1b

1

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

20 de julho de 2019: Chico prevê a chegada de EXTRATERRESTRES

A chegada de extraterrestres está entre as boas novas anunciadas por Chico Xavier em 1969, num programa de televisão. Ele se referia a uma nova era que poderá começar no dia 20 de julho de 2019, 50 anos depois da chegada do homem à Lua. Mas é bom deixar claro: a chegada de outras civilizações não ocorrerá de forma imediata. Na semana passada, o Jundiaí Agora entrevistou o empresário Juliano Pozati (foto a baixo), estudioso da obra da Alan Kardec que falou sobre os novos tempos que estão chegando segundo o médium falecido em 2002, caso não ocorra uma tragédia nuclear. Hoje, Juliano fala sobre o contato com seres vindos de outros planetas, também anunciado por Chico no programa Pinga-Fogo, em 1969.
Juliano Pozati 

Por que Chico Xavier tinha certeza da existência de extraterrestres?
Por que a mediunidade de Chico Xavier conectava sua mente com planos dimensionais e realidades ainda pouco compreendidas pelo status quo de nossa civilização. Ele mesmo vai declarar, e isto conta no documentário Data Limite que: “De minha parte, considerando a existência das entidades espirituais desencarnadas, sinto que elas são também seres extraterrestres”(Trecho do documentário “De Pedro Leopoldo à Uberaba” – Ano 1983 – Citado no documentário Data Limite segundo Chico Xavier).

No documentário é falado que a partir de julho do próximo ano ETs começarão a vir à Terra. Eles já não estariam entre nós há muito tempo?

O que Chico Xavier diz é que, após a Data Limite, nós “[…]Então, teremos, quem sabe, a possibilidade de entrar em contato com outras comunidades da nossa galáxia. Então, vamos, definitivamente, encerrar o período bélico na evolução dos povos terrestres, porque nós vamos compreender que fazemos parte de uma família Universal, que não somos o único mundo criado por Deus.” (Trechos das respostas de Chico Xavier no Programa Pinga- Fogo, da TV Tupi em 1971) Ainda que as declarações de Chico Xavier, já no Pinga-Fogo, mostrassem os indícios desta Nova Era, não caberia a ele explicar ao vivo os detalhes do prazo de 50 anos concedido à humanidade. Afinal, o objetivo daquela entrevista era esclarecer a população brasileira sobre os mais variados assuntos da época. Essa questão e tantas outras passaram, por assim dizer, desapercebidas pelos estudiosos do movimento espírita, bem como para o público em geral. Dizer que em julho de 2019 haverá uma manifestação pública dos ETs para todo mundo ver é irresponsável. Tudo é gradativo, mas que esse momento chegará, ele chegará… se a humanidade não se destruir, vai estar mais pronta para isso.

Chico falou mais sobre os primeiros contatos? Deu datas? Locais?

Não.

Como será? Vão chegar sem cerimônia, aterrissar suas naves e mostrar um novo estilo de vida para nós? Ou se apresentarão devagar, com cuidado?

Considere o planeta Terra. Somos povos tão diferentes e ao mesmo tempo estamos juntos, conectados, dividindo o mesmo planeta. O que acontece na China afeta o Brasil. Uma crise na Europa prejudica todo o globo. Estamos conectados e dependemos uns dos outros. Se uma guerra civil explode no oriente, e a Europa simplesmente fecha os olhos para ela, pouco tempo depois as consequências aparecem: milhões de pessoas refugiando-se exiladas no Antigo Continente. Todo o mal que as nações ignoram no mundo, em algum momento batem à sua porta. Como no caso das grandes epidemias, como a H1N1. Em pouco tempo, todos os países do globo estavam infectados. Porque estamos todos juntos nessa nau cósmica chamada Terra. Amplie um pouco isso, aos níveis sutis de vibração que constituem a psicosfera da nossa vizinhança cósmica e você vai descobrir que nós somos aquele vizinho sujo, barulhento, depravado e inoportuno que ninguém quer ter por perto. Mas o pessoal do condomínio é tão bacana que está nos dando uma força. Não porque nós mereçamos, mas porque os caras são gente boa mesmo!
E como eles podem nos ajudar sem agredir o nosso livre arbítrio e nosso mérito evolutivo? Talvez seja, pouco a pouco, nos dando todos os sinais necessários de que não somos tão legais quanto pensávamos, muito menos os únicos moradores do condomínio.
Interferir em processos mediúnicos de cura e com eles cooperar é uma dessas formas de ajudar, segundo o avanço moral que lhes é próprio, e ao mesmo tempo incentivar a nossa ascensão.

Como são estes extraterrestres fisicamente? São moralmente mais elevados do que nós?

Como são os povos do planeta Terra? (risos)

Em 2008, o Vaticano divulgou que pode existir vida em outros planetas e isto nada implicaria na fé em Deus. Os espíritas concordam?

Absolutamente. Na questão 55 de O Livro dos Espíritos diz assim Kardec pergunta aos Espírito da Verdade se todos os globos que circulam no espaço são habitados? Ao que ele responde: “Sim e o homem terreno está bem longe de ser, como acredita, o primeiro em inteligência, bondade e perfeição. Há, entretanto, homens que se julgam espíritos fortes e imaginam que só este pequeno globo tem o privilégio de ser habitado por seres racionais. Orgulho e vaidade! Creem que Deus criou o Universo somente para eles.”

As histórias de todas as civilizações contam com passagens de encontros entre homens e ‘deuses’ vindos do espaço. Até a bíblia tem registros assim. Como o espiritismo analisa isto?

Se todos os globos são habitados, a humanidade se espalha por todo o cosmo. Esse contato de outrora é o mesmo contato que acontece hoje em dia, com maior ou menor expressão. O tema da pluralidade dos mundos habitados ainda é tradado em O Evangelho Segundo o Espiritismo e em A Gênese, como também foi pauta de inúmeras matérias dos periódicos de Kardec. Mas o que chama mesmo a atenção é uma curiosa matéria do Jornal de Estudos Psicológicos da Revista Espírita, de agosto de 1858. Nela, o codificador da doutrina dos espíritos apresenta uma conversa com um espírito encarnado no quinto planeta do sistema solar. Através do médium Victorien Sardou, Kardec entrevista o espírito do ceramista Bernard Palissy, agora encarnado em Júpiter. O cidadão ex-terrestre agora era um extraterrestre. Sardou, estando encarnado no maior planeta do sistema solar, passa a descrever a vida no gigante planetário, considerado um Mundo
Feliz, segundo a escala dos mundos de Kardec. Isso dá o que pensar.
Se o extraterrestre comunicante na sessão de Kardec era na verdade um ex-terrestre, qual o limite para a interação entre os mundos? Seríamos todos espíritos errantes, de natureza cósmica, trilhando um caminho evolutivo pelos planetas?A doutrina espirita avalia a possibilidade de sermos a criação destes extraterrestres, mas dotados de alma?

