1b

1

terça-feira, 15 de abril de 2014

Luas de Sangue Podem ser Presságio do Fim do Mundo?

    Foto: Nasa / Divulgação

  Ana Lis Soares                                   
  Para alguns fiéis, as luas de sangue são mais que um evento cósmico raro, mas sim, um presságio para o fim do Mundo

Fenômeno de eclipse lunar total, popularmente chamado de “lua de sangue”, poderá ser visto a partir da Terra por quatro vezes nos próximos meses; religiosos acreditam em “fim do Mundo”

Um eclipse lunar poderá ser observado na madrugada desta terça-feira, a partir das 2h58 (horário de Brasília) em todos os países das Américas e parte da África. Os eclipses são fenômenos comuns e acontecem periodicamente. Mas este tem algo diferente.

Primeiro: não é Apenas um, Mas uma Sequência de Quatro Eclipses.

Para o fundador da Igreja Cornerstone do Texas, John Hagee, a sequência de eclipses pode significar “o começo do fim do mundo”. Para o religioso, as “Quatro Luas de Sangue” são um presságio do Dia do Juízo Final, o retorno de Cristo à Terra. O fenômeno é citado em uma passagem bíblica do Livro de Joel, no Antigo Testamento, que diz: “O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível Dia do Senhor” (Joel 2:31).

A Igreja Cornestone está se organizando para a passagem da tétrade (como é chamada a sequência de quatro eclipses) há alguns anos e, entre os preparos, está o livro escrito por Hagee chamado “Blood Moons: Something is About to Change" (em tradução livre: Luas de sangue: Algo está prestes a mudar). O livro, de 2013, não tem edição no Brasil, e explicaria tais profecias. 

O Eclipse lunar
De acordo com o pesquisador de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), André Milone, o eclipse da Lua acontece quando o satélite é coberto parcial ou completamente pela sombra da Terra, ao entrar numa faixa de sombra (em forma de cone) que se forma com a incidência do Sol na Terra. Dessa forma, o planeta fica entre o satélite e a estrela. 

Durante o fenômeno astronômico, a Lua pode ficar quase completamente desaparecida ou chegar a uma forte cor avermelhada e brilhante. 


Geralmente, os eclipses totais são seguidos por eclipses parciais – em meio também aos eclipses solares. Porém, nos próximos meses, vamos acompanhar a sequência de quatro eclipses totais da Lua, o que os astrônomos da Nasa chamam de “Tétrade”. 

O ciclo de Tétrade começa em 15 de abril e terminará apenas em 28 de setembro do próximo ano.

A sequência de eclipses totais foi presenciada em outros momentos da História, entre eles: na Idade Média, em 1493, quando os judeus foram expulsos pela Inquisição Católica na Espanha; a segunda, em 1949, quando o Estado de Israel foi estabelecido na Palestina, e a terceira em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias entre Árabes e Israelenses. 

Por que vermelho? 
Povos na China diziam que a Lua ficava ‘manchada de sangue’. Na verdade, a coloração vermelha pode acontecer no ponto máximo de qualquer eclipse lunar. "A atmosfera da Terra é muito fina (uma camada de 150 km), e quando a luz do sol passa por esta crosta, ela incide uma cor que mostra o quanto de sujeira há naquele momento”, explica o astrônomo e diretor do Observatório Astronômico do Departamento de Astronomia da UFRGS, Claudio Miguel de Bevilacqua.
Fonte:http://noticias.terra.com.br 
Veja a transmissão ao Vivo Abaixo
Mais um post by: UFOS ONLINE

Veja o Vídeo Abaixo:


                                          Fonte:O ÚLTIMO CHAMADO

    Eclipse lunar total - Transmissão Ao Vivo 15/04/2014


                                    Fonte:Ciência e Astronomia

Nenhum comentário:

Postar um comentário