1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

segunda-feira, 6 de março de 2017

Nostradamus 2017: Unificação das Coreias, queda dos EUA como superpotência e Itália destruída por vulcão

Com uma extrema habilidade de prever o futuro, Michel de Notredame (Nostradamus) foi um médico da Renascença que praticava a alquimia e possuía a capacidade da vidência

Baseados em seus manuscritos, os principais fatos que ele teria previsto para 2017 são:

Unificação das Coreias do Norte e do Sul

Segundo o profeta, o ditador lunático Kim Jong-un será destituído do poder e pedirá asilo à Rússia.

Viagens ao espaço

Nostradamus indicou que viagens comerciais através do espaço seriam realidade em 2017. Essa ele errou de longe!

Guerras serão deflagradas devido ao clima

Chamadas de “Guerras Quentes”, elas seriam (de acordo com o profeta) deflagradas pela escassez de recursos naturais causados pelo clima.

Ataques biológicos poderão surgir, principalmente na busca pela água.

Queda dos EUA como país de 1º mundo

Corrupção, desigualdade social e guerra civil. O país se tornará indisciplinável e cairá como potência mundial.

A Itália irá a bancarrota

O país será o centro da crise no continente europeu. Nostradamus disse que o banco central da Itália entrará em ruínas e o povo terá que ser sacrificado.

Agitação na América

As previsões indicam que nosso continente passará por muita instabilidade em 2017. Os governantes terão que controlar uma população revoltada.

China será a maior potência mundial

Os chineses tomarão o lugar dos americanos como superpotência e continuarão crescendo como economia.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                        Veja o Vídeo Abaixo:

                                        Fonte:Fatos Desconhecidos

Um comentário:

  1. Onde estão as centurias que falam sobre tais coisas?

    ResponderExcluir