavelmente, os alienígenas existem e é possível que 10.000 sociedades vivam na galáxia e provavelmente outras galáxias. No entanto, enquanto eles não estiverem muito perto da Terra, mas eles podem estar perto o suficiente para serem descobertos. Esta é uma das principais razões pelas quais os astrônomos observam o céu para os sinais de rádio que foram lançados.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                    Veja os Vídeos Abaixo:



sábado, 27 de janeiro de 2018

MARTE - Descoberta de uma pirâmide e outras ruínas antigas na área da Cratera Gale

O que sabemos sobre Marte? Sabemos que o planeta no passado pode ter sido habitado, como também confirmado pelo antigo administrador da NASA, Chrles Bolden, demitido apenas por ter dito precisamente que Marte já era semelhante à Terra e poderia ser habitado por formas de vida alienígenas. Marte é muito mais parecido com a Terra do que qualquer outro planeta conhecido. De fato, nas últimas duas décadas, os cientistas mudaram sua mente sobre Marte dramaticamente. Hoje, sabemos que Marte, milhões de anos atrás, era algo como uma "segunda Terra" quando nosso sistema solar era muito mais jovem.
Graças as inúmeros rovers e espaçonaves em Marte, os cientistas descobriram que há água líquida no planeta vermelho. Especialistas descobriram que no passado distante Marte tinha enormes oceanos de água líquida, lagos, rios e uma atmosfera estranhamente semelhante à da Terra hoje.

E quanto à vida? Existe alguma possibilidade de que Marte tenha sido habitada por civilizações alienígenas avançadas no passado distante? Se há apenas uma pequena chance de que Marte fosse o lar de seres extraterrestres muito avançados, esses seres não poderiam criar estruturas, monumentos e edifícios similares aos encontrados na Terra? Se assim for, há alguma chance de encontrar essas instalações em Marte hoje. Pirâmides, cúpulas, esfinge de Cydonia e muitas outras estruturas mostram que Marte poderia ser habitada.
As imagens que mostramos foram analisadas pelo pesquisador e caçador de anomalias espaciais chamadas ArtAlienTV. A fotografia tirada há muito tempo pela Curiosidade do Rover e mostra uma área impermeável localizada no centro do cratera de Gale, ou seja, Mount Sharp (Aeolis Mons) epicentro da cratera Gale, com cerca de 154 km de diâmetro.
Nas imagens apresentadas pela ArtAlienTV, vemos o que parece outra Pirâmide em Marte na Cratera Gale. Cerca de 300 pés de altura nas encostas mais baixas do Mount Sharp. Também uma longa estrutura em forma de bunker e um domo pequeno parecem que  não muito longe das pirâmides (imagens Sol 1355 e 1931).



"Quando se olha para as imagens de outros planetas, uma mente aberta é necessária, um dia a nossa sobrevivência pode depender disso" deara ArtAlien. "Meus aprimoramentos de imagem sempre são exibidos ao lado das imagens oficiais crônicas para mostrar que estão bem dentro dos limites do inquérito e análise sensível". Enquanto estamos falando nestes dias da evidência da existência de uma antiga civilização alienígena em Marte que foi mantida escondida da humanidade, existem muitas imagens de possíveis objetos artificiais no planeta vermelho.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

A NASA finalmente vai revelar seu plano de "Retornar" à Lua

A NASA finalmente revelará detalhes sobre seus planos para retornar à Lua e as notícias podem surgir em fevereiro, já que a NASA planeja desvendar seu pedido de orçamento para 2019.
O presidente Donald Trump assinou a Diretiva de Política Espacial 1 em dezembro, o que significa que mais uma vez os astronautas retornarão para a Lua em vez de ir depois de viajar para Marte, que foi o projeto da administração anterior. Até agora nada foi dito sobre os detalhes. A NASA está no processo de construção do Space Launch System, um foguete de levantamento pesado, junto com Orion, a cápsula da tripulação e ambos serão apresentados em retorno à Lua. A NASA também planeja colocar uma estação espacial perto da Lua, e isso terá o nome de Deep Space Gateway.

Planos da NASA mudaram de Marte para Lua
Não houve nenhum plano mencionado para um mensageiro lunar, e a NASA não disse nada sobre uma linha de tempo para explorar a Lua. Em suma, eles não deram muito sobre o que o programa da Lua vai implicar, além de mudar o destino em breve de Marte para a Lua.

No campo do espaço civil do Centro para Estudos Estratégicos e Internacionais, Robert Lightfoot, Administrador interino da NASA, falou sobre o orçamento do FY2019, que é esperado em 5 de fevereiro e como revelaria detalhes. Lightfoot é o Administrador interino, enquanto o presidente Trump ainda não conseguiu alguém aproximar-se da NASA em um ano, o que é o dobro do tempo que levou Obama.
Os planos podem mudar novamente se Trump não for reeleito em um ano
Lightfoot disse que eles estavam trabalhando em um plano e trabalhando ao lado da administração. Ele continuou dizendo que ele pensou quando o orçamento surgiu, as pessoas veriam exatamente o que lhes pediram para fazer e como a NASA pensou que iria fazê-lo. Quando o orçamento entrar em vigor, haverá apenas um ano antes das próximas eleições para presidente. Se Trump não fosse eleito, uma nova administração entraria no poder, e eles poderiam facilmente mudar as decisões e os planos novamente. Isso é algo que ocorreu várias vezes no passado.

Quando Obama estava na casa branca, Charlie Bolden era o administrador da NASA. Eles estabeleceram o projeto Journey to Mars no lugar, e isso foi para executar voos de teste da Orion em ou perto da órbita da Terra antes de ir para Marte. Pensa-se que isso poderia ter incluído a órbita da estação de Marte durante o início da década de 2030 e possivelmente seguido pelos desembarques de uma tripulação no final da década de 2030. No entanto, os planos não foram executados e são bastante degradados.

Agora parece que a NASA terá a chance de mostrar exatamente como eles planejam retornar à Lua após uma ausência tão longa e espero que seja apenas algumas semanas antes que as pessoas descubram.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE
       
                                                Veja o Vídeo Abaixo:

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Astrônomo Captura com seu telescópio um UFO que emerge da cratera Aristarchus na Lua

Nos primeiros dias de janeiro de 2018, um astrônomo com seu telescópio conseguiu capturar imagens de um OVNI que emerge da Cratera de Aristarchus. O Aristarco Plateau é um dos lugares mais geologicamente diversificado, que se situa na Lua: um planalto misterioso onde há uma cratera gigante esculpida pelo impacto de um asteroide (ou cometa), em seguida, criando um buraco gigante no chão, com um seção transversal de mais de 3000 metros (9800 pés) de profundidade. A cratera é suficientemente clara para ser visível a olho nu e ainda mais através do uso de um telescópio.
Esta cratera sempre foi o centro de atenção dos entusiastas dos OVNIs, convencido de que dentro dela pode esconder uma base extraterrestre. Os mesmos astronautas Buzz Aldrin e Neil Armstrong tiveram uma experiência estranha nesta área lunar. De acordo com uma história da Associated Press de 20 de julho de 1969, os astronautas detectaram luzes perturbadoras dentro dessa cratera, onde o seu lander lunar deveria aterrar no dia seguinte.
Ao redor da cratera de Aristarchus, Armstrong descreveu uma luz brilhante misteriosa no interior da cratera, localizada ao norte de sua trilha de voo. O astronauta informou que ele parecia possuir uma espécie de fluorescência e a cratera era muito brilhante. Armstrong confirmou: "Essa área é definitivamente mais brilhante do que qualquer outra coisa que eu possa ver. A multiplicidade de cores observadas não parece vir de uma área particular dentro da cratera, é muito perturbadora ".
Ninguém tomou mais a sério do que a Lua desde 1972. No século XX, promessas foram feitas sobre a criação de bases lunares pelo homem, mas não havia nada disso. Hoje em dia, apenas alguns astrônomos amadores ainda examinam seriamente nossos satélites e os resultados são realmente surpreendentes: desta vez as imagens nos chegam sem qualquer censura. Há anos, um astrônomo conseguiu capturar as incríveis imagens de algumas frotas de OVNIs que escaparam da cratera de Aristarchus.

Esse tipo de cratera não é realmente o que parece, é uma cratera simples, mas, segundo alguns pesquisadores, parece ser uma base extraterrestre real na Lua.
Recentemente, nos primeiros dias de janeiro de 2018, um astrônomo amador, enquanto ele estava observando a cratera Aristarchus com um telescópio, conseguiu capturar imagens de um objeto luminoso em forma de charuto que emergente da cratera. As imagens foram publicadas em 23 de janeiro de 2018 pelo Skywacther e Youtuber SuspectSky. No vídeo, você pode ver um objeto branco grande e forma de torpedo que emerge da cratera Aristarchus e parece estar se movendo lentamente para o espaço. Assista ao vídeo!
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Plano Misterioso: "A procura por base UFO subaquática"?

 Segundo informações uma estrutura alienígena foi descoberta a cerca de 2.000 metros debaixo d'água em uma área particular entre a costa oeste dos EUA e a Ilha de Santa Catalina. 

Segundo os relatórios, há uma atividade subaquática de UFO nessa área que aponta fortemente para a possibilidade de haver uma base UFO subaquática em algum lugar nesta área.

Não há apenas um número invulgarmente grande de avistamentos, desembarques de UFOs aqui, também há casos de abduções. 

Normalmente, quando alguém relata ser abduzido por alienígenas, eles afirmam ter sido levados para dentro de um OVNI. No entanto, nesta área particular, alguns abduzidos relatam que foram levados para o que é aparentemente uma base subterrânea. 

Uma imagem do Google Earth que foi tomada em 9 de julho de 2016 aparentemente mostra uma embarcação sem número de registro, marcações ou cores de uma companhia aérea e está voando acima do oceano entre a costa oeste dos EUA e a Ilha de Santa Catalina.
Parece que o objeto tem um comprimento de cerca de 32 metros e uma envergadura de cerca de 45 metros e está examinando algo abaixo da superfície do oceano, dado o estranho brilho colorido em frente ao objeto.
A questão; É um avião ilegal, um avião militar ou do governo dos Estados Unidos ou um drone que realiza uma determinada operação e tem algo a ver com a suposta base subaquática UFO e atividade OVNI nessa área? 
Coordenadas: 33 ° 34'45.23 "N 118 ° 8'16.89" W
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

"Estou no céu ..." A fantástica transmissão de rádio do astronauta John Glenn, depois que os OVNIs o cercam no espaço!!

Aqui está a transmissão de rádio do astronauta John Glenn, depois que dezenas de OVNI o cercam no espaço. Em 20 de fevereiro de 1962, às 9h47 da madrugada, John Glenn lançou do complexo de lançamento Cape Canaveral 14 para se tornar o primeiro americano a orbitar a Terra. Então, J. Glenn entra em sua cápsula de chamada (não é coincidência ...) Friendship 7 ou Amizade 7 (Mercúrio-Atlas 6) e com a assistência dos técnicos que ele está prestes a começar seu voo histórico. Então Glenn realiza seu primeiro voo orbital ao redor da Terra, onde além do espaço e das estrelas, ele se torna um testemunho de um encontro próximo com dezenas de OVNIs.
"Aqui está Friendship Seven. Vou tentar descrever quais são esses objetos. Eles são como uma grande massa de partículas muito pequenas, que são brilhantemente iluminados como se fossem luminescentes. Nunca vi nada parecido. Eles se voltam um pouco; Eles vêm da cápsula e parecem pequenas estrelas. Toda uma chuva destas esferas luminosas que está passando ao redor da cápsula ".

Ouça o fantástico arquivo de som onde podemos ouvir o espanto do astronauta John Glenn depois que sua cápsula está cercada por inúmeros OVNIs. Esta transmissão de áudio pode ser facilmente descrita como uma das provas mais marcantes de uma misteriosa presença extraterrestre durante as missões espaciais tripuladas.
Este antigo arquivo de áudio permite que você ouça uma pequena parte da conversa entre a cápsula Mercury-Atlas 6 (MA-6) pilotada por John Glenn e CAPCOM NASA da Terra em 20 de fevereiro de 1962, a primeira missão orbital tripulada dos EUA.

Lançado pelo Centro Espacial Kennedy na Flórida, completou uma missão de três órbitas ao redor da Terra, atingindo uma altitude máxima (apogeu) de cerca de 162 milhas e uma velocidade orbitária de cerca de 17.500 milhas por hora. A nave espacial Mercury "Friendship 7" de Glenn aterrou cerca de 800 milhas a sudeste de KSC (Kennedy Space Center), perto da Ilha Grand Turk. A duração da missão do lançamento para o impacto na Terra foi de 4 horas, 55 minutos e 23 segundos.

No arquivo de áudio, o Sr. Glenn conta como de sua cápsula Friendship 7 ele observou uma "luz azul brilhante no horizonte" se aproximando atrás dele enquanto ele estava se aproximando do amanhecer. Então, ele de repente percebe que algo estranho está acontecendo ao redor dele, como ele é "interceptado" por inúmeros OVNIs que praticamente engoliram sua cápsula.
Aqui está a transcrição do evento:

John Glenn: trata da Friendship 7. Vou tentar descrever o que essas luzes são. Elas são uma grande massa de partículas muito pequenas, que são brilhantemente iluminadas como se fossem luminescentes. Nunca vi nada parecido. Elas se voltam um pouco; Elas vêm da parte de trás da cápsula e parecem pequenas estrelas. Toda a chuva delas está passando perto da cápsula.

John Glenn: Elas viram a cápsula e vão na frente da janela e estão todas iluminadas. Eles provavelmente têm uma média de 7 ou 8 metros de distância, mas eu posso ver todas elas embaixo de mim também.

Intrigado pelos eventos, CAPCOM pediu a Glenn que descrevesse os objetos e se elas estavam influenciando sua nave espacial.
CAPCOM: Roger, Friendship Seven. Você consegue sentir algum impacto na cápsula?

John Glenn: negativo, negativo. Os objetos são muito lentos; Eles não estão se afastando de mim e eles estão caminhando a uma velocidade muito lenta, cerca de 3 ou 4 milhas por hora. Eles estão indo na mesma velocidade que eu estou indo. Estou um pouco abaixo da minha velocidade. Eles estão virando a cápsula e depois se afastando quando eu começar a observá-los.

John Glenn: você está recebendo o CAPCOM?

John Glenn: há literalmente milhares deles.

Depois de descrever os objetos, Glenn não recebe resposta do CAPCOM e pergunta se ele está em contato com alguém enquanto ele continua a discutir os objetos estranhos em torno de sua nave espacial.

John Glenn: Aqui está Friendship Seven. Estou em contato com alguém?

Finalmente, quase cinco minutos depois de descrever os eventos, CAPCOM responde, dizendo que Glenn estava um pouco "confuso" e perguntou quais eram seus níveis de oxigênio.

Curiosamente, o CAPCOM não lidou com os acontecimentos estranhos com Glenn, que explica que as partículas misteriosas ainda estão em torno da nave espacial. Depois de perceber que CAPCOM não está respondendo, Glenn decidiu fotografar os objetos misteriosos. Então, ele é solicitado pelo CAPCOM quão grande eram as partículas e se eles se moviam ou flutuavam com ele no espaço.
CAPCOM sugeriu que as partículas poderiam vir da nave espacial, mas o Sr. Glenn disse que não era. Curiosamente, após a órbita bem sucedida da Friendship 7, outro astronauta a bordo da cápsula Aurora 7, Scott Carpenter, também viu os objetos misteriosos no espaço.

