UFOS ONLINE - Todos os dias notícias sobre UFOs, OVNIs e Extraterrestres UFOS ONLINE: Mulher Sobreviveu À Morte E Contou Sobre Seres Misteriosos Do Outro Lado

1b

2

1

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Mulher Sobreviveu À Morte E Contou Sobre Seres Misteriosos Do Outro Lado

 

Mary Neal caiu na água enquanto andava de caiaque pela cachoeira e ficou sem oxigênio por 30 minutos.

Quando a mulher foi encontrada sua aparência era terrível - inchada e vermelha. Ela foi trazida de volta à vida e então ela contou sobre sua experiência de quase morte. A mulher afirma que um grupo de seres a encontrou no céu.

Mary Neal, uma cirurgiã ortopédica, fez uma viagem de caiaque ao sul do Chile em 1999 e caiu na água em uma parte perigosa das cataratas. A mulher foi encontrada sem vida sob uma coluna de água de 3 metros onde ficou sem oxigênio por 30 minutos.

Segundo Mary ela não sentiu nenhuma dor ou pânico e durante todo o tempo em que esteve debaixo d'água, nunca se sentiu tão viva.
 
A mulher disse que sentiu sua alma se separar de seu corpo e foi carregada para o céu. Lá ela foi imediatamente recebida por um grupo de criaturas desconhecidas. Ela não sabia como chamá-los exatamente: espíritos, pessoas, seres?

Maria não reconheceu nenhum deles mas sentiu que todos desempenharam um papel importante em seu destino como por exemplo seus avós que morreram muito antes de seu nascimento.

De acordo com Mary no outro mundo ela foi recebida de braços abertos e então conduzida por um caminho repleto de centenas de milhares de flores levando a uma enorme estrutura em cúpula.

Imagem extraída do filme Nosso Lar

A mulher falou sobre uma forte sensação de estar em casa. Ao mesmo tempo ela poderia se virar e examinar seu corpo deitado sob a água.

Neal diz que não viu um túnel de luz mas sim algo muito mais amplo. “Eu estava com pressa para chegar a essa grande estrutura em forma de cúpula”, diz ela. “Havia muitos espíritos lá dentro e quando eu cheguei eles estavam muito felizes e me dando as boas-vindas e me cumprimentando, e muito felizes com minha chegada.”
 
“Eles tinham forma física. Eles tinham cabeças braços, pernas e usavam uma espécie de túnica ”, descreve Neal. “Eu sabia que eles estavam lá para me amar, me guiar e me proteger.”

Imagem extraída do filme Nosso Lar

Neal diz que os seres espirituais lhe disseram que não era sua hora e que ela precisava voltar para o corpo. “Fiz o que acho que qualquer pessoa razoável faria e disse: 'Não, não vou. Você não pode me obrigar. ' E eles disseram: 'Bem, você está indo e nós o aceitaremos de volta e aqui está um pouco do trabalho que você tem que fazer.' ”

Ao mesmo tempo, a equipe de kayakers procurou por Mary por 15 minutos, até que um deles tropeçou sob a água em seu pulso. Quando ela foi puxada para fora da água, seu corpo estava inchado e vermelho.

Neste exato momento, equipes de resgate já desesperadas tentaram trazê-la de volta à vida.

“Fui levada de volta por esse caminho e fui reunida ao meu corpo”, diz ela. “Eles me falaram um pouco sobre esse mandato de compartilhar minha experiência com outras pessoas.”

Além de compartilhar sua história em seu livro de memórias To Heaven and Back.


Neal diz que os seres espirituais a preveniram de um evento trágico. “Eles me falaram sobre a futura morte de meu filho mais velho”, diz ela. “Eles não me disseram a data ou a hora, mas estava muito claro que isso aconteceria.”

Dez anos se passaram e Neal tentou manter a esperança. Ela decidiu carregar o fardo sozinha nem mesmo compartilhando com o marido o que lhe contaram sobre o filho deles, Willie. No dia em que terminou suas memórias ela disse que soube que Willie sofreu um acidente. Um motorista, distraído por seu telefone celular o atingiu com seu veículo e o matou.
 
“Acordei todos os dias com a esperança de que o plano para a vida do meu filho mudasse”, diz Neal.

A experiência de Maria mudou radicalmente sua visão da Morte.
Obs: Nos vídeos abaixo ative a legenda com tradução.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja os Vídeos Abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário