1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

domingo, 2 de junho de 2013

Confirmam a Existência de uma Cidade no Triângulo das Bermudas, Atlântida? O continente Lendário?

As ruínas estão localizadas a uma profundidade de 700 metros, perto de Cuba

Atlântida, o continente lendário que, segundo a lenda, desapareceram cerca de 10.000 anos, sob as águas do Oceano Atlântico pode ter sido descoberto. Assim, pelo menos eu digo os cientistas canadenses Zalitzki Paul Weinzweig e Pauline, que, usando um robô submersível confirmou a sua existência no oceano, a uma profundidade de cerca de 700 metros ao largo da costa de Cuba, estão localizados ruínas de uma cidade submersa gigantesco.
Os cientistas começaram a pesquisa há 10 anos, embora seu trabalho é dificultado porque eles não podiam encontrar fundos suficientes para a criação de um robô submarino.
A cidade, que inclui pelo menos quatro pirâmides gigantescas de vidro, e outras estruturas, é surpreendentemente, dentro dos limites do Triângulo das Bermudas lendária.



Como se observa, o complexo também tem esfinges magníficas e uma linguagem escrita gravado em pedras, que têm várias centenas de toneladas. Zalitzki paulino afirma que o complexo pertence a um período pré-clássico na história da América Central, povoado por "uma civilização avançada semelhante à cultura Teotihuacan." Não é um produto da natureza "é incrível. Que vemos nas imagens de sonar de alta resolução são intermináveis ​​planícies de areia branca, e no meio desta bela areia projetos arquitetônicos são claramente visível pelo homem. 'S Como quando voar sobre um projeto urbano de avião e você vê estradas, túneis e edifícios ", disse Zalitzki.
O pesquisador acrescenta: "Nós não sabemos o que é, mas não acreditamos que a natureza é capaz de produzir arquitetura simétrica planejada, a menos que seja um milagre." Segredo bem guardado De acordo com os pesquisadores, o governo dos EUA descobriu o suposto lugar durante a crise dos mísseis em Cuba, nos anos sessenta, quando submarinos nucleares de cruzeiro nas estruturas piramidais Golfo encontrado. O local foi imediatamente fechada e tomou seu controle e objetos. Acredita-se que a Atlântida, mencionada e descrita pela primeira vez pelo filósofo grego Platão, desapareceu em uma inundação, um terremoto ou erupção vulcânica. Ao longo dos anos, ele serviu de inspiração para muitas obras de literatura, música e cinema, especialmente histórias de ficção científica.

Maximillien de Lafayette

Uma das poucas imagens disponíveis de Maximillien de Lafayette
Em tempos de holofotes de todas as áreas voltados amplamente ao WikiLeaks, constrangimentos diplomáticos e afins, algumas pessoas conseguem passar completamente desapercebidas, sem chamar atenção, mesmo que possam conter tesouros de fatos e informações.
A pessoa a ser citada neste texto apareceu pela primeira vez na TV mundial como convidado na série Caçadores de OVNIs no History Channel em maio de 2009. De lá para cá, foi entrevistado mais uma vez por Bill Birnes, editor da UFO magazine, falando sobre a base militar secreta norte-americana Atlantic Undersea Test and Evaluation Center [Centro de Avaliação e Teste de Submarino do Atlântico, AUTEC], localizada nas Bahamas, área do famoso Triângulo das Bermudas.
Discorreu sobre um suposto “grande segredo” dos programas conjuntos entre aliens e os Estados Unidos, o desenvolvimento de espécies exóticas de sistemas de armas e a tecnologia avançada para nossa utilização. Esta entrevista versou também sobre universos paralelos, viagens no espaço-tempo, etc.
Maximillien de Lafayette seria um pesquisador francês que, nos EUA, teria escrito mais de uma centena de livros e oito enciclopédias, como também 12 dicionários antigos sobre as línguas dos sumérios, acádios, babilônios etc .
Igualmente, dezenas de obras sobre UFOs e os extraterrestres chamados de Anunnaki, sendo três best-sellers internacionais, certificado pelo Amazon com leitores de todo o mundo. Uma interessante mistura de Erich von Däniken, Zecharia Sitchin, multiversos e acordos militares ultrassecretos.
Seria um grande estudioso, historiador e expert lingüista, ligado à Casa Branca e citado por diversas autoridades, mas misterioso e vivendo longe dos grandes centros urbanos. Lafayette é citado em aproximadamente 200.000 locais na Internet e existem mais de 400 livrarias e distribuidores que vendem seus livros em todo o mundo. No entanto, incrivelmente pouco ou quase nada sabe-se de fato a respeito de sua pessoa física.
crédito: Amazon/M.Lafayette

Enciclopédia Anunnaki

No sétimo volume da sua Enciclopédia, estão algumas informações sobre o AUTEC, discos voadores, ETs, encontros galáticos e raças alienígenas (Páginas: 2583-2584-2738) das quais apresentamos alguns trechos:
Linhas estranhas submersas


“Vários pesquisadores nos Estados Unidos afirmam que um número incomum de linhas subaquáticas retas, alongadas e paralelas tem sido fotografadas do ar em vários lugares dos oceanos, principalmente na área conhecida como Triângulo das Bermudas.

Eles acreditam que essas linhas representam incomuns túneis de navegação subaquáticos, usados por extraterrestres e, eventualmente, por um novo tipo muito sofisticado de submarinos norte-americanos, concebidos e construídos conjuntamente com os aliens que vivem debaixo d’água em grandes bases e habitats complexos.

Além disso, as ruínas submarinas que existem supostamente deram origem a teorias do passado, altamente avançadas, de terem sido criadas por civilizações extraterrestres, que podem ter reaparecido.


 De alguma forma inexplicável, mas por motivos desconhecidos, eles escolheram permanecer incógnitos por milênios.
Assim, algumas das máquinas OSNIs e UFOs são pilotados por seres dessa civilização, muito avançados. 


Também se alega que o tempo e o espaço se misturam lá embaixo, resultando em deformações e flexão de tempo e espaço, como também desintegração da matéria.”
Apresentaremos oportunamente um relato detalhado de Lafayette sobre as novas armas alienígenas que estariam sendo experimentadas naquela região. De fato, muitos estudiosos no país monitoram permanentemente as atividade do AUTEC, que é usado pela Marinha dos Estados Unidos para investigação subaquática.
Múltiplos relatos de UFOs e OSNIs avistados nas cercanias das instalações provocaram rumores de que a base estaria testando a tecnologia alienígena e Lafayette confirmaria as suposições.

Mas o que é o triangulo das Bermudas? 
 Seria um STARGATE para outra Dimensão? 


Se existe alguma coisa sobrenatural que age nesse perímetro, ninguém sabe, mas o fato é que existem inúmeros casos de desaparecimento, alguns inexplicáveis, e outro nem tanto. Quem para pra estudar um pouco mais sobre esse assunto, acaba descobrindo que alguns desses casos misteriosos têm uma solução bem simples, mas para os conspiradores de plantão, há bastante assunto pra se basear e fazer suas teorias.
Nesse post, vou mostrar alguns casos famosos que aconteceram dentro do triângulo das bermudas.

01- Teignmouth Electron

Esse talvez seja um dos mais “normais” entre os casos. Em 1968, uma corrida de iate ao redor do mundo, prometia dar o que falar aos jornais da época. A Sunday Times Golden Globe Race tinha uma regra bem interessante “A corrida não deve ter paradas”. Ou seja, depois da largada, o competidor deveria tentar cruzar a linha de chegada sem parar em nenhum porto, caso contrario, deveria ser desclassificado. Em outubro 1968, Donald Crowhurst saiu da Inglaterra, e partiu atrás da vitória, porem, nunca cruzou a linha de chegada. Seu barco, o “Teignmouth Electron”, foi encontrado abandonado no meio do triangulo das bermudas em julho de 1969.
Após uma verificação dos diários de bordo de Crowhurst, se descobriu que o mesmo estava enganando os organizadores do evento, mentindo sobre suas posições, e também foi constatado que ele teria começado a apresentar sinais de doenças mentais. A hipótese mais plausível, é que Crowhurst tenha se jogado do iate, e se afogado.

02- Star Ariel

Este foi o primeiro desaparecimento de uma aeronave no triangulo das bermudas registrado. Uma aeronave Tudor 4 as Bermudas em 17 de janeiro de 1949 com 7 tripulantes e 13 passageiros, com destino a Jamaica, mas nunca mais foi visto!
O capitão J. C. McPhee relatou no dia do acidente, que estaria não tendo problemas com avião, porem, mais tarde, um novo contato desesperado do capitão relatava problemas na comunicação, e que mudaria a freqüência da aeronave. Depois disso, nunca mais se teve noticias do Star Ariel.
Mais de 60 aeronaves e 13 mil homens saíram em busca da aeronave, mas não encontraram um destroço sequer. Após esse acidente, as Tudor 4 pararam de ser fabricadas.

03- Star Tiger

Mais uma aeronave desaparecida (Criatividade não era o forte dos capitães desaparecidos no triângulo das bermudas). O capitão B. W. McMillan tinha a missão de chegar nas Bermudas levando consigo 31 pessoas a bordo, saindo da Inglaterra. A previsão de chegada era às 5h do dia 30 de janeiro de 1948, e, pra variar, o avião nunca mais foi visto.
Buscas foram organizadas, e mais tarde, descobriu-se que S.S. Troubadour havia visto uma aeronave voando baixo em direção da Baía de Delaware. Se essa aeronave fosse mesmo o Star Tiger, ele estaria totalmente fora do rumo!
Até hoje, também não se sabe nada sobre a aeronave, e nenhum destroço foi encontrado durante todos esse anos.

04- USS Cyclops

O primeiro caso de desaparecimento que envolve o Brasil! O USS Cyclops era um navio da marinha americana que, 1918 teve a missão de vir ao Brasil abastecer os navio aliados. Com 309 pessoas a bordo, o navio deixou o Rio de Janeiro em fevereiro e alcançou Barbados em março, sendo que, depois disso, nunca mais foi visto novamente!
Conspiracionistas diziam que um submarino alemão havia afundado o navio (já que a primeira guerra mundial havia estourado de vez), E os EUA fizeram todo o possível para tentar descobrir o que havia acontecido ao USS Cyclops. Até hoje se afirma que esse é um dos casos de desaparecimento mais desconcertantes do anais da marinha americana.
Mais tarde, foi comprovado que não havia nenhum submarino inimigo na rota do Cyclops, e que os alemães sequer sabiam da manobra re reabastecimento do navio.

05- Vôo 201

Esse é bem sucinto, em 31 de março de 1984 o vôo 201 deixou Fort Lauderdale, partindo em direção as ilhas Bimini, nas Bahamas, porem nunca chegou lá. Segundo os controladores do vôo, no meio do caminho o avião diminuiu drasticamente a velocidade, não informando se estava tendo algum tipo de problema, e minutos depois caiu no mar, desaparecendo completamente.
Uma mulher nas ilhas Bimini jura que viu o avião cair a mais ou menos 1 milha de distância da ilha, mas (pra variar) nenhum destroço jamais foi encontrado!

06- Vôo 19

Mais um que saiu de Fort Lauderdale, na Flórida. Em 5 de dezembro de 1945, cinco bombardeiros Avenger comandados pelo tenente Charles Taylor saíram da base com 13 pilotos em treinamento. Cerca uma hora depois, Taylor reportou via rádio que a bússola não estava funcionando, mas que de acordo com seus cálculos, eles deveriam estar sobre Florida Keys.
O outro tenente que recebeu a informação de Taylor, pediu para que eles rumasse ao norte, desde que tivessem certeza de estar sobrevoando Keys. Taylor era um excelente piloto, mas mesmo assim, deu meia volta, e quanto mais ele tentava sair de Keys, mais mar adentro ele se colocava. À medida que a noite chegava, o rádio foi ficando mais fraco, até que o contato com o vôo 19 se perdeu de vez. Uma investigação da marinha relatou que a confusão do tenente Taylor causou o acidente, mas a mãe do tenente convenceu-os a alterar o relato, e botar a culpa em “forças desconhecidas”. Os aviões jamais foram encontrados.
                                                    


                                           Veja os Vídeos Abaixo:
                     

                                                  Fonte:Antonio Flores Segura
                                                     Fonte:Bittitb 


                                                   Fonte:secretosdelplaneta

Nenhum comentário:

Postar um comentário