1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

terça-feira, 15 de abril de 2014

Luas de Sangue Podem ser Presságio do Fim do Mundo?

    Foto: Nasa / Divulgação

  Ana Lis Soares                                   
  Para alguns fiéis, as luas de sangue são mais que um evento cósmico raro, mas sim, um presságio para o fim do Mundo

Fenômeno de eclipse lunar total, popularmente chamado de “lua de sangue”, poderá ser visto a partir da Terra por quatro vezes nos próximos meses; religiosos acreditam em “fim do Mundo”

Um eclipse lunar poderá ser observado na madrugada desta terça-feira, a partir das 2h58 (horário de Brasília) em todos os países das Américas e parte da África. Os eclipses são fenômenos comuns e acontecem periodicamente. Mas este tem algo diferente.

Primeiro: não é Apenas um, Mas uma Sequência de Quatro Eclipses.

Para o fundador da Igreja Cornerstone do Texas, John Hagee, a sequência de eclipses pode significar “o começo do fim do mundo”. Para o religioso, as “Quatro Luas de Sangue” são um presságio do Dia do Juízo Final, o retorno de Cristo à Terra. O fenômeno é citado em uma passagem bíblica do Livro de Joel, no Antigo Testamento, que diz: “O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível Dia do Senhor” (Joel 2:31).

A Igreja Cornestone está se organizando para a passagem da tétrade (como é chamada a sequência de quatro eclipses) há alguns anos e, entre os preparos, está o livro escrito por Hagee chamado “Blood Moons: Something is About to Change" (em tradução livre: Luas de sangue: Algo está prestes a mudar). O livro, de 2013, não tem edição no Brasil, e explicaria tais profecias. 

O Eclipse lunar
De acordo com o pesquisador de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), André Milone, o eclipse da Lua acontece quando o satélite é coberto parcial ou completamente pela sombra da Terra, ao entrar numa faixa de sombra (em forma de cone) que se forma com a incidência do Sol na Terra. Dessa forma, o planeta fica entre o satélite e a estrela. 

Durante o fenômeno astronômico, a Lua pode ficar quase completamente desaparecida ou chegar a uma forte cor avermelhada e brilhante. 


Geralmente, os eclipses totais são seguidos por eclipses parciais – em meio também aos eclipses solares. Porém, nos próximos meses, vamos acompanhar a sequência de quatro eclipses totais da Lua, o que os astrônomos da Nasa chamam de “Tétrade”. 

O ciclo de Tétrade começa em 15 de abril e terminará apenas em 28 de setembro do próximo ano.

A sequência de eclipses totais foi presenciada em outros momentos da História, entre eles: na Idade Média, em 1493, quando os judeus foram expulsos pela Inquisição Católica na Espanha; a segunda, em 1949, quando o Estado de Israel foi estabelecido na Palestina, e a terceira em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias entre Árabes e Israelenses. 

Por que vermelho? 
Povos na China diziam que a Lua ficava ‘manchada de sangue’. Na verdade, a coloração vermelha pode acontecer no ponto máximo de qualquer eclipse lunar. "A atmosfera da Terra é muito fina (uma camada de 150 km), e quando a luz do sol passa por esta crosta, ela incide uma cor que mostra o quanto de sujeira há naquele momento”, explica o astrônomo e diretor do Observatório Astronômico do Departamento de Astronomia da UFRGS, Claudio Miguel de Bevilacqua.
Fonte:http://noticias.terra.com.br 
Veja a transmissão ao Vivo Abaixo
Mais um post by: UFOS ONLINE

Veja o Vídeo Abaixo:


                                          Fonte:O ÚLTIMO CHAMADO

    Eclipse lunar total - Transmissão Ao Vivo 15/04/2014


                                    Fonte:Ciência e Astronomia

Nenhum comentário:

Postar um comentário