Não, somos todos criados por Deus, a partir de seus agentes de atuação na matéria, ou seja, os espíritos superiores, já realizados na escala evolutiva. Se tiver ET nesse rolo, é em colaboração com esses seres superiores. Senão, a criação vira a festa do caqui!

Os ETs acreditam em Deus? São espiritas também?

Nas conversas com seus amigos mais próximos, Chico disse que um dos avanços que seriam conquistados após a data limite, se vencêssemos o prazo sem entrar num conflito nuclear, seria o “desenvolvimento de aparelhos que nos possibilitariam a comunicação com a esfera dos desencarnados ”

Como é que é? Pois é caro leitor, cara leitora! Eu brinco sempre que seria como ter um celular “Vivo”… só que para “morto”, um TIM realmente “sem fronteiras”, para dizer um “Oi” para quem já foi… (risos). Mas pense por um momento no que quer dizer a descoberta de uma tecnologia que possibilite o contato com o mundo espiritual.

Vamos desenvolver o tema com algumas perspectivas para você entender onde quero chegar. Eu e você, neste exato momento, estamos cercados de ondas de rádio, TV, celular e internet. Nós não vemos essas ondas no ar. Não conseguimos decodificar por exemplo, um programa de televisão, ou uma notícia na internet flutuando pelo ar. Para nós, é como se essas ondas não existissem. Com o uso de aparelhos próprios, captamos esses sinais e os decodificamos, de maneira que podemos receber as informações que por meio deles são difundidas por toda parte.

Ora, os aparelhos que Chico Xavier preconizou parecem apontar na direção do dia em que a ciência finalmente compreenderá e decodificará em quais níveis energéticos opera a realidade espiritual, possibilitando a criação de aparelhos que nos permitam a comunicação com as “esferas desencarnadas”, ou seja, com os espíritos. A transcomunicação instrumental hoje já aponta nesta direção e avanços significativos foram percebidos no Experimento de Scole, que você pode conferir no documentário “The Afterlife Investigations” licenciado para o Brasil pela Pozati Filmes.

Se em breve chegaremos a um momento em que nossa ciência descortinará e decodificará a realidade dimensional em que opera a espiritualidade, possibilitando a criação de tais aparelhos; imaginem qual o nível tecnológico de uma civilização que já domina a viagem espacial interestelar? Se já possuem tal tecnologia, que para nós ainda está fora de nosso alcance, não dominariam também a tecnologia para comunicação com a espiritualidade? E se dominarem, que diferença há para estas civilizações entre consciências encarnadas e desencarnadas? Nenhuma.

E com este novo mundo que está emergindo, o entendimento que temos sobre Deus irá mudar também? Quem é ele afinal? O Deus cruel do primeiro testamento? O Deus benevolente do segundo? Ou veremos uma nova versão de Deus a partir de julho de 2019?

O conceito de Deus que pode ser escrito pela nossa pobre linguagem humana, certamente não é um conceito absoluto. Nossa jornada evolutiva marcha em sua direção, e a cada passo, estamos mais perto de compreendê-lo como É. (Foto: atomo.cc)
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                  Veja o Vídeo Abaixo:

Cientistas da NASA e da ESA seguem de perto a misteriosa "nuvem gigante" na superfície de Marte

Cientistas da NASA e da Agência Espacial Européia (ESA) estão seguindo de perto a misteriosa nuvem gigante na superfície de Marte. A imensa nuvem tem agora mais de 1.500 km de comprimento e começou a se formar perto do vulcão Arsia Mons, a 20 km de altura, perto do equador do planeta. No entanto, os cientistas acreditam que a vasta nuvem não é causada pela atividade vulcânica. Então, o que é isso?
Segundo os cientistas da NASA, seria uma nuvem de gelo de água impulsionada pela influência do declive do vulcão no fluxo de ar - algo que os cientistas chamam de nuvem orográfica ou downwind. Este é um fenômeno regular nesta região.
"O aparecimento da nuvem varia durante o dia marciano, crescendo em comprimento durante a manhã locais a favor do vento do vulcão, quase paralela ao equador, e alcançar tamanhos tão impressionante que poderia torná-lo visível por telescópios na Terra", disse o porta-voz 'ESA (' Agência Espacial Europeia). A sonda Mars Express da ESA observou a evolução da tempestade desde 13 de setembro de 2018. A formação de nuvens de gelo de água é sensível à quantidade de poeira na atmosfera, disse a ESA.

Estas imagens (ver acima) foram obtidas após a grande tempestade de areia que varreu todo o planeta em junho e julho, irá fornecer informações importantes sobre o efeito da poeira no desenvolvimento da nuvem e sua variabilidade durante o ano.

O estéreo de alta resolução a bordo da câmara da sonda Mars Express tirou uma foto da curiosa formação de nuvens que aparece regularmente nas imediações do vulcão Arsia Mons. Esta nuvem de gelo de água, que se parece com a inclinação do vulcão interage com o fluxo de ar, pode ser visto como o longo recurso branco que se estende para o canto inferior direito do vulcão. A nuvem, que mede 915 km, também projeta uma sombra na superfície. Esta foto foi tirada em 21 de setembro de 2018 de uma altitude de cerca de 6930 km.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                    Veja o Vídeo Abaixo:

terça-feira, 30 de outubro de 2018

NASA é acusada de encobrir colisão da Terra com asteroide assassino por motivos obscuros "Asteroide 2002 NT7 - Impacto em 1 de Fevereiro de 2019"

Você sabia que a NASA perdeu grande parte de sua popularidade nos últimos tempos? E sabia que ela vem sendo perseguida por boa parte dos teóricos que até então a idolatravam?

Sabe o que fez esta reviravolta acontecer?

A NASA, agência espacial dos Estados Unidos, divulgou que havia grande probabilidade do conhecido asteroide 2002 NT7 colidir com o planeta Terra no início de fevereiro de 2019. Sua certeza era tão grande e seus cálculos foram tão específicos que a agência apresentou o horário do suposto encontro. 11h 47min da manhã do dia 1 de fevereiro de 2019.

Depois de colocar todo o planeta em um verdadeiro pandemônio, em especial os norte-americanos – que levam as previsões da NASA realmente a sério – a agência parece ter “refeito os cálculos” e voltado atrás.

Apenas 4 dias após a divulgação da possível colisão. A NASA faz novo pronunciamento e diz que “a situação mudou” e que não há qualquer risco do asteroide 2002 NT7 afetar nosso planeta. Pelo menos num futuro próximo.

Essa mudança drástica e rápida de opinião sobre um assunto tão delicado e que tange a vida de todos – literalmente – fez a agência cair no conceito de boa parte de seus admiradores. Muitos dos admiradores que ficaram com o pé atrás com a NASA são agências, institutos e pesquisadores importantíssimos em todo o planeta.

Essa reviravolta fez diversos teóricos refletirem sobre as razões da mudança drástica de opinião. Algumas das teorias mais importantes giram em torno da seriedade da agência. Da possível busca da NASA por aparecimento na mídia mundial e de possíveis razões obscuras que poderiam fazer a agência encobrir uma colisão. Colisão esta que talvez continue tendo grandes chances de ocorrer.

Independente da teoria correta, se é que alguma delas está, uma coisa é certa. A credibilidade da NASA caiu – e muito – devido à sua postura frente ao asteroide 2002 NT7.

Quer conhecer um pouco mais sobre o asteroide 2002 NT7 e sobre a NASA?

Quer conhecer as consequências de uma possível colisão?

Quer saber o que os teóricos andam falando sobre os pronunciamentos da NASA e seus supostos objetivos?

Neste artigo você ficará a par de tudo sobre esta reviravolta que mexeu com o mundo!

Boa leitura!

NASA é acusada de encobrir colisão da Terra com asteroide assassino por motivos obscuros

NASA, agência espacial norte-americana, é considerada a mais popular e mais importante de todo o mundo. Justamente pela sua popularidade e aparente seriedade o mundo surpreendeu-se com falta de tato e posicionamento recente da agência no que tange possível colisão do planeta com perigoso asteroide em futuro próximo.

A NASA vem sendo acusada de acobertar colisão com asteroide assassino por motivos ainda indefinidos depois de divulgar grande possibilidade de ameaça.

Apenas quatro dias depois de anunciar a ameaça ao planeta, NASA volta atrás e, sem dar detalhes sobre a mudança de posicionamento, afirma que colisão com asteroide 2002 NT7 não é mais ameaça para a Terra.

De acordo com estimativa da agência. O monstruoso asteroide 2002 NT7 entraria na órbita terrestre e poderia colidir com nosso planeta no início de 2019. Velocidade aproximada: 60.000 mph, o que equivale à 10.000 km/h.

Asteroide 2002 NT7 supostamente colidiria com o planeta Terra atingindo 8 vezes mais velocidade que a velocidade do som

Descreditada por diversos institutos e cientistas do mundo, até aspectos sobre velocidade, força de impacto e dimensões do corpo celeste estão sendo questionados à NASA nos últimos meses.

O que é o asteroide 2002 NT7?

De acordo com as estimativas da NASA. O asteroide 2002 NT7 possui 2 quilômetros de diâmetro e foi descoberto pela agência estadunidense há mais de 15 anos.

O corpo celeste ficou mundialmente conhecido por ter sido o primeiro asteroide descoberto pelo projeto NEO da NASA. O projeto NEO busca por informações de corpos celestes que coloquem o planeta Terra em risco. Em especial devido à possíveis colisões. Assim como o Asteroide Apophis.

Este não é o primeiro erro que a NASA comete sobre colisão com asteroide 2002 NT7

A agência afirmou que o planeta colidiria com o corpo celeste em 1 de fevereiro de 2002. De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide chegaria à Terra com força superior à explosão de 30 milhões de bombas nucleares com intensidade igual às de Hiroshima.

Para aqueles que não lembram bem das aulas de história. A bomba disparada em Hiroshima tinha capacidade de matar  200 mil pessoas em um raio de quilômetros de distância!

Mas… O que levou a NASA a mudar de opinião?

Apesar da NASA insistir que a mudança drástica de opinião foi resultado de uma série de recálculos. Diversos teóricos da conspiração afirmam que esta alteração faz parte de um “encobrimento”.

Alguns dos pesquisadores chegaram a questionar que outras informações a agência estadunidense poderia estar escondendo do restante do mundo

Cientistas da NASA alegam categoricamente que. O asteroide 2002 NT7 deixou de ser uma ameaça ao planeta depois um trabalho árduo dos pesquisadores. Segundo eles, processaram informações ainda não levadas em consideração até o momento do pronunciamento inicial.

Entretanto, especialistas do mundo todo demonstraram ceticidade total ao trabalho da NASA. Muitos teóricos afirmam que a reviravolta parece ter sido a forma que a agência encontrou para atenuar o pânico gerado pelo seu pronunciamento.

A preocupação dessa situação é a incerteza sobre a possibilidade de colisão do planeta com o asteroide 2002 NT7

Justin Knight, youtuber do canal Dahboo77: Underground World News, com aproximadamente meio milhão de seguidores, afirma que. Quatro dias é pouco tempo para uma mudança tão drástica nos resultados obtidos pelo trabalho de uma agência com o porte e experiência da NASA.

Knight considera a teoria da agência ter mudado o pronunciamento para minimizar os danos causados pelo pânico gerado. Entretanto, menciona que a agência sempre gostou de estar em foco. Que poderia ter feito uso da aproximação de um asteroide que nunca colocou o planeta em risco como uma forma de aparecer nos jornais e revistas do mundo novamente.

Há, pelo menos, uma dúzia de outros vídeos sobre o assunto que foram removidos misteriosamente do ar. Aparentemente, a maior parte dos vídeos removidos citavam teorias mais macabras sobre razões da NASA ter mudado seu pronunciamento. Algumas das teorias que ganhavam mais força diziam respeito a jogadas obscuras entre a agência e o governo norte-americano.

Pelo visto, há muita gente inteligente associando este posicionamento misterioso da NASA com interesses desconhecidos do governo estadunidense.
Alguns importantes jornais do mundo, como The Guardian e The New York Times, foram atrás de alguns dos cientistas que tiveram suas teorias retiradas do ar. Todavia, os pesquisadores se recusaram a dar qualquer depoimento. Alegaram apenas que eles mesmos tiraram os vídeos da Internet, pois “pensaram melhor. Perceberam que estavam enganados em suas suposições exageradas e irresponsáveis”.

Uma parcela relativamente grande da comunidade científica descreveu a declaração da NASA como “suspeita”. Fez diversos questionamentos sobre seu teor ser sincero ou desonesto.

Atualmente é consenso entre os cientistas que o asteroide 2002 NT7 não atingirá a Terra em fevereiro de 2019. Nem num futuro calculável. Desde este resultado, o corpo celeste foi retirado da tabela de risco da NASA. Deixou de gerar histeria entre a comunidade especialista e civil.

Consequências de colisão com asteroide 2002 NT7

Caso o planeta seja atingido por corpo celeste com o porte do asteroide 2002 NT7, as consequências possuiriam efeitos globais.

De acordo com o Dailystar.co.uk, portal de notícias britânico.

O encontro da Terra com um asteroide do tamanho e velocidade do 2002 NT7 teria plenas condições de transformar um continente inteiro em poeira e alterar o clima mundial indefinidamente.

Posicionamento da NASA

Alto escalão da NASA explica processo de adição e remoção de corpos celestes da tabela de risco.

De acordo com a agência. Asteroides são adicionados à tabela assim que descobertos. A fim dos cientistas produzirem estudos e refinarem suas informações sobre a órbita destes corpos.

Após refinamento de estudos e garantia de que o mesmo não apresenta risco ao planeta. O asteroide é retirado da tabela de risco da NASA.

Desse modo, representantes da agência afirmam categoricamente que adição de algum asteroide seguida por remoção do mesmo da tabela de risco de impacto não deve ser considerada um erro em nenhuma instância. Uma vez que este é o método de trabalho da agência que, de acordo com funcionários do alto escalão, vem salvando o mundo de diversos riscos inimagináveis à população mundial.

Sobre o caso do asteroide 2002 NT7, NASA afirma que o corpo celeste passará a cerca de 38 milhões de milhas do planeta em fevereiro de 2019. Isto significa que ele estará mais longe da Terra que o planeta Marte. Ou seja, a agência mantém a informação de que o mesmo não apresenta nenhum risco ao planeta.

O que achou do conteúdo?

Por que você acha que a NASA mudou de opinião tão rapidamente?

Jogada de marketing? Estratégia para atenuar o pânico geral?  Ou algum motivo mais tenso envolvendo o governo federal dos Estados Unidos? Tem outra teoria sobre o assunto?
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:

MÉXICO - Um Vídeo espetacular mostra ao que parece ser uma frota de UFOs em Rosarito

O vídeo foi filmado em 28 de outubro em Rosarito, Baja California, México, por volta das 4h23. Seu autor é Esteban Zavala, que alega ter compartilhado ao vivo o estranho evento em sua conta no Instagram. "Eu estava dirigindo de volta para San Diego, Califórnia, com minha avó. Estávamos conversando normalmente quando ela de repente ficou em silêncio e começou a apontar para o céu. Eu olhei e havia cinco dessas coisas sobre as casas e a praia. Eu estacionei e imediatamente e comecei a transmitir ao vivo no Instagram, daí a baixa qualidade e para no futuro não vir a especulação sobre edição de vídeo, "Zavala escreve na descrição do filme postado no YouTube.Nos comentários, alguns internautas expressam seu espanto diante desses enormes discos voadores que parecem ter uma fileira de luzes brancas no equador. Outros, arriscam explicações mundanas como luzes de rua ou de estádio. Você? o que opinam?
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                              Veja os Vídeos Abaixo:





EXCLUSIVO!! Um Enorme "Objeto Espacial" Atingiu a Lua. Foi evitado um Evento Catastrófico em nosso Planeta?

As impressionantes imagens de um objeto espacial de enormes proporções impactando a Lua estão circulando pelo mundo. O vídeo foi gravado por um astrônomo amador em fevereiro de 2017. As imagens foram obscurecidas pelo You Tube, mas um hacker russo conseguiu encontrar o vídeo que mostra uma luz muito intensa que atinge a Lua e então impacta na superfície. do satélite, gerando uma onda de choque de milhares de quilômetros visíveis da Terra.
De onde vem esse objeto? Foi um asteroide que atingiu a lua? Embora o vídeo que mostramos abaixo seja de 2017, o impacto de meteoritos no nosso satélite é comum, mas não de enormes proporções de asteroides. Recentemente nós discutimos os mistérios que foram amplificados após o encerramento do observatório SunSpot (Observatório Nacional Solar), a falha misteriosa do telescópio Hubble e Chandra X-Ray e falhas da Rover Curiosity que não transmitir mais dados de Marte. Então, o que está acontecendo no espaço? Alguma coisa grande está chegando?

O que foi? Talvez o impacto de um asteroide de enormes proporções que, felizmente caiu na lua? Certamente se um corpo espacial desse tamanho fosse para a Terra teria sido um evento de extinção em massa para nós. Este é o sinal de que algo grande está se movendo no espaço. É uma nave alienígena ou um cometa / asteroide? Alguns falam sobre um míssil nuclear, mas ele teria sido invisível a olho nu e muito menor do que o corpo espacial que atingiu a lua. A NASA sabia de tudo e não disse nada, tornando as imagens sensacionais obscurecidas no You Tube. Talvez o corpo espacial tenha sido direcionado para a Terra, mas felizmente é impactado na Lua.
Agora há muitas perguntas, mas mais uma razão para começarmos a pensar em estar preparados para qualquer evento catastrófico em nosso planeta. Outro mistério é o dos recentes desenvolvimentos da NASA no campo da defesa planetária. Não é coincidência que novos orçamentos tenham sido revelados para o Escritório de Coordenação de Defesa Planetária da NASA (PDCO), com um aumento de 90 milhões de dólares.

Nosso atual clima político consiste em um orçamento que se estende ao máximo. Este fato no orçamento atual faz com que este aumento significativo para o PDCO (Defesa Planetária) seja um evento estranho. O PDCO tem apenas dois anos e supervisiona a busca por objetos próximos à Terra como asteroides que podem causar danos ao planeta ou até extinção em massa, com o desaparecimento da vida na Terra.
Nos últimos anos, a NASA afirmou constantemente que não há nenhuma ameaça séria. Este aumento significativo no orçamento põe em causa esta hipótese, bem como o aumento dos asteroides que se dirigem para a parte interior do sistema solar e que são desviados por uma força invisível.

Segundo a NASA, existem mais de 25.000 asteroides perto da Terra que têm um diâmetro de cerca de 100-140 metros. Além disso, existem muitos outros objetos perto da Terra que podem representar uma ameaça ao nosso planeta. A parada simultânea de múltiplos telescópios espaciais e telescópios terrestres tem algo a ver com o aumento repentino do orçamento? Algo grande está acontecendo que eles não querem nos informar? Assista ao vídeo abaixo e reflita sobre o que está acontecendo no espaço. A NASA e outras agências espaciais não dizem nada! Tudo está em silêncio!
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Estrutura Alienígena Gigantesca Verde saindo das Nuvens Altas de Júpiter

Data da descoberta: 28 de outubro de 2018
Localização da descoberta: Jupiters edge
NASA Fonte:  https://www.nasa.gov/sites/default/files/thumbnails/image/pia22688.jpg 

Esta é uma estrutura verde gigantesca que se ergue da borda externa de Júpiter. Essa estrutura é uma evidência de 100% de que os alienígenas ocupam atualmente as áreas de superfície e subterrânea de Júpiter. As nuvens provavelmente foram feitas de propósito para esconder as estruturas da civilização atual que normalmente seriam visíveis. Esta estrutura é provavelmente escondida da maioria das vezes, mas seu dispositivo de camuflagem provavelmente estava funcionando mal por algum motivo.
Veja algumas imagens abaixo:


Estou certo de que esta não é a única estrutura a ser projetada sob as nuvens de Júpiter. Devemos continuar procurando por mais. Olhe para a beleza deste edifício esmeralda verde. Sim, eu acredito que seja o topo do prédio saindo. As bordas externas fazem com que essas estruturas se tornem mais visíveis do que se estivéssemos olhando para elas no centro do planeta ... onde elas seriam invisíveis para nós. Excelente descoberta porUFOmania do Youtube. Alguns estão afirmando que isso é um OVNI, mas da minha perspectiva e suas linhas e posição ... isso parece ser uma estrutura conectada à superfície de Júpiter.
Scott C. Waring
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

O ex-consultor da Nasa diz: "Vi muitas fotografias da Lua mostrando ruínas, pirâmides e objetos tecnológicos altamente avançados"

O mundo deve saber de uma vez por todas a verdade sobre a existência de edifícios piramidais espetaculares, construídos na Lua mais provavelmente por algumas raças extraterrestres. Por muitos anos as agências espaciais das grandes potências do mundo mantiveram um silêncio criminoso sobre essa realidade, mas felizmente um grupo de ex-engenheiros da NASA publicou uma série de imagens reveladoras que expuseram ao mundo os extraordinários mistérios que escondem essas pirâmides alienígenas, que estão ligados aos segredos mais profundos da origem da humanidade.
O governo dos EUA lida com esse tipo de informação com um nível excessivo de sigilo, chamado Cosmic Top Secret, a ponto de os astrônomos, astronautas e outros trabalhadores da NASA se prestarem para fazer um juramento de confidencialidade, sob a ameaça de quebrar tal compromisso, isto é considerado como traição para a pátria. Este é um crime grave que pode levar à pena de morte.
No entanto, nos últimos tempos, um grupo de notáveis ​​funcionários das agências espaciais dos EUA deu um passo à frente, que é quebrar o pacto de silêncio imposto pela liderança e pelo sistema de poder, de modo que publicaram uma série de fotografias nas quais podem ser observadas. impressionantes edifícios erguidos na lua, muito semelhantes às pirâmides de Gizé, no Egito.

O primeiro a falar foi publicamente Dr. Ken Johnston, ex-Estados consultor da NASA que podia ver muitas fotografias originais de inúmeras ruínas, pirâmides e objetos tecnológicos altamente avançados que são encontrados na Lua. Ele também denunciou importantes descobertas e avanços científicos que foram maliciosamente manipulados por interesses perversos da energia do Sistema Cabal, superar as dificuldades com um monte de diferentes filtros e receber a aprovação dos líderes dos sete máfia antes de ser publicado ou arquivado de acordo com ordens dessas cúpulas poderosas.

No seguinte material multimídia, as imagens em questão podem ser observadas.

                                                     Detalhe de fotografia contrastada

Além das pirâmides lunares, há outro tipo de estrutura. A imagem a seguir é de uma resolução suficientemente alta que mostra um edifício piramidal e não pode ser desmontada como um penhasco, um artefato ou um truque de luz. A imagem foi cortada e a foto da lua original da NASA que aparece na imagem é o número AS11-38-5564.
A fortaleza que repousa dentro de uma cratera lunar é fácil de distinguir sem destacar ou melhorar a imagem. Embora a imagem seja parcialmente colorida para maior clareza, no entanto, é muito difícil sustentar que o objeto é natural. Imagens como estas jogam grande dúvida em algumas das fotos compartilhadas com o público pela NASA ao longo dos últimos 50 anos e certamente reforça a afirmação de Johnston e outros cientistas, uma cobertura maciça e permanente das estruturas alienígenas que são encontradas na Lua.
de Massimo Fratini
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo:

sábado, 27 de outubro de 2018

Rússia, a KGB teria documentos ocultos relacionados ao "Primeiro Contato" com Embaixadores Extraterrestres

O primeiro contato com um grupo de Aliens cinza, uma espécie de embaixadores estelares, teria lugar não só nos Estados Unidos nos anos 50, mas também na Rússia e teria lugar em 1942. Naquela época, realizaram-se uma série de visitas diplomáticas para discutir questões planejadas de interesse comum e de acordo com supostos documentos russos, um tratado foi elaborado.
Nos termos do Tratado 23/04, estas reuniões teriam lugar em segredo. Um número limitado de agentes especiais teria acompanhado os visitantes e teria se encontrado apenas com oficiais de alta patente.
De acordo com o documento 072 / E, na reunião de 1961 ocorreu um incidente que envolveu 3 sujeitos devido à violação do tratado por oficiais na base militar, quando se descobriu que os próprios militares tinham um dispositivo oculto. gravar a reunião, mas sem o consentimento da equipe alienígena e da equipe do agente especial da KGB.
De acordo com o tratado de 23/04, as reuniões teriam sido reservadas e portanto, não seriam permitidas gravações de áudio e fotográficas da reunião. Após o incidente, o tratado foi revisado e retomado, segundo relatos.

PRIMEIRO CONTATO

Tudo isso foi relatado pelo jornal independente insertbia.info e pelo Pravda , onde um artigo foi publicado sobre o alegado " primeiro contato " entre uma equipe de " extraterrestres cinzentos " e o governo russo, que presumivelmente ocorreu em 1942. Naquela época, uma série de visitas diplomáticas aconteceria para discutir questões de interesse mútuo e alegados "tratados" com uma equipe de alienígenas. Tudo seria escrito em uma série de documentos escondidos pela KGB.

Em 1969, no estado de Sverdlovsky, um OVNI teria caído e fora recuperado pelos militares russos. Há um suposto vídeo mostrando a recuperação, com close-ups do OVNI impactados no solo. Presumivelmente, havia um alienígena morto encontrado no disco voador. Os restos do alienígena e os restos de OVNIs foram levados para um local seguro na Rússia, onde a autópsia do alien foi analisada e realizada.
Segundo o diário russo "Pravda", presume-se que a KGB tenha uma unidade especial projetada para coletar e monitorar todas as informações sobre fenômenos místicos e inexplicáveis ​​relatados dentro e fora da União Soviética.

Ainda de acordo com o Pravda, o general Ponomarnko, então comandante-em-chefe do distrito militar dos Urais, declarou que a unidade especial afiliada à KGB também tinha a tarefa de assegurar que os mesmos agentes de inteligência estivessem envolvidos no trabalho relativo à queda de UFO, em todas as fases. Os relatórios dos agentes foram prontamente transmitidos ao Coronel Grigoriev, chefe do departamento de ciências da KGB.

De acordo com Billy J. Booth em About.com disse que há relatos infundadas de que um OVNI havia acidentados e / ou foi abatido perto da cidade de Prohlandnyi, na URSS em 10 de agosto de 1989. Um radar militar soviético tinha enganchado um objeto voador identificado, com a consequente tentativa frustrada de contatar a misteriosa aeronave. Então o OVNI foi classificado como "hostil" e a Defesa Soviética foi alertada voando MIG-25s para tentar identificar o OVNI e derrubá-lo.
A aeronave alienígena que voou muito lentamente foi abatida. Uma vez que eles caíram, as forças de inteligência se abriram no local do acidente e viram que havia danos óbvios no lado de fora do disco voador. Dito isso, a equipe de recuperação deveria ter usado roupas de proteção externas e depois se mudado para o local onde o impacto do OVNI ocorreu no solo. Houve uma pequena quantidade de radiação e alguns membros da equipe tentaram realizar análises.
Um helicóptero iria para o local do acidente onde o OVNI foi transportado para a Base da Força Aérea Mozdok . Os russos entraram no OVNI e descobriram três corpos, dois alienígenas mortos, um quase morto.

Uma equipe de médicos e outro pessoal médico fez todos os esforços para manter o alienígena vivo, mas não conseguiu fazê-lo. Todos os três seres tinham cerca de 1 metro e 20 cm de altura, com uma pele cinza. Sob sua pele, que era uma cor azul-verde, eles pareciam ter um tecido semelhante a um réptil . Talvez eles fossem extraterrestres reptilianos cinzentos, semelhantes às múmias encontradas recentemente no Peru, perto de Cusco e Nazca?

Departamento armado com agentes russos da KGB teria recuperado alguns alienígenas

Não é de surpreender que esses seres não tivessem cabelos, mas tinham grandes olhos negros cobertos por um filme protetor fino e os dedos e braços eram longos e finos, com três dedos por membro. Os corpos estranhos foram armazenados em recipientes de vidro e o OVNI seria levado ao cosmódromo de Kapustin Yar.

Esta informação foi relatada por três pesquisadores russos, Anton Anfalov, Lenura Azizova e Alexander Mosolov, que estão convencidos da existência de documentos Top Secret da KGB, onde eles testemunham o incidente. No entanto, os três pesquisadores não conseguiram ter qualquer documentação para apoiar sua história.
Com curadoria de Massimo Fratini
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo:

TOTAL DE DESLIGAMENTO Do Espaço ... O que eles estão escondendo?

Fonte: Secureteam10 do Youtube: Esse é o Tylor da equipe Securet 10 falando sobre um assunto sério que muitas vezes passa despercebido ... NASA tentando impedir que humanos vejam o que está no espaço. Isso é verdade ... A NASA Johnson Space Center tem uma sala de foto processamento que tem uma missão ... para editar objetos alienígenas da foto. Telescópios e satélites estão saindo do ar nesta semana e eu Scott Waring tenho monitorado o rover Curiosity Mars ... que também saiu do Ar! A NASA está construindo um muro entre o público e o espaço para impedir que a gente veja o que realmente está por aí. É hora deles confessarem e nos dizer o porquê! Scott C. Waring
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo:


SURPREENDENTE - Imagens da NASA mostram um CUBO do tamanho da Terra entrando no Sol

Como uma agência de exploração espacial de ponta, a NASA também está na mira de todos os tipos de conspirações extraterrestres. E assim a cada ano, para descobrir o que a agência espacial americana está escondendo, as pessoas buscam no Google a frase "NASA oculta" . E entre tantas conspirações, uma das teorias mais populares é que as civilizações extraterrestres estão se alimentando da energia do nosso Sol. Mas, por incrível que pareça, essa hipótese não é tão improvável quanto parece. Em 2016, cientistas descobriram um estranho micróbio nas profundezas de uma mina de ouro na África do Sul.

Conhecidas como Desulforudis audaxviator, bactérias em forma de bastonete crescem 2,8 quilômetros abaixo do solo em um habitat sem as coisas que impulsionam a grande maioria da vida na Terra: luz, oxigênio e carbono. Em vez disso, obtém energia do urânio radioativo nas profundezas da mina. Para os cientistas, essa descoberta forneceu um modelo de como a vida poderia sobreviver em ambientes aparentemente inabitáveis ​​por todo o cosmos. Mas também pode mostrar que a vida em outras partes do universo pode estar "se alimentando" da radiação do espaço, como a de nossa estrela mais próxima. E talvez a descoberta das bactérias também possa explicar a misteriosa estrutura do tamanho de um cubo que apareceu perto do Sol.

O cubo extraterrestre

O famoso pesquisador de OVNIs Scott C. Waring viu uma estrutura do tamanho de um cubo acessando o Sol em uma das imagens enviadas pelo SOHO Solar and Hellospheric Observatory da NASA. Waring disse que a estrutura semelhante a um cubo é aproximadamente do mesmo tamanho que a Terra. Curiosamente, o estranho objeto pixelizado parece estar perfeitamente cortado em uma forma quadrada. Além disso, parece deixar uma trilha atrás dele com um brilho branco em torno dele.

"Hoje eu encontrei um OVNI do tamanho da Terra perto do nosso Sol", escreve Waring em seu blog UFO Sightings Daily . "Você quer saber como isso é possível? Porque seu tamanho é como o da Terra. Não é necessário dizer que é ótimo. Se você usar o ícone SOHO para comparar, então é um pouco maior que a Terra, mas eu não quero cometer um erro ... e eu quero dizer que é o tamanho da Terra. Se sente melhor?"
O pesquisador independente também acrescentou que os extraterrestres possuem tecnologia avançada capaz de suportar a temperatura extrema do sol.

"Como os alienígenas fazem algo tão grande? Fácil, os alienígenas vivem para sempre ", Waring continua. "Eles dizem a um robô para criar a espaçonave, diz a ele o tamanho e os requisitos. O tempo não é importante em sua construção. Um robô constrói mais 10 robôs. Esses 11 robôs constroem mais robôs e assim por diante até que há um exército de milhares de robôs trabalhando para obter materiais, fazer tecnologia e construir essa gigante nave. O que poderia levar milhões de anos para terminar. Mas desde que você não morra, milhões de anos passarão rapidamente ... então enquanto você aproveita a sua vida, esses pequenos robôs estão criando uma nave espacial do tamanho da Terra. Lá você tem isso!

Relacionado ao fechamento do Observatório Solar Nacional em Sunspot, Novo México?

Algumas semanas, o fechamento repentino da Observatory (Observatório Nacional Solar) National Solar em Sunspot, Novo México, causou todos os tipos de especulação sobre se a NASA havia encontrado algo estranho perto do Sol.No dia 6 de setembro o FBI entrou na Sunspot, no Novo México, com um helicóptero Black Hawk e evacuou o observatório solar. Além disso, um posto de correios próximo e uma dúzia de casas também foram despejados. O FBI não confirmou nem negou uma operação tão misteriosa. A Associação de Universidades de Pesquisa em Astronomia (AURA), responsável pelo gerenciamento da instalação, também não deu mais informações, apenas explicando que se tratava de um  "problema de segurança".
Isso levou alguns teóricos da conspiração a sugerir que o FBI tomou medidas rápidas para fechar o observatório pela presença de espaçonaves extraterrestres perto de nossa estrela mais próxima. Além do mais, um astrônomo corroborou essa teoria, alegando ter visto um enorme OVNI seguido por uma frota de naves menores passando por trás do sol.

Então, se nós considerarmos esta teoria como certa, talvez estejam escondendo uma grande espaçonave alienígena. No entanto, os céticos argumentam que a estranha estrutura do tamanho de um cubo poderia ser o resultado de uma falha técnica. E a verdade seja dita, tudo é possível.

É uma espaçonave extraterrestre que absorve a energia do Sol? Ou você acha que poderia ser uma falha técnica?
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                    Veja o Vídeo Abaixo:

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Antártida - Expedição científica descobre um Portal Dimensional e envia uma sonda dentro do Stargate!

Uma equipe de cientistas que estavam na Antártica para um projeto comum de climatologia, testemunhou um fenômeno nunca visto antes, ao abrir um portal dimensional. Os pesquisadores, enquanto pesquisavam o gelo e o clima, um vórtice incomum se manifestou acima deles, apesar das altas rajadas de vento que moviam as nuvens ao redor. O que aconteceu depois parece um filme de ficção científica.

Um dos primeiros personagens a falar sobre Stargate ou Portais Dimensional na Antártica, foi o oficial do exército russo Eugene Gavrikov, entrevistado pelo site de informações russo  kramola.info. Gavrikov narra sua experiência pessoal na Antártida, argumentando que no meio das geladas montanhas congeladas, você poderia esconder misteriosas Pirâmides, portais estelares ou portais dimensionais e algumas infraestruturas militares abandonadas pelo Terceiro Reich.

Lembramos que neste fascinante e misterioso continente, 4.000 cientistas de 46 países do mundo operam e realizam a pesquisa mais impensável por mais de cinquenta anos. Neste lugar há sempre fenômenos científicos estranhos e inacreditáveis, alguns dos quais ainda não têm explicação, mas antigos ex-cientistas militares denunciam o desaparecimento de pessoas e a manifestação de OVNIs, Aliens e a abertura de portais dimensionais. 
O último fato misterioso e impossível de acreditar aconteceu em maio de 2018, quando uma equipe de cientistas britânicos e americanos que estavam na Antártida para pesquisas científicas com um projeto comum de climatologia participaram de um evento, por assim dizer. ficção científica: um vórtice incomum ocorreu em uma altura não muito alta, apesar das altas rajadas de vento que moviam as nuvens ao redor. Inicialmente, pensava-se em uma tempestade polar, mas a natureza estática e o nevoeiro incomum que a cercava levaram os pesquisadores a investigar o fenômeno.
Os homens prepararam um balão meteorológico preso a um guincho e com uma sonda de rádio embutida adequada para medir as propriedades físicas (temperatura, umidade relativa, pressão e velocidade do vento) e um cronômetro científico para registrar os tempos de leitura. O objeto foi então liberado e aspirado no vórtice pelo tempo estritamente necessário para as medições. Depois de alguns minutos, um resultado perturbador: o cronômetro marcou a data de 27 de janeiro de 1965 e todos os dados calculados indicam valores incompatíveis com as características normais de um turbilhão.

O experimento foi repetido várias vezes e sempre com os mesmos resultados. Um dos cientistas que participou nos vários testes, a americana Mariann McLein não só confirma o incidente, mas também aponta que todo o incidente foi relatado ao serviço de inteligência militar (CIA e NSA) e à Casa Branca.
Das primeiras indiscrições parece que é uma "porta" espaço-temporal, isto é, um "túnel" que permite não apenas um movimento geométrico pelo espaço, mas também uma mudança temporária. Uma espécie de viagem no tempo (ida e volta) e no espaço. Para alguns pode parecer paradoxal, mas o que aconteceu na Antártida poderia encontrar uma explicação racional na teoria de "Einstein-Rosen Bridges".

No início do século passado, os dois cientistas criaram um "túnel gravitacional ou buraco de minhoca". isto é, um "atalho" de um ponto no universo para outro que permitiria que você viajasse entre eles mais rápido do que a luz levaria para percorrer a distância através do espaço normal. Como você pode ver, estes não são fenômenos misteriosos, mas conceitos reais de física que cada um de nós pode também aprofundar através da web.
Esse fato sensacional coincide com outra descoberta surpreendente feita pelos satélites americanos e publicada pela revista Daily Galaxy: a presença de uma estrutura antiga sob o solo antártico. A descoberta tem despertado a curiosidade dos ufólogos e apoiantes de teorias da conspiração, segundo a qual os soldados americanos escondendo a descoberta de um UFO ou um grande dispositivo tecnologicamente avançado já visto antes. No momento, as autoridades norte-americanas negam qualquer descoberta arqueológica nessas latitudes, mas, como disse um funcionário do Parlamento Europeu, a descoberta é de tal magnitude que toda a comunidade científica ainda está se perguntando o que está vindo à luz na área.
Alguns dizem que em algum lugar no continente congelado, você pode ocultar uma espécie de portal ou Stargate através do qual você pode acessar outras dimensões. Outra teoria fascinante é que sob a espessa camada de gelo você pode esconder traços de uma antiga civilização que desapareceu há muito tempo e até mesmo um mundo subterrâneo habitado por algumas entidades extraterrestres. Surge uma pergunta: talvez tudo isso explicasse as incontáveis ​​expedições científicas conduzidas ao longo dos anos, algumas das quais terminaram tragicamente? Esperamos que outros testemunhos possam sair, para que possamos lançar mais luz sobre o que está acontecendo na Antártida.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                   Veja o Vídeo Abaixo:

NASA publica a imagem de um misterioso iceberg perfeitamente retangular e causa alvoroço nas redes sociais "A teoria Extraterrestre"

Existe ou existiu extraterrestres na Antártida ? Na comunidade da conspiração, chegou a hora de falar sobre a ideia de que Aliens ou uma civilização perdida teria habitado a Antártida no passado. E a verdade é que não é uma teoria tão louca quando considerarmos que estamos atualmente sendo visitados por extraterrestres. Na última década, vimos muitas evidências de que os OVNIs são reais e que alguns deles podem ser de origem extraterrestre . De fato, no final de 2017, o governo dos EUA publicou pela primeira vez um vídeo oficial de um desses mistérios, objetos voadores não identificados .

E isso nos leva diretamente à Alemanha de Hitler , que estava extremamente interessada na Antártida. Muitos historiadores atribuem esse interesse ao fundo oculto da elite do partido nazista, alguns dos quais eram membros da chamada Sociedade de Thule. Ao estudar as traduções dos antigos textos tibetanos , indianos e gregos, eles passaram a acreditar que nossa terra é oca e habitada dentro dela. Supõe-se que Ultima Thule era o nome da capital do continente Hiperbóreo, muito mais antigo que a Atlântida e a Lemúria.. De acordo com os textos de Thule, os hiperbóreos eram altamente avançados tecnologicamente. Deixando de lado mitos e lendas, a Antártida é muito mais do que uma terra inóspita de neve e gelo. E se alguém tiver alguma dúvida, você só tem que ver uma imagem publicada pela NASA em sua conta do Twitter que mostra um iceberg perfeitamente retangular.

O misterioso iceberg na Antártida

A NASA causou um terremoto nas redes sociais depois de postar uma imagem de um iceberg perfeitamente retangular na Antártida . É um enorme bloco de gelo, aparência bonita e retangular. Um objeto de perfeição quase geométrica que entra em um mar polar entre a irregularidade caótica do mundo de gelo e que evoca o monolito popular de "2001: uma odisseia espacial".


"Desde voo ontem #IceBridge: você pode ver à direita um iceberg tabular, flutuando no gelo do mar ao largo da plataforma de gelo Larsen C" , escreve o relato da NASA ICE (@NASA_ICE) imagem ao lado . "Os ângulos agudos e a superfície plana do iceberg indicam que provavelmente se desprendeu recentemente da plataforma de gelo."

A teoria extraterrestre

Mas a Nasa não esperava que sua imagem causasse alvoroço entre os usuários do Twitter, que ofereceram todos os tipos de teorias para explicar a estranha formação. A explicação dos teóricos da conspiração é que o suposto  "iceberg" foi enviado por uma raça muito avançada tecnologicamente . O objetivo da "formação" é procurar outras formas de vida e, quando possível, ajudá-las a avançar. Seria algo como uma sonda espacial.
Mas o mais surpreendente é que esse "monólito" estaria na Terra desde o alvorecer da humanidade . Mas agora, a NASA teria sido capaz de detectar o forte campo magnético da sonda na Antártida. E eles teriam reconhecido imediatamente como um objeto enviado por uma espécie avançada. É então quando o "iceberg" envia um sinal para os criadores, informando que já avançamos o suficiente para descobrir suas mensagens. Claro, o próximo passo seria o contato extraterrestre , o que poderia acontecer no futuro próximo.

A explicação científica

Indubitavelmente, para os céticos este iceberg não foi depositado neste mundo por extraterrestres. Em contraste, Kelly Brunt, a glaciologista da NASA e professora da Universidade de Maryland, explicou que o bloco de gelo provavelmente foi formado por um processo que é bastante comum nas bordas dos icebergs.

"Então, é isso que aconteceu ", disse Brunt ao site de notícias científicas  Live Science . "Existem dois tipos de icebergs: nós temos o tipo que todos podem imaginar em sua cabeça que afundou o Titanic, e que eles se parecem com prismas ou triângulos na superfície e você sabe que eles têm um subsolo louco. E então você tem o que é chamado de "icebergs tabulares".

De acordo com Brunt, os icebergs tabulares são largos, planos e compridos como um pão-de-ló. Eles se separam das bordas das prateleiras de gelo: grandes blocos, conectados ao solo, mas flutuando na água encontrada em lugares congelados como a Antártida. Parece este vinho da plataforma de gelo Larsen C na Península Antártica . Ele acrescentou que os icebergs tabulares são formados através de um processo que é um pouco como um prego que cresce demais e quebra no final. Eles são freqüentemente retangulares e geométricos.

"O que torna isso incomum é que parece quase um quadrado " , explicou Brunt.

Para o glaciólogo da NASA, é difícil distinguir o tamanho do iceberg nesta foto, mas provavelmente tem mais de um quilômetro de largura . E, como acontece com todos os icebergs, a parte visível na superfície é apenas os 10% superiores de sua massa. O resto está escondido debaixo d'água. No caso de icebergs tabulares, essa massa de subsuperfície é geralmente de aparência regular e geométrica, semelhante ao que é visto acima.

É claro que a explicação de Brunt não serviu para impedir a disseminação de teorias alternativas, principalmente porque os icebergs tabulares não mostram uma forma tão perfeita e o próprio Brunt reconheceu que é bastante incomum.

Agora, se tomarmos como certa a hipótese de que é uma sonda extraterrestre, a questão seria: Por que a NASA compartilhou a imagem publicamente? Talvez ele esteja enviando algum tipo de mensagem?
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo: