1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

NASA: Sol faz parte de uma estrela binária e seu companheiro é chamado Nemesis (Death Star)


Agora estou cada vez mais convencido de cientistas da NASA, o que não exclui a existência da "peste negra", que não é o planeta artificial do filme Star Wars, mas é rato de uma estrela, uma anã marrom.
Especialistas acreditam que o Sol faz parte de uma estrela binária, e essa estrela, provavelmente, está relacionado com as extinções em massa periódicas de espécies terrestres. Os mesmos cientistas estão convencidos cada vez mais que o bombardeio, o aparecimento de novos cometas e asteroides que vagam no espaço dentro do nosso sistema solar, são movidos pela força gravitacional da Nemesis, ou Estrela da Morte.


As primeiras publicações desta estrela misteriosa apareceu no início dos anos 80, quando os paleontólogos de Chicago descobriram que a extinção em massa de organismos terrestres ocorrem a cada 25 mil anos, o que corresponde com a convergência do Sol com uma estrela dupla. A última vez que o Sol e a "Morte Negra" tem vindo ao encontro da Terra tem a extinção de todas as formas de vida.



Lembre-se que alguns membros da NASA e del'US Exército, como Pattie Brassard, têm afirmado publicamente que os cientistas militares e da NASA deve ser capaz de calcular o alinhamento posterior do segundo sol (Planet X), causando um forte terremoto, de modo que será capaz de perturbar Califórnia, com o risco de ele afundar no oceano.
"As coisas só vão piorar a partir de agora" - disse o ex-NASA especialista Pattie Brassard, "porque um segundo sol está chegando com seus sete planetas em órbita. Chamá-lo com o nome que você quiser (Planeta X, Nibiru, Hercólobus, absinto), é certo que ele nunca foi destinado a chegada. Segundo Sun é um décimo do tamanho do nosso Sol, mas um dos planetas em órbita, que traz com ele é quatro vezes maior do que Júpiter (Kachina azul fornecido pelos índios Hopi). De acordo com a Sra. Brassard, vemos que as coisas pioram consideravelmente a partir de agora. Os planetas têm órbitas que passam a perturbar a rotação da Terra, como a diminuição do campo magnético e, em novembro de 2013 será o pior momento. Hoje somos assitendo centenas de terremotos, inundações e meteoritos! As trilhas químicas (chemtrails) pulverizado por aviões comerciais e militares, principalmente no hemisfério norte, é uma tentativa desesperada para cobrir este "segundo sistema solar", o que fará (e já está fazendo) grandes problemas para o nosso planeta.

                                               Veja o Vídeo Abaixo:


                                            Fonte:Juz Cuz

2 comentários:

  1. PORTAL - GNA - www.portal-gna.blogspot.com.br
    GRUPO DE NATUREZA ALIENÍGENA - GNA

    Os Governos do Mundos sabem mais do que dizem e suas informações e agendas se misturam com rumores permitidos em muitos casos para promover sentimentos de revoltas e expectativas e ao mesmo tempo tirar o foco - a atenção pata algo mais grave, este vindo de cima.
    Grandes ABRIGOS SUBTERRÂNEOS PARA AS ELITES - CAIXÕES DA MORTE - GUILHOTINAS - CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO - GUERRAS E CONFLITOS COM ENERGIA ATÔMICA - E ETC .. são preparativos escondidos mais descobertos de que algo SINISTRO está para acontecer ...

    O Sistema Solar e as consequências de prováveis acontecimentos não podem serem evitados pela Tecnologia Terrestre, e agora é acreditar ou não na ajuda de Nossos Irmãos Maiores, que segundo informações estão preparando os momentos para a EVACUAÇÃO PLANETÁRIA, que será diante das Boas Sementes o critério desta escolha. Seguimos acreditando nos destinos e na palavra ajuizada do Amado Mestre Jesus, quando afirmou que nenhuma das Minhas Ovelhas se perderá, pois o Pastor conhece as Suas Ovelhas ...

    ResponderExcluir
  2. 2016 e ainda nada... q furada!!

    ResponderExcluir