1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

segunda-feira, 4 de abril de 2016

"Demônios" na Câmera: Ataques Estranhos Acontecendo em todo o Mundo (2016)

O QUE ESTÁ ACONTECENDO? estranhos ataques zumbis, final dos tempos, possessão demoníaca, notícias do fim do mundo, profecia bíblica.

Efésios 6:12
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

O que é a fera de sete cabeças de Apocalipse capítulo 13?
A resposta da Bíblia

A fera de sete cabeças em Apocalipse (Revelação) 13:1 representa o sistema político mundial.

A fera tem autoridade, poder e um trono. Isso indica que ela é um sistema político. — Apocalipse 13:2.

Ela governa sobre “toda tribo, e povo, e língua, e nação”; assim, é maior do que o governo de um único país. — Apocalipse 13:7.

Ela possui características das quatro feras descritas na profecia em Daniel 7:2-8: aparência de um leopardo, pés de um urso, boca de um leão e dez chifres. As feras na profecia de Daniel são identificadas como reis específicos, ou reinos políticos, que sucessivamente controlaram impérios. (Daniel 7:17, 23) Portanto, a fera de Apocalipse capítulo 13 representa uma organização política coletiva.

A fera sai “do mar”. Isso significa que os governos humanos se originam da humanidade instável e desobediente a Deus. — Apocalipse 13:1; Isaías 17:12, 13.
A Bíblia diz que o número, ou nome, da fera — 666 — é um “número de homem”. (Apocalipse 13:17, 18) Essa expressão indica que a fera em Apocalipse capítulo 13 representa uma entidade humana, não espiritual ou demoníaca.

As nações não têm muito em comum, mas todas estão unidas em sua determinação de manter a própria autoridade em vez de se sujeitarem ao Reino de Deus. (Salmo 2:2) Na guerra do Armagedom, as nações também ficarão unidas em lutar contra o exército de Deus, comandado por Jesus Cristo. No entanto, todas elas serão destruídas. — Apocalipse 16:14, 16; 19:19, 20.

“Dez chifres e sete cabeças”

Na Bíblia, alguns números são usados de modo simbólico: por exemplo, dez e sete significam totalidade. A chave para entender o que representam os “dez chifres e sete cabeças” da fera de Apocalipse capítulo 13 é a “imagem da fera”, identificada mais tarde em Apocalipse. Essa segunda fera é cor de escarlate e tem sete cabeças e dez chifres. (Apocalipse 13:1, 14, 15; 17:3) A Bíblia diz que as sete cabeças dessa fera representam “sete reis”, ou governos. — Apocalipse 17:9, 10.

Do mesmo modo, as sete cabeças da fera de Apocalipse 13:1 representam sete governos: Egito, Assíria, Babilônia, Medo-Pérsia, Grécia, Roma e a potência Anglo-Americana — as principais potências políticas que dominaram ao longo da História e que lideraram a perseguição ao povo de Deus. Se os dez chifres (que geralmente simbolizam governos) representam todos os estados soberanos, pequenos e grandes, então o diadema, ou coroa (que muitas vezes é um símbolo de poder e autoridade), em cada chifre indica que outras nações governam ao mesmo tempo que a principal potência política da época.
No vídeo abaixo ative a legenda com tradução.
Fonte:https://www.jw.org 
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                              Veja o Vídeo Abaixo:


                                                 Fonte:Jason A

Um comentário: