1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

segunda-feira, 18 de março de 2013

22 de Março de 2013: O Começo do Arrebatamento ou a Chegada do Segundo Sol?

Em menos de uma semana o mundo poderá viver um evento sem precedentes, segundo muitos teóricos conspiracionais. Tal evento ainda está encoberto por muitas dúvidas, podendo ser o início do Arrebatamento bíblico, da 3ª Guerra Mundial, da Nova Ordem Mundial ou mesmo a chegada do Segundo Sol (ou Nibiru, Planeta X, Hercólubus, Annunaki, etc).

Sabemos que a Bíblia é um códice muito antigo que prevê, assim como o Calendário Maia, alguns eventos com precisão. Muitos sabem que ela descreve um Arrebatamento nos últimos dias da Humanidade, mas desconhecem que a história egípcia também descreve um Arrebatamento feito por Osiris. Esses dois fatos se ligam a um terceiro, a sapiência Maia que dizia que um de seus deuses, Bolom Yokte, o nono em hierarquia e sempre associado à destruição e ao renascimento, na data "Baktun 13, Ajaw 4, Kankin 3" (21 de dezembro de 2012).

Os deuses maias eram, em geral, planetas, o que aponta que o nono planeta se aproximaria da Terra nessa data. O nono planeta então seria Plutão, mas este perdeu tal status, deixando vaga para crermos que o nono deus que os maias veriam é, de fato, o Planeta X. Em adição a isso, o profeta Daniel cita na Bíblia a data de 22 de março de 2013 como sendo o dia aproximado em que "a abominação e a desolação aparecerão nos céus".

Muitos estudos foram feitos para se chegar à conclusão de que Daniel realmente citou essa data. O mais proeminente deles diz que a Bíblia fala que os humanos ficarão sozinhos por 6 mil anos até que Deus volte 69 anos depois da volta dos judeus a Jerusalém. Sabemos que estamos no período dos seis mil anos (4000 aC + 2000 dC = 6000 anos) e que a volta dos judeus a Jerusalém foi ordenada em 1947. O Anjo Gabriel deu uma série de dicas que apontariam o momento exato:

"A Tribulação começará quando a Abominação for vista e durará 1260 dias"
"O Sacrifício cessará antes da abominação, e vai um período de 1290 dias e vem 1335 dias"

Os 1335 dias terminarão no dia do Tabernáculo de 2016, quando se dará o retorno do Messias. Com esses números, podemos chegar matematicamente à data dada por Daniel:

1947 + 69 anos - 1335 dias + 1290 dias - 1260 dias = 22 de março de 2013. Exatamente três meses depois do início da nova era Maia, 22 de dezembro de 2012, e início da Páscoa. Nesse período, Jesus foi crucificado e ressuscitou três dias depois.

A sociedade Iluminnati Skull & Bones tem um número de cunho secreto em sua ordem, o 322. Como em inglês o mês vem antes do dia na data, temos "março 22" (22 de março). O motivo para a ligação com os Iluminnati é a existência das Pedras Guias da Georgia, um monumento erguido no estado americano da Georgia por um arquiteto maçon no dia 22 de março de 1980. Exatamente 33 anos antes de 22 de março de 2013.

Sabemos que o 33 é um número sagrado Iluminnati e o maior grau dentro dessa sociedade. O 33 também prova que a queda das Torres Gêmeas em 2001 - 33 anos após sua inauguração - foi um trabalho interno tramado por Iluminnatis. Fato fortalecido quando se sabe que o então presidente George W. Bush é membro do Skull & Bones.

Temos então todas essas incógnitas apontando para 22 de março de 2013 como um dia histórico, o possível início do Arrebatamento. Mas a palavra "arrebatamento" também pode ser entendida como "morte, tristeza, abominação, desolação".

Nisso entra a idéia do entusiasta da Nova Era George Kassavalis, que também teve participação na construção das Pedras Guias da Georgia, de que o ciclo "precessional" - uma palavra chique para explicar que o Polo Norte do nosso planeta não é estacionário - da Terra é, na verdade, de 24.832 anos (o exato peso de todo o monumento na Georgia em libras). Ou seja, que a cada 24.832 anos os polos da Terra se invertem, o que, segundo a ciência, poderia causar algumas catástrofes ("morte, tristeza, abominação, desolação") se ocorressem no atual ponto da evolução humana.

Kassavalis também afirma que o Sol não é o centro da galáxia, mas que também gira em torno de outra estrela - possivelmente Sirius, a maior e mais brilhante que conhecemos. Ele também afirma que, se o Sol não gira em torno de uma estrela maior, é provável que tenha então um "irmão", um "segundo Sol" (ou ainda um planeta escuro ao estilo de Nibiru, Planeta X, etc) menor e mais escuro, ofuscado pela luz do objeto maior e mais brilhante, o que nos impediria de ver a estrela menor da Terra. Essa idéia não é nova, há relatos anciãos sobre um segundo Sol que passaria próximo à Terra causando destruição de tempos em tempos.

A própria ciência admite que "ao se olhar para o espaço infinito, só se pode concluir que sóis solitários são, na verdade, mais exceção do que regra" e faz a pergunta: "Com tantas estrelas binárias no Universo, por quê  somente nosso Sol não teria um companheiro?". Mas com tanta tecnologia, se existisse um segundo Sol, mesmo que menor e em uma órbita que privilegiasse sua ocultação, já não teriamos visto ele? A resposta da ciência é categórica: "Não, pois nem todas as estrelas podem ser vistas, como os buracos negros e velhas estrelas de nêutron. E há também as 'anãs negras', que são quase indetectáveis."

Como uma órbita de 24.832 anos é muito longa e poderia ajudar a ocultar a segunda estrela, a única forma de "vê-la sem vê-la" seria observar a taxa de movimento do Sol. Em um sistema binário, o movimento não é constante e isso causa mudanças nos polos dos planetas vizinhos. Em um sistema não binário, o movimento seria constante e levaria mais ou menos 26 mil anos. Mas algumas teorias já apontam para a mudança do ciclo precessional da Terra, o que indicaria a presença de uma segunda estrela que se aproxima do Sol (o que abre espaço para teorias sobre Nibiru, Planeta X, Annunaki, Hercólubus e tantos outros).

Outro sinal de uma estrela companheira do nosso Sol foi observado na geologia da Terra. O matemático Maluten Malancovich concluiu depois de anos de estudo que nosso planeta teve ciclos de aquecimento e resfriamento global que se assemelham ao período orbital defendido por Kassavalis - 24.832 anos -, o que comprovaria a existência, na esfera matemática, de um segundo Sol que se aproxima da Terra pelo menos uma vez a cada cerca de 25 mil anos. Nesse âmbito, o momento de sua aproximação seria agora, entre os anos 1850 e 2050.

Uma descoberta feita em 2001 por um grupo de cientistas também colaborou para a idéia de um sistema binário. Ao estudarem o cinturão de asteróides presente na borda de nossa galáxia, eles notaram que a extensão das pedras terminava abruptamente e não da forma esperada, sinalizando que ali pode existir um segundo objeto que tenha seu próprio cinturão de asteroides que cruza com o nosso, fazendo com que a borda fique uniforme por simples polimento por atrito. Da mesma forma, um grande número de cometas de órbita gigante vêm de uma pequena parte do céu. Alguns matemáticos como John Matthis e Daniel Whitmayer defendem que eles vêm de um ainda desconhecido décimo planeta, mas uma estrela binária também produziria este efeito.

Um outro enigma é o fato de que todos os corpos celestes têm um "momentum angular", uma força que corresponde à suas massas e movimentos. Mesmo assim o momentum angular está distribuído de forma desigual em nosso sistema solar. O Sol tem 99,9% da massa total, mas somente 1% do momentum angular total. Se reconhecêssemos que nosso Sol está se curvando no espaço em uma órbita binária de mais ou menos 25 mil anos, descobriríamos que o momentum angular estaria lá o tempo todo. Não só em seu giro, mas primariamente em seu movimento orbital.

Embora a existência de uma estrela binária concorde com muitos fatos observados, ainda há diversas perguntas a serem respondidas. A mais comum é o por quê de não termos visto essa segunda estrela até agora. Mas talvez já a tenhamos visto em um passado muito distante e perdido entre as ruínas das civilizações passadas. Muitas delas tinham o perfeito conhecimento da existência de um "ano astral", um grande ciclo que conectava os movimentos dos céus e da vida na Terra. Muitos falam desse momento como "a volta dos deuses" e o "período de julgamento"; para os cristãos, a volta de Jesus e o Arrebatamento.

Isso significava, para aqueles povos antigos, o nascimento e a queda das civilizações. Esses eventos eram descritos como grandes catástrofes, morte, e desolação na Terra. Mesmo que não possa ser comprovado, a existência de um segundo Sol e a sua aproximação da Terra causaria efeitos devastadores que bem podem estar descritos em detalhes nos textos perdidos dessas civilizações.
O que esperar para o dia 22 de março de 2013, a data do fim da Tribulação segundo Daniel? Em um momento em que milhares de teorias conspiratórias estão sendo criadas, é difícil saber e mais fácil crer que nada acontecerá.

Fonte do Texto: http://21dedezembro2012.blogspot.pt/2013/03/22-de-marco-de-2013-o-comeco-do.html?spref=fb

                                             Veja o Vídeo Abaixo:


                                         Fonte:Sérgio Santiago

10 comentários:

  1. Legal este blog.
    Se sobrevivermos a este 22 de 3 continuarei comentando.
    ( è uma pena que pessoas riem desta situação)
    E a pergunta que faço é, e se a bíblia estiver errada.
    Veja bem, a contagem dos dias estão errada, porque quando a bíblia foi escrita os antigos contavam, (se fosse mais de dez), 1,2,3,4,5,6,7,8,9, depois de nove eles contavam 9+1,9+2, 9+3, e assim pôr adiante.
    E somente nos anos 1480 a 1550 que os árabes inventarão o numero 0.
    E seguindo este raciocínio a contagem de Daniel esta errada, falta um bocado de dias para acontecer estas coisas.
    E tem mais ainda o livro de Apocalipse não é um livro Canônico.
    Foi tirado o Livro da Revelações de Pedro e colocado este livro de João.
    Veja bem estes fatos; O João, que dizem que escreveu este livro era o mesmo João que andava com o Mestre.
    Mas se nos fizermos as contas este João tinha que ter no mínimo 133 anos.
    E nos sabemos que João aqui citado morreu com 99 anos. E o livro de Apocalipse foi colocado na Bíblia depois da Peste Negra que devastou a Europa.
    Você tem levar em conta também a Diáspora dos Judeus.
    Perca um pouquinho do seu tempo.
    E de umas pesquisada desta trilhas que te deixei. Foi um prazer poder ajudar.
    Se tudo que estão postado aqui e verdade eu pessoalmente acho uma pena.
    A pergunta que faço é qual o propósito de Deus fazer uma coisa tão linda que é o ser humano e depois destruir lo. Mas eu estivar certo que bom para nos.
    Que a graça e paz esteja contigo e família....felipe

    ResponderExcluir
  2. A data esta errada, porque esta faltando 55 anos e 4 meses.
    que da a soma 2068 e 4 meses.
    Este sim teríamos que nos preocupar.
    Como estou velho e não vou ficar para semente "VOU ALÁ"
    Ate mais felipe !

    ResponderExcluir
  3. Os cálculos podem estar errados, mas vamos combinar, esse blog é bom de data. Alertou para o dia 14 de fevereiro e um meteoro cai na Russia. Alertou para o dia 22-03 e outro passa pelos ceus dos EUA. Qual é a tua agenda, Ricardo?

    ResponderExcluir
  4. VIVEMOS EM DIAS ATRIBULADOS, EM QUE CADA UM SEGUE O QUE QUER, DIZ O QUE QUER, E OUVE O QUE MELHOR LHE APRAZ. AGORA A ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE TODOS ESTES FATOS? OU MELHOR COM QUEM ESTA A VERDADE?EU TOMEI CONHECIMENTO SOBRE O PLANETA NIBIRO PELO ALEXANDRE RETROV,QUE SEGUNDO ELE PRÓPRIO, NÃO É DESTE MUNDO,OUTRA PESSOA DE DESTAQUE FOI O EX MILITAR AMERICANO, BOB DEAN QUE TAMBÉM FEZ UM BREVE COMENTÁRIO SOBRE A EXISTENCIA DE NIBIRU, SEGUNDO ELE A DATA MAIS CORRETA SOBRE A VINDA DESTE PLANETA ASSOLADOR ESTÁ PROGRAMADA PARA 2017 A 2020,ESSA DATA TAMBEM FOI CONFIRMA POR OUTRO ESCRITOR CHAMADO ZACARIAS SITCHIN, QUE DESVENDA OS SEGREDOS DOS ANUNAKIS, AGORA O QUE EU PUDE OBSERVAR QUE TODOS ESSES COMENTARISTAS USAM A BIBLIA CRIISTÃ PARA EXPRESSAR SUAS OPINIÕES, QUE SEGUNDO EU PENSO, AINDA É A MELHOR FONTE DE INFORMAÇÃO,QUANTO AS QUESTÕES DE DATAS ISSO ESTÁ NAS MÃOS DO TODO PODEROSO, O GRANDE YAVÉE,QUE SaBE O DIA E A HORA QUE ACABAR COM A FESTA DESSA RAÇA DE INSOBURDINADOS, QUE ENSISTEM EM DOMINAR E TRANSFORMAR A SEU BEL-PRAZER TODA VIDA EXISTENTE NESTE PLANETA. Marco Aurelio

    ResponderExcluir
  5. Calma pessoal,veja bem não estou dizendo que o post esta errado.
    Quando se trata de ciência um+um nem sempre vai ser dois.
    Principalmente se estivermos falando em mecânica quântica.
    Mas o que foi postado aqui falava em "arrebatamento", e me desculpem,mas para falar em arrebatamento não tem como deixar a Bíblia de fora.
    Mesmo porque no livro de Daniel o Anjo diz que a ciência se multiplicara.
    Isto quer dizer que se quisermos continuar o assunto terei que sempre citar a bíblia.
    A não ser que o mediador diga não. OK?

    ResponderExcluir
  6. Bem como não aconteceu o arrebatamento, pelo menos comigo e muito menos com as pessoas que conheço.
    E acho que também vamos ter que continuar com o nosso velho e ‘Bom” Sol.
    Vou direto ao assunto, porque o que vou escrever aqui é muito polemico.
    No livro de Daniel acima citado esta tudo certo o que escreveram.
    Mas como se trata de um profecia “NÂO” esta sendo interpretada corretamente ,(no meu modo de ver é claro).
    Foram e pinçaram uns versículos da Bíblia sem nem uma interpretação da propia Profecia.
    Porque neste texto da onde foi tirado para a reportagem tem quatro profecias e não uma.
    Em toda a Bíblia sagrada tudo que estiver escrito tudo explicadinho que você lê e entende, pode desconfiar que não teve a interpretação de Deus para nos; A RAÇA de INSUBORDINADOS.
    Veja bem: versículos da Bíblia Os meu caminhos não são os teus caminhos e os meus pensamentos não são os teus pensamentos.

    ResponderExcluir
  7. Vamos aos fatos. 76 anos ( setenta semanas e meias Daniel) depois da morte de Jesus avia uma grande insatisfação com os Romanos.
    É nesse ambiente que começaram a crescer as diversas ondas de messianismo entre judeus, incluindo a de Jesus O MEU MESTRE. Esse movimento gerou uma primeira grande revolta, nos anos 66 a 76, ferozmente esmagada pelo imperador Vespasiano, que ordenou a destruição do Templo de Herodes
    Passou vários Imperadores até chegar em Adriano é nesse contexto que, a partir de 131 em se destacou

    Foi aí que se destacou Bar Kochba, um homem comum que, de repente, tornou-se um importante líder e foi considerado até mesmo um “messias, graças ao decisivo apoio do rabino Akiva, a maior liderança espiritual da Judéia. E este foi “Urgido dentro de Tabernáculo e consequentemente considerado príncipe.
    Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim
    João 14:30

    ResponderExcluir
  8. E antes de Sírius "nascer", cerca de 300 milhões de anos atrás, o Sol orbitava o que ?

    ResponderExcluir
  9. Não se esqueçam galera, a Verdade não está lá fora, sim, dentro de nós! Qual é a sua verdade?

    ResponderExcluir
  10. Vixiiiii se o mundo depender das interpretações bíblicas de vcs estaremos todos mais perdidos que cupim em metalúrgica.

    ResponderExcluir