1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

quarta-feira, 23 de abril de 2014

A vinda do Anti Cristo Estaria Ligada aos Antigos Deuses e Símbolos do Egito?

Desde sua fundação, afirma o escritor Thomas Horn, os Estados Unidos têm sido manipulados para seguir uma meta: construir uma sociedade ocultista que um dia dará as boas vindas ao espírito e pessoa do Anticristo.

Numa entrevista exclusiva para Sid Roth do programa “It’s Supernatural!” (É Sobrenatural) — que agora é exibido semanalmente na TV WND —, Horn explica que maçons de nível elevado entre os fundadores dos Estados Unidos buscaram entrelaçar modelos e símbolos no governo, arquitetura e até na própria moeda dos EUA, refletindo os antigos deuses do Egito.

Um Dólar Americano
Os Estados Unidos da América é, hoje, a maior potência mundial. Sua capital, Washington, que recebeu este nome em homenagem a um de seus pais fundadores, George Washington. Com ele Beijamin Frankilin e Pierre L'Enfant. Teóricos dizem que os três foram maçons e, assim, encheram a capital Estadunidense de simbolos maçônicos.

    Alguns símbolos maçônicos e illuminatti estão presentes na nota de um dólar. 

Vejam só no lado superior da nota, está representada uma pequenina coruja, pasmem, mas é um símbolo illuminatti. Eles formavam uma sociedade secreta fundada em 1º de maio de 1776 em Ingolstadt, Baviera. O objetivo deles (os Illuminati) era derubar governos e reinos do mundo e terminar com todas as religiões e crenças e unificar a humanidade sob uma "Nova Ordem Mundial" baseado em uma moeda unica e uma religião universal, onde, segundo suas crenças, cada pessoa poderia atingir a perfeição..


No lado inverso da nota veremos uma pirâmide com 13 degraus e o olho que tudo vê em cima que remete para o olho de Horus, um antigo Deus egípcio que representa o domingo. Este símbolo foi criado sob as ordens do Presidente Roosevelt em 1933. No topo da pirâmide, lemos "Annuit Coeptis", que significa 'Nossa empresa tem sido bem sucedida'.


Na base da pirâmide, podemos ler o slogan "Novus Ordo Seclorum", o que seria traduzido 'Nova Ordem Mundial' e como dito anteriormente, referindo-se à ideologia dos Illuminati. Na base da pirâmide se encontram um algarismo romano, o MDCCLXXVI, que é a notação decimal de 1776, coincidindo com o ano da independência dos Estados Unidos, mas também com o ano em que Adam Weishaupt fundou a ordem dos Illuminati 


A pirâmide tem 13 degraus, número que se repete nas estrelas sobre a águia, nas letras em ANNUIT COEPTIS e E PLURIBUS UNUM; nas barras verticais sobre o escudo, listras horizontais na parte superior do escudo, folhas no ramo de oliveira, frutos e flechas. Pode-se dizer que esse número significa os 13 estados que se tornaram independentes da Inglaterra, mas também é o número da transformação segundo os maçons.
 E só mais uma curiosidade, na pirâmide se ligarmos as letras A, O, S; M, N e o cume formará a estrela de Davi; colocando-as em ordem forma a palavra MASON.


Você sabia, indica Horn, que o modelo de uma cúpula de frente para um obelisco — tal como dá para se ver no Vaticano ou em Washington, D.C., onde o Capitólio dos EUA está de frente para o Monumento de Washington — simboliza a Ísis grávida e o Osíris fálico da mitologia egípcia?
Ou que os gregos adotaram Osíris como seu deus Apolo, que tem origem no termo “Apolião,” que os leitores do Novo Testamento se referem ao Anticristo?


Ou que a Biblioteca do Congresso registra que Thomas Jefferson especificamente rejeitou vários planos para construir o Capitólio dos EUA, exigindo em vez disso que fosse modelado de acordo com a antiga arquitetura do ocultismo?
Horn é o autor de vários livros que ajudam os leitores a compreender os símbolos e profecias que apontam para os tempos finais, inclusive “Apollyon Rising 2012” (O Surgimento de Apolião 2012) e sua entrevista para Roth toca no calendário maia, na Marca da Besta.


Na vinda do Anticristo e até mesmo na volta dos misteriosos nefilins da Bíblia por meio de DNA moderno.
Horn é também o autor do livro “Petrus Romanus: The Final Pope Is Here” (Petrus Romanus: O Último Papa Está Aqui).
Por mais de 800 anos estudiosos vêm apontando para o presságio sombrio do “último papa.” A profecia, extraída da “Profecia dos Papas” de São Malaquias, está no meio de uma lista de versos que predizem cada um dos papas católicos romanos desde o Papa Celestino II até o último papa, “Pedro Romano,” cujo reinado terminaria com a destruição de Roma.


A tradição diz que Malaquias havia sido chamado a Roma pelo Papa Inocente II, e enquanto estava ali, ele experimentou uma visão dos papas do futuro, inclusive o último. Ele escreveu a visão numa séria de frases enigmáticas.
Ainda de acordo com a profecia, o atual Bispo de Roma, Papa Francisco, deverá ser o último pontífice — Petrus Romanus, ou Pedro Romano.
Fontes:
http://olharparaofim.blogspot.com.br/2013/09/o-anticristo-esta-escondido-na-historia.html
http://milamangabeira.blogspot.com.br/2011/03/um-dolar-americano.html
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                      Veja os Vídeos Abaixo:


                                             Fonte:Sid Roth's It's Supernatural!


                                              Fonte:THOMAZ1DNA

Nenhum comentário:

Postar um comentário