1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sábado, 1 de abril de 2017

Cosmólogo britânico revela tudo sobre extraterrestres: 'Não são humanoides'

O cosmólogo britânico Martin Rees é autor de um dos capítulos da antologia "O Próximo Passo: a Vida Exponencial", que tem como foco os avanços tecnológicos da humanidade e analisa a possibilidade de haver uma civilização extraterrestre.

Rees, sendo um dos maiores especialistas no campo da cosmologia, vê com otimismo a possibilidade de que não estejamos sós no espaço.
O cientista opina que no universo devem existir planetas habitáveis que apareceram muito antes da Terra. E, caso isto seja verdade, no espaço devem existir civilizações muito mais avançadas que a humana, porque, obviamente, tiveram muito mais tempo para se desenvolver. A superioridade será visível, sobretudo, a nível tecnológico.

"Ao considerar as possibilidades de encontrar vida em outra parte [do universo], dada a nossa ignorância de hoje, deveríamos ter a mente aberta acerca daquilo que pode surgir e das formas que essa vida pode adquirir", escreve ele na obra.

Segundo revelou o cientista espacial, a detecção de um sinal "que seja manifestamente artificial" seria um descobrimento transcendental, pois colocaria a humanidade na pista de um lugar do espaço onde há inteligência e tecnologia.

Analisando a questão sobre a possível aparência de tal civilização extraterrestre, Martin Rees argumenta que os alienígenas, provavelmente, não terão nada a ver com a representação que a nossa cultura popular faz deles, à qual já estamos acostumados. Em outras palavras, o autor não acredita que sejam humanoides.

O cientista duvida que possamos "vir a encontrar inteligência alienígena em forma orgânica", já que é muito mais provável que esta civilização "nos tenha precedido e efetuado a transição para formas inorgânicas" já faz muito tempo.
Na opinião do especialista, o mais provável é que a humanidade se depare com uma forma de vida não biológica. Neste caso, se pode dizer que o alegado sinal não provirá de uma civilização extraterrestre, mas de "uma única inteligência integrada", concluiu Rees.
Fonte:https://br.sputniknews.com 
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                Veja o Vídeo Abaixo:


                                              Fonte:CONSCIÊNCIA UNIVERSAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário