1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

quarta-feira, 8 de julho de 2015

GURU E LÍDER ESPIRITUAL INDIANO: SRI SATHYA SAI BABA E OS EXTRATERRESTRES


Sathya Sai Baba, proclamado por seus inúmeros seguidores
um enviado divino, teria poderes sobre-humanos
e contato com entidades alienígenas.

Śri Sathya Sai Baba (1926 – 2011) foi um guru e líder espiritual indiano. Nasceu no sul da Índia, na aldeia de Puttaparthi. Aos 14 anos, o jovem indiano deixou seus livros escolares e anunciou que sua missão na Terra tinha começado. Fez um pronunciamento na plataforma de orações de sua escola durante a sessão de rezas da manhã e falou que não podia mais fingir ser um estudante normal ou até mesmo um membro de sua família. Sentou-se em uma pedra e falou sobre sua missão como um avatar [Enviado de Deus]. Identificou-se então como Sai Baba, reencarnação de Sai Baba de Shirdi, homem considerado santo por realizar milagres e defender o respeito mútuo entre hinduístas e mulçumanos, falecido em 1918 na cidade de Shirdi. Sai Baba disse, então, que sua missão era salvar a Humanidade através do amor. Seus três principais ensinamentos são a universalidade de todas as religiões, a centelha divina residindo em todos os humanos (o que constitui a base da fraternidade do homem e da paternidade de Deus) e o fato de que Deus é amor e o caminho mais rápido e direto até Ele é através do serviço desinteressado.
Sai Baba costuma dizer aos homens: “Deixem as diferentes fés existirem, deixem-nas prosperarem e deixem que a glória de Deus seja cantada em todos os idiomas e em uma variedade de tons. Respeitem as diferenças entre as fés e reconheçam-nas como válidas, na medida em que elas não apaguem a chama da unidade”. Segundo ele, o motivo por trás da formação e da propagação de todas a crenças teria sido o mesmo. Seus fundadores seriam pessoas cheias de amor e sabedoria. Portanto, o objetivo era um só. “Nenhum deles tinha o plano de dividir, perturbar ou destruir. Eles procuravam instruir as paixões e as emoções, educar os impulsos e direcionar a faculdade da razão para caminhos benéficos ao indivíduo e à sociedade”, afirma Sai Baba, que parece ter conhecimento iluminado e poderes que transcendem o de um simples paranormal.
É de se esperar, portanto, que alguém com tamanho e tão extraordinário dom seja também dotado de faculdades espirituais que o possibilitem ter contatos com seres de esferas mais sutis de existência – como são descritos por testemunhas e contatados alguns dos alienígenas que nos visitam e buscam contato conosco. De fato, inúmeras pessoas já testemunharam em ashrans de Sai Baba por toda a Índia a presença de seres não terrestres e não humanos, invisíveis à maioria de seus seguidores, mas observados por alguns, por razões ainda desconhecidas. Vários são os relatos de pessoas que, apenas curiosas ou mesmo céticas com relação aos poderes do avatar, tiveram a surpresa de observarem templos de meditação e rituais, criaturas que se assemelham com os ET’S descritos nos contatos imediatos investigados pela Ufologia.
Quando é interpelado sobre sua possível ligação com o Cosmos, costuma dizer: “O Universo está seguro em minha mão. Em um instante, eu poderia fazer todo ele desaparecer”. Pode parecer pretensioso, mas é uma expressão respeitada por muita gente. “Vamos dizer apenas que eu seja o interruptor”. Sobre quando mostrará sua verdadeira forma física, garante que, “se o fizesse, rapidamente todos desejariam que eu voltasse a ser como sou!” Ele também afirma ter, ao mesmo tempo, uma consciência tanto divina quanto humana. Diz não ser limitado pela lei de causa e efeito e afirma não ser homem nem mulher, velho ou jovem. “Sou tudo isso… O tempo todo, em todos os lugares. Não preciso ir ou vir. Posso mover-me para trás ou para frente no tempo e saber tudo o que quiser”.
Dentro da pesquisa ufológica, estamos acostumados a estar sempre alertas para todos os tipos de fenômenos, desde os mais incríveis e bizarros, como materializações de naves, contatos telepáticos, transmutações de objetos, alterações de campos magnéticos, que influenciam no funcionamento dos aparelhos, marcas no solo, queimaduras, etc. Mas a busca de entendimento do Fenômeno UFO se encontra obrigatoriamente com questões mais universais, pois estamos constantemente interessados em saber da existência de vida em outros planetas. Temos grande curiosidade em descobrir como são as diferentes civilizações extraterrestres, como vivem e o que pensam de nós. Mas uma pergunta permanece: estaríamos preparados para um contato definitivo com esses povos ou sua influência tecnológica para solucionarmos o drama que vive a Humanidade atualmente? Nosso planeta sofre com guerras, doenças e a crescente violência, como nunca se viu em todos os tempos. Isso nos faz instintivamente olhar para os céus em busca de algo que possa nos ajudar, principalmente diante dos numerosos e fantásticos fenômenos que podemos constatar a presença de ETs em nosso meio.

TRANSFORMAÇÃO INDIVIDUAL – A Terra parece realmente necessitar de uma força como a que Sai Baba representa, se verdadeiramente legítima, para nos indicar a luz no fim do túnel. Muitos acham que a terceira guerra mundial realmente virá e outras catástrofes, como terremotos, inundações e vulcões, se encarregarão de acabar com o que sobrar do mundo. Mas Sai Baba afirma que essa tragédia não irá acontecer. “Através da transformação interna de cada um esses cataclismos serão evitados ou minimizados”, garante. Muitos contatos com extraterrestres pelo mundo afora nos trazem mensagens assustadoras, mas na verdade representam muito mais um alerta do que uma afirmação categórica sobre esses eventos. Uma grande legião de ufólogos acredita que a presença quase que rotineira de discos voadores, sondas e naves ­mãe nos céus do nosso planeta indicam, já há muitas décadas (ou séculos), um trabalho intenso que já está sendo feito por várias civilizações extraterrestres. Sendo assim, alguma transformação está por vir, e parece que não irá demorar a acontecer.
Alguns estudiosos advogam a tese de que os Ets hostis à nossa Humanidade estão lutando contra os que nos defendem pelo domínio do planeta. Os primeiros, inclusive, estariam roubando nosso código genético para alguma inusitada manobra cósmica. Sai Baba, quando perguntado sobre isso, apenas confirma laconicamente que eles estão tendo muito trabalho em conseguir seu intento. Por outro lado, deve-se levar em conta que as mensagens recebidas por inúmeras pessoas na Terra – provenientes, segundo estas, de seres mais evoluídos – têm um contexto notadamente espiritual. Nelas, os autores não terrestres de tais missivas chamam nossa atenção para os aspectos cósmicos de nossa existência e para a divindade inerente em todos os seres do Universo. Muitas vezes é dito que, para chegarmos até onde eles chegaram, em termos de relações sociais e tecnológicas, as civilizações precisam passar por um processo semelhante ao que nós estamos passando agora. É uma evolução planetária, mas principalmente individual. O avatar costuma responder a questão de acabar com as guerras, fome, ganância etc. dizendo que, se tomasse a Terra um paraíso com apenas um gesto, em menos de um século tudo voltaria ao estado atual.
Por isso, o trabalho interno de cada ser humano é imprescindível para auxiliar esse processo, do qual também fazem parte os seres de outros planetas. Talvez até as abduções mais traumáticas façam parte desse jogo que ainda não entendemos, mas que de alguma maneira é importante, provavelmente relacionado com alguma mudança pela qual a Humanidade deverá passar. Se Sai Baba é realmente quem diz ser, com certeza está consciente de todo esse processo, incluindo as atividades de seres extraterrestres em nosso planeta. A Ufologia, como instrumento de compreensão de nosso papel nesse contexto, deve continuar sua busca por respostas, procurando uma abertura de consciência cada vez maior, o que permitirá aos homens o entendimento das mensagens cósmicas.

As curas são características especiais de Sai Baba, mas não a essência de seu trabalho. São, ele reconhece, apenas um subsídio para chamar atenção para sua verdadeira missão, que é muito mais profunda. Ele tem dito em suas mensagens que não quer ser lembrado por seus milagres, mas sim por suas obras sociais e educacionais, que abrangem toda a Índia. Grande parte delas é realizada pela organização Seva Dal, fin­dada por ele e que conta hoje com mais de 20 mil membros. Nos locais onde está erigida, voluntários são treinados para trabalhar na organização de hospitais, de campos para doação de sangue, de instalações para tratamento dentário e oftálmico, etc. Há também uma variedade de profissões que são ensinadas pela Seva Dal, tais como mecânica, carpintaria, serviços na construção civil, na agroindústria, etc. Para as mulheres é ensinado tricô, fabricação de sabão em pó, corte e costura, bordado, culinária e muitos outros ofícios.
Fontes:
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                             Veja os Vídeos Abaixo:


                                                    Fonte:SATHYA SAI BABA


                                                Fonte:Intelítera Editora


                                                Fonte:Prem Sairam

Nenhum comentário:

Postar um comentário