1b

1

sábado, 12 de janeiro de 2019

"Super Lua de sangue de lobo"? O ano começa com um eclipse total da lua

Designação que circula na internet não tem nada de científico. Estará relacionada com presságios. O eclipse total ocorre na noite de 20 para 21 de janeiro de 2019 e deixará a Lua em tom avermelhado.

Se gosta de fenômenos astronômicos, marque o dia 21 de janeiro na agenda. Ao olhar para o céu durante a madrugada, terá a oportunidade de assistir a um eclipse total lunar, que será acompanhado por uma super Lua. Há quem lhe chame "Lua vermelha de sangue de lobo".

Ao DN, Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronômico de Lisboa (OAL), explica que o eclipse vai ocorrer "quando a Lua está no perigeu da sua órbita, o ponto mais próximo da Terra em fase cheia, o que dá uma super Lua". Desta forma, prossegue, estão conjugados todos os fatores para "um eclipse com uma lua grande e bonita".

O fenômeno será visível na Europa Ocidental, América e África. Embora Portugal seja um dos países privilegiados para observar o fenômeno astronômico, isso implica ter de ficar acordado até muito tarde ou sair da cama muito cedo. Por cá, adianta Rui Agostinho, a Lua entra na penumbra às 02.35 (da madrugada de 20 para 21 de janeiro), na umbra às 03.34, vai a meio do eclipse às 05.12 e sai da sombra às 06.50.


                                     Imagem do Observatório Astronômico de Lisboa

Este fenômeno, conta o jornal espanhol ABC, é designado por algumas pessoas como "super Lua de sangue de lobo", o que estará relacionado com profecias que falam do fim do mundo. Uma designação que não terá nada de científica, e que o diretor do OAL desconhece.

A designação será baseada no facto de nos eclipses totais lunares a Lua parecer ter um tom vermelho-alaranjado. "Quanto mais a Lua estiver próxima da Terra durante o eclipse, maior é a refração dos raios vermelhos. Ou seja, estará numa zona de cor mais avermelhada do que quando o eclipse ocorre numa zona mais afastada da Terra", esclarece Rui Agosto. Talvez assim pareça mais avermelhada. "Mas não sei se temos memória visual para ver essas tonalidades".

Um eclipse total da Lua ocorre quando a Terra se encontra entre o Sol e a Lua de forma a projetar a sua sombra na Lua e a Lua atravessa completamente a sombra da Terra. De acordo com o OAL , isto acontece quando a Lua, em fase de Lua cheia, passa nos seus nodos ou na sua proximidade.

O tom avermelhado prende-se com o facto de a luz solar ser filtrada pela atmosfera da Terra, de modo a que sejam absorvidas as tonalidades azuis, prevalecendo as avermelhadas.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                     Veja o Vídeo Abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário