1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Quatro crianças levadas a bordo de um OVNI em 1992 na Argentina

Quatro crianças foram levadas a bordo de um OVNI vendo as maravilhas do universo numa viagem de três dias no espaço, um relatório de autoridades civis militares.

"Estariam as crianças a mentir"!
Crianças Butu nesta idade são incapazes de mentir, pelo menos assim entende Rodrigo Ortiz, investigador especial do departamento de polícia de Concórdia, Argentina.

As crianças afirmam ter passado algum tempo numa nave espacial.

Reportagens de jornais sobre o incrível drama identificaram as crianças, Maria Molero de 8 anos, sua irmã Emma, ​​6, Jorge, 5 e Carlos, 3.
De acordo com as crianças e meia dúzia de outras testemunhas oculares, foi observado um objeto voador não identificado com a forma de disco que voou sobre o campo em que as crianças se encontravam no dia 9 de Agosto de 1992 emanando uma luz muito forte sugando estes para o seu interior, desaparecendo numa explosão luminosa.

"Um grande navio de ouro nos levou para o céu e foi conduzido por Deus - Eu sei que foi Deus "dizem as crianças".
"Eles usavam vestes douradas, tinha longos cabelos prateados e foi SINY que disse a Maria Molero, a mais velha das crianças sequestradas que ele era um homem pacifico e pediu para chamá-lo de Laiar.
Ele mostrou-nos a lua e outros lugares no céu e disse que eles eram as estrelas."

As restantes crianças confirmavam a história revelando algum medo inicialmente.
Laiar o "ser", raspou o rosto com um pauzinho e uma agulha, mas sem intenção de nos prejudicar", disse Jorge Molero.
 "Gostei dos quartos, porque todas as camas eram suaves", acrescentou Emma Molero.

Carlos Molero, o mais novo, disse: "Havia um milhão de botões e luzes o homem era engraçado, porque ele tinha uma cabeça grande e dois grandes olhos amarelos ele é nosso amigo..."

Devido ás dificuldades de entrevistar crianças, as autoridades ainda não conseguiram determinar tudo o que lhes aconteceu durante os seus três dias a bordo da nave espacial.
Parece que eles passaram por algum tipo de testes médicos, no entanto, porque as marcas de agulha e raspados ainda eram visíveis em suas bochechas, após chegar em casa, disseram autoridades do caso.

Um porta-voz militar não confirmou nem negou os relatos da imprensa de que um OVNI foi registado no radar no dia, em que as crianças foram sequestradas.

Artigo de Jeanne Kolden
Weekly World News


Um comentário:

  1. Crianças especiais com missao tao importantes na terra q ate este humanoide os veio visitar. Legal!

    ResponderExcluir