UFOS ONLINE - Todos os dias notícias sobre UFOs, OVNIs e Extraterrestres UFOS ONLINE: O Astronauta BUZZ ALDRIN declara: "Devemos MIGRAR para MARTE o mais rápido possível"

1b

2

1

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

O Astronauta BUZZ ALDRIN declara: "Devemos MIGRAR para MARTE o mais rápido possível"

Buzz Aldrin ganhou as manchetes em todo o mundo há cinquenta anos quando se tornou o segundo homem a andar na face da lua.Agora ele mesmo escreveu um artigo notável para o Washington Post há algum tempo no qual incentiva os Estados Unidos a começar a examinar seriamente a colonização de Marte.
Buzz Aldrin

Aldrin escreve que os Estados Unidos devem tornar a migração para o Planeta Vermelho possível como uma prioridade nacional. Ele escreve: “Os olhos dos Estados Unidos e nosso compromisso unificado devem se concentrar em abrir a porta em nosso tempo para a grande migração da humanidade para Marte”.

Aldrin escreve que acolhe a iniciativa da administração Trump de lançar novas missões à Lua e Marte, mas acredita que essas aventuras exploratórias são apenas o primeiro passo. Em vez disso ele quer ver os passos de rápido crescimento da pesquisa científica que abrirão o caminho para a migração humana para Marte.


A colonização de Marte pode ser essencial para a sobrevivência da espécie humana

Em seu artigo Aldrin não explica por que acredita que a colonização de Marte pode ser essencial para a sobrevivência da espécie. Embora se possa presumir que Aldrin está preocupado com o risco para o planeta dos efeitos das mudanças climáticas e da superpopulação global. É por isso que devemos prosseguir com isso!



O tom de Aldrin não prejudica uma possível ameaça de extinção, mas sim caracteriza a exploração espacial como uma grande força unificadora. “ Em um mundo tão cheio de divisões e conflitos - escreve Aldrin - a colonização de outro planeta pode ser um projeto necessário para unir a humanidade”.
Mais um post: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:

Um comentário:

  1. Parece bem simples, mandar metade da população pra marte, viver em redomas.

    ResponderExcluir