1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

O Incrível Caso de abdução em Ilkley Moor

Você deve estar cansado de ouvir histórias de Abdução, de OVINIs, contatos com extraterrestres, que depois são revelados que não passam de mentiras, invenção e montagens, mas hoje, venho contar uma história muito singular além do homem envolvido, ele conseguiu tirar uma foto da suposta criatura.
E o mais intrigante é que essa foto tirada da suposta criatura alienígena foi analisada por especialistas e foi comprovado que a foto é real, exatamente, não foi alterada e não se trata de uma montagem.

Confira.

O CONTATO
Philip Spencer, um policial aposentado que havia se mudado a pouco tempo para Ilkley Moor em Yorkshire, Inglaterra. Ele se mudou para a região após se aposentar, apara agradar sua esposa que gostaria de morar mais próximo de sua família, tanto que no dia do ocorrido ele estava a caminho da casa de seu sogro.

Spencer caminhava numa fria manhã de domingo em 1987, como Ilkley Moor já era um local até conhecido pelas histórias de luzes estranhas e OVINIs tanto que no dia o ex-policial resolveu levar sua máquina fotográfica, vai que por acaso ele visse algo incomum.
Como é comum Ilkley Moor ficar coberta pela neblina nas primeiras horas de sol do dia, ele então saiu de casa com um filme próprio para condições de pouca luz e levou contigo uma bússola para garantir que não se perderia no caminho.Enquanto ele caminhava ele avistou uma criatura incomum através da névoa!

A criatura fugiu assustada, mas o Philip conseguiu tirar uma foto antes que ela desaparecesse, e é claro, ele saiu correndo atrás por impulso para investigar.

Essa história esta ficando cada vez mais interessante…

Depois de perseguir a tal criatura ele se deparou com um disco voador. Ele disse que o objeto tava com uma espécie de domo na parte superior, e então ele se aproximou, mas o Disco voador levantou voo e desapareceu, o Spencer nem teve tempo de tirar ou pensar em tirar outra foto.

Depois do que viu ele correu ao vilarejo mais próximo para revelar a foto e ver o que ele havia fotografado, só que no caminho ele olhou e percebeu que em vez da bússola apontar para o norte ela estava indicando o sul. E alem disso, o Spencer também notou que mesmo que tudo tivesse ocorrido em apenas alguns minutos, o seu relógio revelava um lapso de tempo de mais de uma hora.

A ABDUÇÃO
Apesar de tudo a foto infelizmente não saiu totalmente nítida, mas a foto revelou ter mesmo uma criatura no local, essa foto foi enviada a especialistas, o material foi estudado e disseram que a criatura não se trata de nenhuma espécie de animal conhecida, a fotografia foi para laboratórios e até foi avaliada por Bruce Maccabee, um físico especialista em óptica que havia trabalhado na marinha dos EUA, ele afirmou a autenticidade da imagem.

Spencer decidiu se submeter a uma sessão de hipnose e durante o procedimento, revelou que havia sido abduzido e examinado por seres alienígenas. O curioso é que durante a sessão, Spencer revelou ter sido levado para o interior da nave antes de tirar a foto.

Spencer ainda revelou mais um detalhe interessante durante a sessão: enquanto ele estava dentro da nave ele teria visto dois filmes. Um deles mostrava cenas de pessoas famintas, muita destruição e lixo sendo jogado nas águas e rios, uma cena muito comum que vemos hoje em dia nos noticiários. No entanto, o outro mostrou uma série de coisas que o ex-policial foi instruído pelos alienígenas a não comentar com ninguém…

CONTUDO
Mesmo que tudo pareça muito fantasioso, mas vale lembrar que o ex-policial não fazia o tipo de alguém que iria sair por aí inventando histórias. Alem do mais, ele nunca tentou tirar proveito ou ganhar dinheiro em cima do incidente e ainda ele cedeu os direitos de uso da fotografia aos investigadores e ufólogos que se interessaram pelo ocorrido. Infelizmente pelo fato da foto não estar muito nítida o suficiente para provar que sua história é verdadeira. Por outro lado foi provado que Spencer realmente fotografou algo estranho naquele dia em Ilkley Moor… e desde 1987 para cá, ainda ninguém provou se foi verdade, ou melhor, ninguém provou que a história é falsa…..
Nosso Universo é algo muito misterioso mesmo.
Fonte:http://casosobscuros.com 
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                              Veja o Vídeo Abaixo:



                                                Fonte:Area51Canal

2 comentários:

  1. Eu morava com meu pai e sua esposa a 1 mês, dormia na sala em um colchão ficava encomodada com a janela grande e só um lençol pequeno cobrindo, toda noite ia dormir ficava com a impressão q tinha alguem me olhando e tinha! Estava dormindo mas acordei com uma luz tao forte na vista q nao conseguia abrir os olhos parecia q tinha algo me segurando por mas dificil q fosse abrir os olhos nem tentei d novo pq estava com medo do que ia ver senti tanto medo q comecei a rezar em pensamento eu sentia a presença de mais de uma pessoa ou ser comigo tentava me mecher nao conseguia tentava gritar nao conseguia estava paralizada a unica coisa q sentia era uma dor na nuca como se tivesse algo nela e foi aumentando a dor e eu amoleci parei de lutar pra conseguir me mecher pois estava paralizada a sensação era de alguém me segurando tao forte q nao conseguia me mexer e o pavor era tanto que eu suava frio enfim parei de lutar fiquei toda mole e acho q desmaiei,acordei toda dolorida e exausta achando q era um sonho muito real mais sonho, dps atarde senti uma coceira nas costas quando fui coçar veio uma casca tipo de ferida com sangue era como se eu tivesse sido queimada com uma ponta de ferro q cauterizou algo parecido tenho ate hoje a cicatriz e sei q nao foi sonho pois conecei a ler relatos de outras pessoas e todos parecidos com o meu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. História fantástica, anônimo(a)!
      Realmente, eu acredito no que escreveste.

      Excluir