Os cientistas da NASA finalmente examinaram o arquivo de áudio e as imagens, então eles concluíram que os objetos vistos no espaço eram apenas partículas de gelo capturadas pela luz solar. A NASA afirmou que o gelo havia acumulado fora da cápsula e que o que os dois astronautas viram eram partículas de gelo flutuantes. No entanto, o Sr. Glenn não estava convencido com a explicação. Durante sua segunda órbita, ele relatou ver os objetos novamente por milhas em todas as direções.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                   Veja o Vídeo Abaixo:

Tractor Beam "Vórtices Virtuais Acústicos" para levitar os seres humanos em breve!! Tecnologia utilizada nas pirâmides do Antigo Egito?

Uma conhecida tecnologia da Star Trek pode ser em breve uma incrível realidade atual de acordo com as descobertas divulgadas na Physical Review Letters na segunda-feira.

Os engenheiros da Universidade de Bristol no Reino Unido demonstraram com sucesso a levitação estável de objetos maiores depois de desenvolver as feiras de trator acústico mais poderosas do mundo, depois de serem frustrados por anos pela tecnologia anterior e os limites de tamanho colocados sobre eles.

Essa seria a mesma tecnologia que eles usaram para construir as pirâmides antigas no Egito?


Os feixes de trator acústico usam ondas sonoras para suspender partículas no meio do ar e anteriormente acreditaram que só poderiam ser usadas para levitar objetos pequenos, não maiores do que os comprimentos de onda do som que estavam usando, mas a pesquisa mais recente mostra um enorme obstáculo no desenvolvimento de feixes de trator foi superado à medida que os cientistas conseguiram posicionar com sucesso uma bola de poliestireno de 2cm (0,7 polegadas) dentro do feixe de tração de ondas sonoras ultra-sonoras de 40Khz que são inaudíveis para o ouvido humano, mas na freqüência de uma audição de morcego.

A nova metodologia cria um tornado giratório de ondas sonoras que cria vórtices acústicos, que um excitado Dr. Asier Marzo do Departamento de Engenharia Mecânica de Bristol e seus pesquisadores disseram que são "furacões de som", feitos de uma estrutura semelhante a um estrondo com alto som ao redor um núcleo silencioso ".

Quando a equipe inverteu a direção dos vórtices acústicos, eles estabilizaram com sucesso o feixe do trator e controlaram sua taxa de rotação, após o que eles conseguiram aumentar o tamanho do núcleo no centro do tornado de som, dando-lhe a capacidade de transportar objetos maiores.
Anteriormente, só pensava ser possível aumentar o tamanho do objeto levitado pelas ondas sonoras ao usar arcos mais baixos, ondas sonoras mais longas, o que tornava a experiência audível para a orelha humana extremamente perigosa para os seres humanos.

As aplicações para esta tecnologia podem incluir a mudança de itens frágeis em um ambiente seguro e em medicina, onde as cápsulas de medicamentos ou os implementos microcirúrgicos dentro do corpo humano podem ser posicionados com precisão sem contato e claro se puder ser ampliado ainda mais, levitando um ser humano.

O Bruce Drinkwater da Universidade, que supervisionou o trabalho, ficou "particularmente animado com a idéia de linhas de produção sem contato onde os objetos delicados são montados sem tocá-los".

Então, embora possamos não conseguir rebocar uma nave espacial Cardassiana ainda, o futuro dos feixes de trator certamente foi arrastado para o século XXI.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:



Sequestrada por extraterrestres uma testemunha revela os segredos escondidos na base militar de "Dulce"

Christa Tilton é uma mulher que relata ter sido sequestrada no início da manhã de julho de 1987 por uma raça de seres extraterrestres de tipo cinza, que a levou a uma nave espacial e depois às instalações da base militar Dulce no Novo México .
Christa afirma ter sido literalmente sequestrada por seres extraterrestres que viajavam a bordo de uma nave espacial. Eles a apresentaram ao interior do nave, mas ela não se lembra de como, porque ela testifica que ela acordou deitada em uma espécie de maca metálica e sendo transportada perto de uma montanha que ela identificou sem hesitação por um momento como uma das entradas à base militar Dulce Underground, no Novo México.

Na entrada da base onde a levaram, um homem estava esperando que estava usando um casaco avermelhado e usava uma arma longa. Eles a levaram para dentro da base em uma espécie de transporte motorizado e lhe deram um bilhete de identidade estranho. Então a testemunha foi levada para os primeiros níveis subterrâneos até chegar a um imenso hangar que se encontrava nas profundezas dessas estruturas.
Desenhos que descrevem o que Christa Tilton viu na base militar de Dulce

Christa Tilton afirma ter visto um pequeno disco voador, onde os seres extraterrestres humanos e cinza fizeram funcionar. Havia quartos pequenos e muitos corredores que levavam a um prédio com salas que se assemelhavam aos escritórios ministeriais clássicos.

Durante o percurso das estruturas, ela encontrou-se passando na frente de cerca de um metro e meio de recipientes altos ou incubadoras, o que não permitiram ver. , mas Christa enfatizou que eles emanavam um aroma forte e desagradável. Tilton garante que esses recipientes foram utilizados para incubar seres que ela podia ver e que ela define como híbridos entre humanos e extraterrestres.
Desenhos que descrevem os recipientes dos híbridos alienígenas - desenho feito por Christa Tilton

A Sra. Tilton afirma que ela foi artificialmente inseminada em várias ocasiões por seres extraterrestres e que os fetos foram posteriormente "levados". Ela acredita que os recipientes ou incubadoras devem continuar o processo de fertilização de fetos previamente removidos do útero de suas mães e portanto, cuidar desses seres híbridos (humanos-extraterrestres) que são recrutados para substituir a raça humana ( Homo sapiens), para uma nova nova "super-raça".
Desenhos que descrevem o que Christa Tilton viu na base militar de Dulce

Mais tarde, a testemunha foi apresentada em um laboratório onde um médico estava esperando por ela. O pânico assumiu, mas mais tarde os ETs inconscientemente criaram um tipo de bloqueio psicológico para torná-la imóvel. Então, um extraterrestre cinza com grandes olhos em forma de amêndoa entrou na sala e introduziu uma espécie de agulha grande. Uma forte dor dentro dela fez com que ela pensasse no pior. Mas o médico aplicou uma pomada que de repente fez a dor desaparecer.

Desenhos que descrevem o que Christa Tilton viu na base militar de Dulce

A vítima afirma que o exame médico durou cerca de três horas e sublinha que ela pode se lembrar dessa experiência traumática depois de sofrer uma regressão hipnótica. Você pode se lembrar de duas espécies diferentes de alienígenas, alguns cinzas de apenas um metro e meio e outros de maior estatura, mas com características semelhantes. Ele lembra vagamente ter estado em um nave-mãe desses seres que tinha um comprimento de dezenas de quilômetros .

O mais surpreendente é que há outro caso de outra mulher que afirma que, quando viu a foto de Christa Tilton, ela tinha certeza de que a conhecera a enorme nave-mãe que ambos descrevem em suas declarações. Isso é cada vez mais comum entre as pessoas que dizem ter sido sequestradas e, portanto, reconhecer outras pessoas "contatadas" nessas experiências.
Ilustração que detalha o plano de desumanização preparado por alienígenas e humanos na base militar Dulce

Há muitos mistérios escondidos dentro da base militar subterrânea de Dulce, e muitos deles foram informados por ex-soldados e outros funcionários que já serviram lá. Existem muitos vídeos que são encontrados na web, como o que compartilhamos hoje, onde Tilton descreve o interior dos quartos da base onde existem reservatórios ou contentores (incubadoras) que são descritos pela mesma testemunha.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo: