1b

1

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

BRASIL - Queda de UFO? Ou Lixo Espacial em Mato Grosso do Sul ?

Brilho visto no céu de MS trata-se de lixo espacial, explica especialista

Evento foi visto na madrugada deste domingo em regiões de Mato Grosso do Sul, Brasil.
O brilho registrado na madrugada deste domingo (28) no céu de Mato Grosso do Sul não foi uma chuva de meteoros, como foi denominado por muitos. "Trata-se de lixo espacial", explica o estudioso em astronomia e administrador da página "Astronomia Dourados" no Facebook, Douglas Bortolanza Lara.
Evento no céu atrai atenção - Foto: Marcos Paiva/Reprodução/Facebook

Diferente da chuva de meteoros que trata-se de um fenômeno natural proveniente de materiais que se desprendem de cometas, o lixo espacial é material criado na Terra e lançado no espaço que reentra na órbita terrestre como, por exemplo, pedaço de foguete ou satélite. "A diferença é que o lixo espacial cai em velocidade menor e, portanto, fica mais tempo visível", detalha.
O especialista explica que um fragmento quando está no espaço é chamado de meteoróide, que passa a ser chamado de meteoro quando entra na atmosfera terrestre e meteorito quando cai em solo. O possível detrito espacial (lixo espacial) que foi observado nesta madrugada durou pouco mais de 50 segundos, enquanto meteoros pequenos meteoros das chuvas de meteoros "geralmente" duram 3 segundos, 1 segundo ou menos (as chamadas estrelas cadentes).
O brilho do lixo espacial é explicado pois o material, provavelmente pedaço de foguete, pega fogo ao entrar na atmosfera (por vários fatores como atrito e variação de pressão). O brilho pode ser visto a um raio de centenas de quilômetros. Segundo Douglas, o material vai perdendo altitude orbital e quando está na mesosfera (camada da atmosfera a aproximadamente 85 km de altitude) começa a se desintegrar. (um avião comercial alcança altura de cerca de 10 km) e há relatos de ter sido visto na região de Jardim, Grande Dourados, Ponta Porã (fronteira com o Paraguai), Maracaju e Campo Grande. Existe a possibilidade de pedaços maiores não se desintegrar totalmente e atingir o solo.
Por volta das 2h deste domingo (28), vários registros foram feitos por moradores de várias cidades de Mato Grosso do Sul. Confira abaixo uma galeria de imagens e vídeos postados nas redes sociais:
Vídeo enviado pelo leitor Diego Alves (registrado em Campo Grande)

Conclusão: Ufólogo Ricardo
Não me parece um Lixo espacial e sim a queda de um UFO na região, note o núcleo deste objeto no inicio do vídeo, onde ele desprende pedaços, realmente muito estranho, mas não aceito esta de Lixo Espacial.
Veja no próprio relato do especialista abaixo:
O brilho do lixo espacial é explicado pois o material, provavelmente pedaço de foguete, pega fogo ao entrar na atmosfera (por vários fatores como atrito e variação de pressão).
Ainda fala:possível detrito espacial (lixo espacial) que foi observado nesta madrugada durou pouco mais de 50 segundos?
Por que o possível? ou é Lixo espacial ou não é...
Como o especialista pode distinguir pedaço de foguete de pedaços de um UFO?
Acho um pouco provável esta analise do especialista, pois não teve analise do objeto em mãos para constatar se o material era de origem de nosso planeta terra, ou não.
Tire você mesmo as suas próprias conclusões.
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                             Veja os Vídeos Abaixo:


                                               Fonte:CorreioEstado


                                             Fonte:BIRJA

5 comentários:

  1. Bem, segundo Douglas, estudioso em astronomia, este evento seria Lixo Espacial. Entretanto não foi mencionado que lixo é, se é fragmento de satélite ou de foguete. O sr. Douglas "supõe" que seja lixo espacial. Como não se identificou, até então, o material desta queda em MS, a denominação atual é UFO (ou OVNI).

    ResponderExcluir
  2. E lixo espacial caiu em santa barbara do oeste ms

    ResponderExcluir
  3. Moro no Rio Grande do Norte, na cidade de Caicó ( cerca de 280KM de Natal ) e foi possivel ver o corrido. Seria mesmo lixo espacial ? Qual seria o tamanho disso para poder ser visualizado em tantos locais assim em pontos distantes ?

    ResponderExcluir
  4. Provavelmente, pode ser um UFO se desintegrando no ar e não lixo espacial, nada a ver.
    O que acontece, é que estes cientistas não querem relatar a verdade ocorrida então, eles vêm com mil e uma desculpas para enganar-nos, só não vê, quem não quer ver.

    ResponderExcluir